Vídeo mostra passeio de moto no cânion do rio Poti, entre o Ceará e Piauí #boato

Boato – Grupo de motociclistas cruzam o cânion do rio Poti, entre os estados do Ceará e Piauí, aponta vídeo compartilhado na web. 

Nas redes sociais não é difícil encontrar vídeos virais sobre os assuntos mais variados possíveis e até, inimagináveis. O universo é vasto (quase infinito), além dos vídeos de gatinho e tutoriais, o acervo conta com diversos boatos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

O último deles aponta para a paisagem do cânion do rio Poti. O vídeo mostra belíssimas paisagens e o passeio de um grupo de motociclistas próximos a um cânion. Segundo a descrição, trata-se do cânion do rio Poti, na Serra da Ibiapaba, localizado entre o Piauí e o Ceará. Leia o que diz o texto:

Confira o desmentido em vídeo:

Paisagem do *Cânion do Rio Poti,* Serra da Ibiapaba, na divisa Ceará x Piauí (Crateús / Buriti dos Montes.) Não precisamos sair do Brasil pra contemplarmos belas paisagens.

Vídeo mostra passeio de moto no cânion do rio Poti, entre o Ceará e Piauí?

Se você, assim como quem compartilhou o vídeo, achou que as imagens eram do cânion do rio Poti, pode ir tirando seu cavalinho da chuva porque nem tudo nessa história é real. Entenda os porquês.

Antes de começar, saiba que um cânion é uma espécie paredão formado a partir de processos erosivos e esculpido principalmente por rios. Pois bem, o cânion do rio Poti é um fenômeno criado pela passagem do rio Poti por uma fenda geológica situada na Serra da Ibiapaba, entre o Piauí e o Ceará. O cânion se estende pelos municípios de Crateús, no Ceará, Castelo, Buriti dos Montes e Juazeiro, no Piauí.

Voltando ao boato, apesar de lindas, as imagens não são do cânion do rio Poti. A própria descrição já levanta suspeitas. O motivo está nas características da mensagem que é vaga, alarmista e não cita datas e fontes confiáveis. O histórico de boatos sobre o assunto também não deixa a desejar. Por aqui, no Boatos.org, já surgiram balelas envolvendo Mar de Santos, Petrópolis e Mongólia.

Não precisamos ir muito longe: alguns leitores do Boatos.org no WhatsApp mataram a charada. Na verdade, as imagens são do cânion de Uccho, no Vale do Rio Cañete, no Peru. O cânion de Uccho possui uma formação rochosa advinda de montanhas da Cordilheira dos Andes, diferente do cânion do rio Poti, que é formada por planalto, planícies e depressões. Ao buscar pelas imagens, encontramos vídeos com o cenário peruano e, ao comparar com o cânion do rio Poti, percebemos que é diferente. Confira no vídeo:

Por fim, o Coar (projeto de fact-checking no Piauí) também desmentiu a informação. Segundo o site, o vídeo está fora de contexto e, na verdade, mostra o cânion Uchco, localizado no Peru.

Resumindo: as imagens não são de um passeio de moto no cânion do rio Poti, entre o Ceará e Piauí. As imagens e as paisagens, de fato, são belíssimas e reais, mas não mostram o cânion do rio Poti. Ou seja, tudo #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2M3r9Bt
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)