Nestlé doa 80 caixas de leite condensado para as Forças Armadas #boato

Boato – A Nestlé anunciou que vai doar 8 mil caixas de leite condensado para as Forças Armadas do Brasil por causa da repercussão da marca Leite Moça.

Desde o início da semana, o que não tem faltado na internet são (falsas) polêmicas criadas em cima do gasto de R$ 15 milhões do governo federal com leite condensado em 2020. Já desmentimos aqui informações falsas que apontavam que os gastos seriam do próprio presidente Bolsonaro. Agora, outra história começou a circular na internet.

De acordo com mensagens que estão viralizando em redes sociais, a Nestlé, empresa do leite condensado Leite Moça, anunciou que iria doar 8 mil caixas do produto para as Forças Armadas. Isso ocorreria em relação à “propaganda” que está sendo feita a favor da empresa por parte de Bolsonaro. Leia a mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

A empresa Nestlé, anúnciou através de seu departamento de relações institucionais e relações punidas, que devido a grande repercussão de sua marca registrada leite condensado “MOÇA “, que fará a doação de 8 mil caixas do produto as Forças armadas que será distribuída partes iguais entre às 3 forças de segurança Naciona brasileira. Pela excelente campanha de propaganda divulgado em âmbito nacional sem custos a empresa. Ass. NESTLÉ DO BRASIL. Dessa vez a esquerda pira!

Nestlé doou leite condensado para as Forças Armadas?

A mensagem circulou muito na internet, principalmente em grupos bolsonaristas no WhatsApp. Porém, a verdade é que não houve qualquer doação de leite condensado da Nestlé para as Forças Armadas.

A questão lógica nos chama atenção. Primeiro, as Forças Armadas não precisam de doações de empresas privadas para ter suprimentos (o próprio orçamento do governo para a pasta mostra isso). Segundo, com raras exceções, empresas não costumam se posicionar politicamente de forma radical (isso não é bom para os negócios). Terceiro, porque não houve qualquer qualquer “propaganda do Leite Moça” em meio a toda polêmica.

Ao ler a mensagem, não temos muita ajuda também. Além de ela ter diversos erros de ortografia (o que deixa a tese de que se trata de um comunicado oficial menos verossímil), não tem nenhum link que aponte para a fonte da informação (que, neste caso, é citada).

Como foi dito na mensagem que se trata de um comunicado do Departamento de Relações Institucionais e Relações Públicas da Nestlé. Nada mais lógico do que a informação estar no site oficial da empresa. Só que, ao buscar por qualquer comunicado oficial da Nestlé no site oficial ou nos perfis oficiais, é claro que nada encontramos. Só encontramos publicações em redes sociais de páginas favoráveis a Bolsonaro.

Neste caso, por eliminação e por conta da fonte da informação, podemos afirmar que a história que aponta que a Nestlé anunciou que vai doar leite condensado para as Forças Armadas é falsa. Não passa de mais um boato em torno do assunto que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet