Kauã foi raptado no shopping RioMar e está desaparecido #boato

Boato – Compartilhe a foto do menino Kauã, de 1 ano e meio. Ele foi raptado na loja Zara do shopping RioMar e está desaparecido.

Uma das coisas que mais mobilizam os internautas é o desaparecimento de crianças. O grande problema é que não é em todos os casos que o desaparecimento é real. E, em pleno 2021, está circulando uma história mais do que manjada na internet.

De acordo com o texto que tá circulando junto com uma foto de um menininho, o garoto Kauã, de 1 ano e meio, teria sido sequestrado na loja Zara do Shopping RioMar. No texto é pedido que a imagem seja compartilhada. Leia o texto que circula online:

Este é o Kauã filho de um amigo. Ele tem apenas um ano e meio e foi raptado, na tarde de ontem no shopping Rio Mar, loja Zara. Por favor, compartilhar essa imagem pode por fim a dor de uma família. Não importa quem você seja ou onde esteja, fazer sua parte é importante. Não feche seus olhos.

Kauã foi raptado no shopping RioMar e está desaparecido?

A mensagem (e a fofura da criança) deixaram muitas pessoas preocupadas com o menino Kauã. Porém, se trata de uma história tão manjada que já foi desmentida no Boatos.org lá em 2018. Como o desmentido de outrora vale para hoje, relembre o que escrevemos a respeito do assunto:

Para começar, a mensagem carrega as principais características de um boato online. É alarmista, tem informações vagas (por que, por exemplo, não colocar o sobrenome de Kauã e nem data do desaparecimento?), erros de português (como o Porfavo) e pedido de compartilhamento. Esse “pacote” faz com que a gente desconfie do caso.

O segundo ponto que denuncia a farsa está na negativa do próprio RioMar de que Fortaleza. Ao jornal O Povo, a assessoria de imprensa do shopping afirmou que nunca houve desaparecimento do garoto da foto e que esse é um boato que “vai e volta com o passar dos anos”.

Já sabemos que não há desaparecimento de nenhum Kauã no shopping RioMar. Mas e a criança da foto? Ao buscarmos a origem dele, descobrimos que é um menino de Macaé (RJ) e que não se chama Kauã. Em 2016, a mãe do garoto (que vamos preservar a identidade) fez diversas postagens no Facebook pedindo para que as pessoas não compartilhassem a foto do seu filho.

Resumindo: a história que aponta que o menino Kauã foi raptado no shopping RioMar e está sumido é falsa. Na realidade, trata-se de um fake desmentido em 2018 e que, em 2021, ganha o selo de “clássico”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet