Jovem leva choque em celular carregando e morre eletrocutada, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra o perigo de se usar o telefone celular com fone de ouvido enquanto ele está carregando. Menina levou choque com celular e morreu eletrocutada.

Como boa parte dos boatos que circulam pela internet são potencializados por usuários de smartphone (principalmente por causa de aplicativos de mensagens) é natural que muitas balelas sobre o aparelho circulem por aí. Hoje vamos falar justamente de um vídeo polêmico que assustou muita gente na internet.

As imagens apontam que uma menina que teria morrido por utilizar o fone de ouvido de celular enquanto o aparelho estava carregando. No primeiro vídeo, a garota aparece escutando uma música enquanto estava sentada no sofá. No segundo, ela aparece no chão enquanto amigas se lamentam. Não vamos mostrar as imagens aqui, mas você pode acessar neste link. Leia os textos que acompanham a filmagem:

Versão 1: JOVEM MORRE ELETROCUTADA AO UTILIZAR TELEFONE CELULAR CONECTADO NA TOMADA “PAIS NÃO DEIXEM SEUS FILHOS UTILIZAREM O CELULAR CONECTADO NA TOMADA ISSO PODE SER FATAL”

ANTES DE MORRER A JOVEM ESTAVA SE DIVERTINDO, OUVINDO MÚSICA E BRINCADO COM O APARELHO DE TELEFONE CELULAR .AINDA ESTAMOS APURANDO ONDE OCORREU O FATO E JÁ JÁ TEREMOS MAIS INFORMAÇÕES.

Versão 2: Adolescente morre eletrocutada durante uso de celular enquanto carregava na tomada Versão 3: Garota Morre Eletrocutado por causa de Celular com Carregador Ligado na Tomada. Versão 4: URGENTE!!! MULHER MORRE ELETROCUTADA AO UTIZAR O CELULAR CONECTADO NA TOMADA

Jovem toma choque em celular carregando e morre eletrocutada?

A história deixou muita gente impressionada. Afinal, trata-se de uma vida. Mas será mesmo que as imagens mostram mesmo uma menina que morreu eletrocutada porque estava usando celular enquanto estava carregando? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Antes de falar desse caso em si, precisamos fazer uma ressalva. De fato, há relatos de mortes relacionadas a choques em aparelho de telefones celulares. Em fevereiro, esse rapaz de 17 anos morreu no Maranhão. Em janeiro, uma menina de 3 anos morreu pelo motivo em Pernambuco. Normalmente, os acidentes são relacionados a defeitos na rede elétrica, carregador e, principalmente a descargas elétricas (como um raio).

Dito isso, saiba que o número de histórias falsas envolvendo desastres com celulares carregando é proporcionalmente maior do que o número de histórias verdadeiras. Aqui no Boatos.org já desmentimos algumas.

Em 2015, falamos do boato do celular que explodiu e matou uma mulher (na verdade, foi uma overdose). Em 2017, falamos da história que aponta que um celular carregando explodiu no rosto de um homem (a causa era um tiro). Em 2018, falamos do fake do celular que explodiu na calça de uma mulher (era um tiro) e do caso do celular que pegou fogo em um shopping (na verdade, o homem ateou fogo no corpo). Há outros boatos, mas já deu para entender que é preciso checar melhor quando “denúncias” de acidentes com celular aparecerem no WhatsApp.

Checamos e muita coisa nos incomodou. Há uma lista de erros de continuidade no vídeo que enfraquece a história (como a roupa que menina estava vestindo, o fato do “corpo” ter caído em outro lugar, o celular mudado de tomada etc). Além disso, o “choro” das amigas é muito forçado, as marcas de sangue não parecem reais e o celular está intacto.

Junte isso às caraterísticas da mensagem (vaga, alarmista, com erros de português, com pedido de compartilhamento e sem citar fontes confiáveis) e temos quase certeza de que se trata de um boato. Só faltava a “prova final”. E ela veio graças à ajuda do leitor Francisco José Sant’Anna Henriques de São Paulo.

Depois de dias procurando pela “prova cabal” de que o acidente era fake, pedimos ajuda aos nossos grupos no WhatsApp. Recebemos inúmeras mensagens de retorno, mas o Sr. Francisco foi o mais rápido.

Ele mandou o vídeo com o seguinte título: “Mentira revelada!Esse vídeo que tá circulando é fake News!!!!”. No conteúdo, que pode ser acessado aqui, há a prova que tudo era uma brincadeira de adolescentes. Como? Simples, a menina “morta” se levanta e sorri.

Vale dizer que, depois que a história circulou na internet, uma mente brilhante resolveu gravar um áudio falando que o caso teria acontecido em Nova Iguaçu (RJ). Como se pode ver, a informação é falsa.

Resumindo: a história que aponta que uma menina morreu eletrocutada por um celular carregando e foi socorrida por amigas é falsa. Era tudo uma brincadeira e a história não passa de mais um boato que circula na internet. Fim.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)