Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > Não há provas de que saidinha de Natal será a maior da história e que tenhamos que redobrar cuidado

Não há provas de que saidinha de Natal será a maior da história e que tenhamos que redobrar cuidado

São Paulo terá a maior saidinha de Natal em 2023 e vai colocar 40 mil presos nas ruas, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – 2023 terá a maior saidinha de Natal da história e só o estado de São Paulo vai colocar 40 mil presos nas ruas. Temos que tomar cuidado.

Análise

A chamada “saidinha de Natal” é uma saída temporária concedida a alguns presos ao longo do cumprimento de suas penas. O benefício só é concedido a presos em regime semiaberto e que cumprem os requisitos previstos na lei.

Porém, a medida causa insegurança em algumas pessoas. E de acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, 2023 terá a maior saidinha de Natal da história e só o estado de São Paulo vai liberar mais de 40 mil presos. Segundo a publicação, 20 mil deles saíram no dia 14 de dezembro 2023 e devem voltar no dia 3 de janeiro de 2024. Ainda segundo a publicação, outros 22 mil presos devem deixar os presídios no dia 21 de dezembro de 2023 e retornar no dia 10 de janeiro de 2024. A história ainda afirma que todas as pessoas devem ficar alertas em relação à segurança. Confira:

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

“ATENÇÃO E CUIDADOS. Passando para ALERTAR aos amigos(as) e familiares. Este período do ano é um período de alegria, amor e confraternização.  Pensando  nisso e na segurança de sua família cuidado, pois NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS , houve uma saidinha de Natal tão numerosa . Somente no estado de São Paulo serão mais de 40 mil detentos na rua!!

No último dia 14 ( quinta feira) saíram, 20 mil, que devem retornar para suas celas dia 03/01. Na próxima quinta-feira dia 21 sairão mais 22 mil que deverão voltar para suas celas dia 10/01. Por isso vale lembrar: – cuidado ao acessar agências bancárias – cuidado nos caixas eletrônicos – cuidado com vidros do carro abertos – cuidado ao usar celular em locais públicos – cuidado com os aplicativos dos bancos no celular – cuidado ao entrar ou sair de casa – cuidado ao estacionar ( indivíduos suspeitos) – preste atenção nas crianças – preste atenção se está sendo seguido – funcionários da SABESP, ENEL, NET, CLARO e LIXEIROS , tem uniforme e CRACHÁ, mesmo assim cuidado,verifiquem antes de deixar entrar com a empresa a ida desses funcionários a ida a sua residência,  estabelecimento!

Pois o certo é a nossa solicitação para com as empresas irem a nossa residência/estabelecimento. – Monte grupos de wathsap com seus vizinhos e vigie sua rua. Policia Militar 190. GCM 153. DISPONHA SEMPRE DA PM. RONDAS OSTENSIVAS ..”.

A história começou a ser amplamente compartilhada nas redes sociais, em especial, no Facebook e começou a gerar medo em muita gente. Apesar disso, a publicação apresenta algumas características de fake news na internet, como o caráter alarmista, a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias sobre o assunto (não há nada para confirmar os números que estão sendo divulgados pela publicação).

A partir daí, investigamos um pouco mais sobre a situação e vamos te responder, em três etapas, se você deve ou não acreditar nessa história: 1) A saidinha de Natal de 2023 será a maior da história do Brasil? 2) São Paulo teve 40 mil presos beneficiados com a saidinha de Natal de 2023? 3) Devemos nos cuidar mais por causa da saída temporária de fim de ano?

Checagem

A saidinha de Natal de 2023 será a maior da história do Brasil?

Ainda não existem informações que sustentem essa afirmação. Os dados acabam sendo muito fragmentados, porque cada estado fica responsável por organizá-los e divulgá-los. Além disso, a maioria dos estados acaba não fazendo uma divulgação oficial desse tipo de assunto.

São Paulo teve 40 mil presos beneficiados com a saidinha de Natal de 2023?

Os dados sobre a saidinha de Natal em São Paulo ainda não foram divulgados oficialmente. Tentamos procurar pela informação ou por alguma notícia sobre o assunto, mas não encontramos nada (nem a afirmação de que 20 mil presos teriam deixado os presídios no dia 14 de dezembro). Em 2022, o estado de São Paulo concedeu o benefício da saída temporária para 38 mil presos. Ao longo do ano, os presidiários que ganharam o benefício têm o direito de usufruir de 4 saídas temporárias. Os dados de setembro de 2023 mostram que mais de 33 mil presos foram beneficiados com a saída temporária. E em todos os casos, os presos acabam saindo juntos (e não de forma parcelada, como indica o texto).

Devemos nos cuidar mais por causa da saída temporária de fim de ano?

Não necessariamente. Devemos nos cuidar o ano todo, independente das saída temporárias. Diariamente vemos casos de assalto, furto ou sequestro e precisamos estar atentos a tudo o que acontece à nossa volta durante o ano todo. De acordo com a Lei de Execução Penal, n. 7.210/1984, que regulamenta a saída temporária, nem todos os presos podem usufruir da “saidinha”. Presos considerados perigosos e recém-detentos não podem sair do presídio. Em alguns casos, o juiz pode ordenar o uso da tornozeleira eletrônica.

Por fim, toda essa história não se sustenta apenas na questão da segurança, mas também no preconceito contra presidiários. Se a pessoa está cumprindo a pena e conquistou o direito da saída temporária, ela pode sim usufruir desse período com sua família, já que o benefício é uma forma de ressocialização e de ajudar o preso a manter o vínculo com a sociedade. É importante lembrar que o preso deve cumprir uma série de exigências (como não sair à noite) e, caso cometa algum crime ou não retorne ao presídio, terá o benefício suspenso.

Conclusão

Boato sem comprovação 👎

Não existem dados que comprovem que a saidinha de Natal de 2023 será a maior da história e nem que São Paulo vai colocar 40 mil presos na rua. Infelizmente, os dados sobre as saídas temporárias são estaduais e nem sempre os estados divulgam esses números de forma oficial. Até o momento, mesmo procurando bastante, não encontramos nenhum dado sobre a saidinha de Natal em São Paulo. Em setembro de 2023, durante a terceira saída temporária do ano, mais de 33 mil presos foram contemplados com o benefício.

No Natal de 2022, foram 38 mil presos beneficiados pela saidinha de Natal. Além disso, descobrimos que as saídas temporárias são executadas de maneira única e não parcelada (liberando os presos em dias diferentes). Se isso não bastasse, não devemos nos preocupar com a saída temporária. A questão da segurança deve ser presente durante o ano todo, não há nada de especial nessa época do ano. Por fim, a história de hoje também carrega uma parcela de preconceito contra todos os presidiários.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)