Professor petista da Universidade Federal de Campos (RJ) é preso por dar aula pelado #boato

Boato – Vídeo mostra professor petista da Universidade Federal de Campos (RJ) que foi preso após dar aula pelado. Ele e reitor falaram que se tratava apenas de “liberdade de expressão”.

Muitas vezes, uma mesma imagem é capaz de gerar diversas fake news. É o caso de um vídeo que mostra um homem nu em um ambiente universitário com a bandeira do movimento LGBTQIA+.

As mais novas mensagens que estão circulando com a história apontam que o sujeito seria um professor “petista” da Universidade Federal de Campos (RJ). Os textos que viralizaram por aí apontam, ainda, que ele foi preso junto com o reitor da instituição e falaram que a manifestação era apenas “liberdade de expressão”. Leia os textos que circulam por aí:

Versão 1: Professor universitário é preso por dar aula pelado com uma estrela do PT no peito,  na Universidade de Campos RJ. Na Delegacia, o Prof. e o Reitor disseram que se tratava apenas de “liberdade de expressão”. Onde estamos chegando, não se respeitam mais a Constituição queimada!! Versão 2: Professor petista da Universidade Federal de Campos RJ, vai dar aula pelado e acaba preso, juntamente, com o reitor. Ouça o áudio.

Professor petista da Universidade Federal de Campos (RJ) é preso por dar aula pelado?

A nova versão da história circulou com muita força na internet. Só que, além de a história ser falsa, o vídeo já foi utilizado em outra fake news. Leia o que escrevemos em um desmentido que falava que o caso havia ocorrido na Bahia (spoiler: o vídeo não foi gravado em Campos (RJ)):

A mensagem não ajuda muito. Ela tem algumas características de boatos online como o caráter vago, o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis que confirmem o local da suposta manifestação.

Foi ao buscar pelo assunto que chegamos à realidade. Na realidade, o vídeo surgiu na internet como de um protesto na URCA (Universidade Regional do Cariri). Ao buscar por notícias sobre o assunto, achamos o conteúdo em algumas fontes confiáveis. O local, de fato, se assemelha com este, do Centro de Artes da instituição.

Não vamos entrar no mérito do protesto em si, mas podemos cravar: uma vez que já sabemos do local correto, podemos cravar que a versão que aponta que a manifestação ocorreu na UFBA é falsa.

Além de o vídeo já não ter ocorrido na cidade fluminense, não existe qualquer universidade com o nome de Universidade Federal de Campos. Existe um campus da UFF (Universidade Federal Fluminense) na cidade em questão, mas não há qualquer relato de “professor pelado” preso por conta de manifestações.

Resumindo: é falsa a história que aponta que um professor “petista” foi preso da Universidade Federal de Campos (RJ) após dar aula nu. O vídeo é de outro local e o relato (assim como o nome da instituição) não passa de uma invenção que brotou em redes sociais.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet