Menino autista está perdido no shopping RioMar e procura família #boato

Boato – Após ser abandonado no shopping RioMar, em Aracaju (SE), no dia 24 de julho, menino autista procura família.

As estatísticas de abandono infantil no Brasil são assustadoras. De acordo com dados divulgados, em 2017, pelo Cadastro Nacional de Adoção (CNA) e Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Acolhidos (CNCA) cerca de 47 mil crianças vivem em abrigos de todo o país.

Desse número, apenas pouco mais de 7 mil crianças e adolescentes estão aptos, judicialmente, a serem adotados. A burocracia e os longos trâmites judiciais são alguns dos fatores que tornam a espera por uma família ainda mais longa. E histórias de abandono não são novidade.

De acordo com uma publicação que viralizou nas redes sociais, no dia 24 de julho de 2019, mais uma criança foi abandonada. Segundo a mensagem, o menino, que é autista, teria sido deixado no shopping RioMar, em Aracaju (SE), com uma mochila e objetos pessoais. As autoridades, agora, estariam procurando sua família. Confira:

Menino encontrado no Rio Mar. Possivelmente autista. Não se comunica e está abrigado. Vamos ajudá-lo a encontrar a família. 16a Vara da Infância já autorizou a divulgação das imagens D.A.G.V. Abandonado dia 24/07, com mochila nas costa contendo tudo, roupa, medicação, material de higiene…Possível abandono!!! Liga para 3205-9400.

Menino autista está perdido no shopping RioMar e procura família?

A notícia deixou muita gente chocada e mobilizou diversos internautas. Logo, a publicação viralizou e as buscas pela família do menino autista, nas redes sociais, continuam. Mas a pergunta que pouca gente se fez antes de compartilhar a publicação foi: será que o menino realmente está perdido? A resposta é não e os detalhes você confere a seguir,.

Vamos lá! Casos de pessoas desaparecidas que já foram solucionados, mas continuam circulando na internet são bastante comuns. Quem não se lembra do emblemático caso da jovem Ashley Flores, que circula desde 2006, na internet? A história não passou de uma brincadeira dos amigos da jovem, mas volta e meia reaparece nas redes sociais. Nos últimos anos, o Boatos.org também desmentiu histórias parecidas, como o caso da menina de 11 anos que teria sido sequestrada e estaria desaparecida em Maricá (RJ) ou ainda a história da jovem que teria sido sequestrada no shopping Aricanduva (SP) e sumido.

Além disso, o texto não cita locais e muito menos datas precisas, o que colabora ainda mais para a desinformação. Sem dados como esses, as pessoas (dotadas de boas intenções) pensam que o caso está se passando próximo a elas e acabam replicando a informação como se fosse em diversos locais. E, nem sempre, há a atualização dos fatos, o que colabora ainda mais para que a mensagem continue circulando (mesmo após o encerramento do caso).

Vale destacar também que o texto apresenta diversas características de boatos online: é vago, alarmista, possui erros de português, pedidos de compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Ou seja, o combo completo de fake news.

Ao buscar pela foto do menino, descobrimos toda a verdade: o caso, de fato, aconteceu, mas não é recente! A publicação original foi feita em 2014. Na época, a criança foi encaminhada para um abrigo e a polícia iniciou as buscas pela família. 11 dias após o ocorrido, a família foi encontrada na Bahia. Poucos dias depois, o inquérito foi concluído e o caso encerrado.

Em resumo: a história que diz que um menino autista foi abandonado no shopping RioMar, em Aracaju (SE), no último dia 24 é falsa! A história, de fato, ocorreu, mas a situação aconteceu em 2014 e já foi solucionada. Os pais do garoto foram encontrados dias depois do ocorrido e o inquérito foi finalizado. Ou seja, história velha que continua circulando nas redes sociais. Portanto, não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)