Navio da Venezuela jogou petróleo em praia do Nordeste do Brasil, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra o que todos desconfiavam. Um navio da Venezuela foi flagrado despejando petróleo (ou algum óleo derivado) em uma praia localizada na região Nordeste do Brasil.

Na última semana, um dos assuntos que mais chamou atenção foi o aparecimento de um material que se assemelha a petróleo no litoral do Nordeste brasileiro. Em meio a tentativas de mitigar os danos ao meio ambiente, uma pergunta ficou no ar: de onde saiu o petróleo (ou óleo) que está poluindo as praias do Brasil?

Em meio a hipóteses de que o material teria vindo da Venezuela, um vídeo apareceu na internet como prova contra o país governado por Nicolás Maduro. Nas imagens, um navio despeja o que seria (de acordo com a mensagem) petróleo ou algum óleo derivado. Leia diversas versões da história e assista ao vídeo:

Versão 1: Navio da Venezuela jogando petróleo nas praias brasileiras para prejudicar Bolsonaro. Versão 2: Olhem o navio da Venezuela jogando petróleo no nosso litoral! Versão 3: Pra quem não entendeu como o petróleo da Venezuela chegou no nordeste. Versão 4: Navio derramando em águas internacionais e corrente marinha

Versão 5: Quem será que está #derramando #petróleo nas #praias #nordestinas ? A #mídia #lixo continua #calada , mas há #vídeos como este que indicam ataque do #líder da #venezuela contra o #brasil por conta do #governo #brasileiro não apoiar o #comunismo na #america #latina . #brasil #compartilhe Versão 6: Navio da Venezuela despejando óleo em nossas praias!!! Versão 7: Navio da Venezuela jogando óleo na praia do Nordeste.

Versão 8: Olha o navio despejando, óleo , cru, no litoral brasileiro . Flagra .… Versão 9: #URGENTE (SUPOSTO) vídeo do navio VENEZUELANO jogando petróleo bruto em praias NORDESTINAS Versão 10: #URGENTE Suposto vídeo do navio VENEZUELANO jogando petróleo bruto no Mar.

Navio da Venezuela foi filmado jogando petróleo em praia do Nordeste do Brasil?

Realmente, são “cenas fortes” (me veio até o meme na cabeça). Seria uma grande denúncia se não fossem “pequenos detalhes”. O navio não é da Venezuela, a praia não é no Brasil e o material despejado não é petróleo ou algum óleo derivado. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De início, já achamos algumas coisas estranhas. A primeira é a multiplicidade de versões (que insistem em “brigar” se é petróleo ou óleo). A segunda está nas próprias mensagens. Elas citam alguma fonte confiável? Não. Elas são vagas, alarmistas e tem erros de português? Sim. Ou seja, tem características de boatos online.

Para além disso, esse tipo de boato tirando vídeo de contextos com o tema “Venezuela” têm sido comuns. Recentemente falamos de alguns vídeos falsamente atribuídos ao país como do “caminhão que estaria indo para a Venezuela”, da suposta entrega falsa de merenda para alunos, do helicóptero colombiano que teria sido derrubado por lá e da invasão na fronteira no Brasil. Em comum, todos os vídeos são fortes e tirados de contexto.

Com base nesse briefing, fomos buscar mais informações sobre a história. Foi aí que descobrimos que a denúncia contra o navio venezuelano não está em nenhuma fonte confiável. Apenas em vídeos de redes sociais. Vamos raciocinar: em meio a tantas suspeitas contra a Venezuela, é claro que o aparecimento de um vídeo tão impactante viraria notícia.

Sem registros confiáveis, fomos buscar pelo vídeo. E aí descobrimos (como dito antes) que não há nada de Venezuela, Brasil, Nordeste, petróleo ou óleo. Trata-se de uma filmagem feita em Portugal. Mais exatamente na praia de Matosinhos. O vídeo em questão circula em redes sociais desde o início do ano. O que a imagem mostra é um processo chamado dragagem que, basicamente, serve para aumentar a profundidade marítima e garantir a navegabilidade de navios. Por sinal, o processo não tem nada de uso de óleo ou petróleo.

Achamos, também desmentidos de sites de fact-checking como o Aos Fatos, Agência Lupa e Fato ou Fake. Em todos os casos, a origem do vídeo é citada e “batem” com a nossa pesquisa.

Resumindo: a história que aponta que um navio venezuelano foi flagrado jogando petróleo (ou outro tipo de óleo) em uma praia brasileira é falsa. Não passa de mais um vídeo falsamente atribuído ao país de Maduro que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2M3r9Bt

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)