Homem leva tiro de fuzil na cabeça, sobrevive e vai andando até a delegacia #boato

Boato – Imagens mostram homem que sobreviveu a tiro de fuzil na cabeça e andou sozinho até a delegacia para prestar depoimento. 

Infelizmente, a violência ainda é bastante presente no dia a dia do brasileiro. Nessa última semana, por exemplo, tivemos o caso da prisão do goleiro Jean, do São Paulo, nos EUA sob acusação de agressão contra sua esposa. Não muito distante dali, no início de dezembro, 9 jovens acabaram pisoteados e mortos após uma intervenção policial em Paraisópolis, em São Paulo. E os casos não param.

De acordo com um vídeo que está circulando nas redes sociais, a violência no país quase fez mais uma vítima. Segundo as imagens, um homem teria levado um tiro de fuzil na cabeça. Porém, surpreendentemente, ele teria sobrevivido! E não para por aí. Após o fato, ele ainda teria se dirigido à delegacia para prestar depoimento. Confira:

Áudio: “Maluco levou um tiro de fuzil. Entrou e saiu, fazendo rombo, mas o maluco, na disposição, levantou e veio pra delegacia prestar depoimento”. Vídeo: “Ô, irmão. Tu tá muito bonito. Vira a parte de trás, a parte de trás. O morto levantou e andou. Tá bonito”.

Homem levou tiro de fuzil na cabeça, sobreviveu e foi andando até a delegacia?

A história viralizou rapidamente nas redes sociais e deixou muitos internautas incrédulos. Mas será que essa história de que um homem teria levado um tiro de fuzil na cabeça, sobrevivido e ainda teria ido à delegacia na sequência é verdadeira? A resposta é não!

Vamos aos detalhes! Uma rápida leitura no material já é suficiente para deixar uma pulga atrás da orelha. As mensagens são completamente vagas (não informam o nome do homem, muito menos data e local do ocorrido), alarmistas e não citam fontes confiáveis.

Vale ressaltar que histórias falsas envolvendo vídeos fora de contexto não são novidade na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas delas, como a que dizia que um vídeo mostrava uma boneca androide chinesa que se parecia com uma criança de verdade. Também o caso que apontava que Lula teria sido recebido com fogos de artifício, em São Bernardo do Campo (SP) e, por fim, a história que dizia que um vídeo mostrava o sistema antimíssil de Israel abatendo diversos mísseis.

Além de tudo isso, ainda há a questão da lógica. É praticamente impossível sobreviver a um tiro na cabeça, uma vez que uma bala viaja a cerca de 975 metros por segundo, levando o cérebro a parar de funcionar quase que imediatamente após o impacto. E também é de se destacar que um tiro de fuzil faria um estrago muito maior do que as imagens mostram. De acordo com um médico da Universidade do Arizona, o estrago causado por um tiro de rifle AR15 é comparado com o de uma granada.

Vale a pena ressaltar também que não existem notícias sobre o caso em fontes confiáveis. Um fato como esse, com certeza, seria destaque em todos os lugares (não só em programas policiais).

Por fim, descobrimos que o nosso parceira e-farsas já esclareceu (e desmentiu) toda a história. De acordo com o site, o homem que aparece no vídeo não levou um tiro de verdade. Tudo não passa de um trabalho de maquiagem. O trabalho foi feito para um curso da Polícia Civil do Rio de Janeiro. O homem que aparece no vídeo é o ator Lucas Lopes e a maquiadora responsável pelo trabalho é Patrícia Lima. Ambos fazem parte da empresa “O Júri e a Perícia”.

Em resumo: a história que diz que um homem levou um tiro de fuzil na cabeça, sobreviveu e foi até à delegacia prestar depoimento é falsa! O homem, na verdade, é um ator (e, portanto, está maquiado) de uma empresa que realiza cursos realísticos sobre perícia para instituições, como, nesse caso, a Polícia Civil. Ou seja, a história não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

– Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
– Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
– Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
– Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
– Grupo no WhatsApp http://bit.ly/36nlVru