Governo paga Bolsa Usuário de R$ 1.000 pelo resto da vida para drogados #boato

Boato – Governo federal está distribuindo a Bolsa Usuário de R$1.000 para o resto da vida, sem dependentes precisem trabalhar.

Muito se ouve falar na questão da dependência química nos últimos tempos. Mas o que pouca gente sabe (principalmente os que falam que é só “safadeza”) é que o vício, quando chega a um certo patamar é, na realidade, uma doença. Algo que a pessoa não consegue controlar e, portanto, precisa de ajuda de profissionais.

Nesse cenário, usuários de drogas muitas vezes acabam sendo discriminados pela sua condição. Para reforçar isso, algumas publicações que andam circulando nas redes sociais apontam que o governo federal está dando uma “ajudinha” financeira a essas pessoas, criando o “Bolsa Usuário”.

Ainda de acordo com os posts, os usuários de drogas estariam recebendo R$1.000 por mês, “não precisando trabalhar, ter família, ter renda”, apenas por “serem usuários”. A história causou revolta entre diversos internautas, que acusaram o PT de usar “o dinheiro de quem trabalha” para fazer essa “boa ação”. Confira:

Quem acha que o governo do PT foi ruim, foi um péssimo governo. Nada! Foi bom. Pensa num governo bom, isso aqui tava me devendo uma escolta do banco, para receber aqui do coitado do usuário a bolsa usuário. Ele vai o resto da vida receber 1000 conto, 1000 conto por ele ser os dois. Não se trabalha mais não, ele não, ser família, não precisa ter renda e não precisa de nada.

Ele só é usuário, então ele foi cadastrado, vai receber o resto da vida R$ 1000 e R$ 1000 por ele ser usuário. Por mês, por mês, por mês por ele ser usuário de droga. Coitado, coitado, coitado. É o que é? R$12.000 por ano, R$12.000 por ano, 12 mil por ano, e os petistas fila da p***, que quer aquele sapo no poder de novo, tá aí o dinheiro de vocês aí, o nosso dinheiro, não é verdade?

O dinheiro de quem trabalha, que o petista mesmo acho que não se preocupa em trabalhar. Se preocupasse em trabalhar e ganhar dinheiro, não tava preocupado com o dinheiro deles fosse para mão de usuário para queimar em droga, bando de safado.

Governo paga Bolsa Usuário de R$ 1.000 pelo resto da vida para drogados?

Bem, pessoal, parece que a divulgação desse benefício oferecido pelo governo federal revoltou muitas pessoas, não é mesmo? Ganhar sem precisar trabalhar, ter família ou renda, parece ser o sonho de muita gente. Mas será mesmo que esta história é real? A resposta é não. E se você quiser mais detalhes, continua lendo.

Vamos lá! Já estamos cansados de falar e repetir aqui no Boatos.org que não existem bolsas usuários, bolsas crack ou qualquer coisa semelhante. Sim! Não existe bolsa usuário, o que existe é o chamado auxílio-doença para dependentes químicos que não conseguem trabalhar por conta do vício.

E assim como outras doentes que está no INSS os dependentes químicos também passam por perícia e reavaliação constante. E também como outros dependentes desse benefício, a pessoa pode perder o auxílio a qualquer momento. Além disso, o beneficiário precisa mostrar evolução em seu tratamento para poder continuar recebendo esse dinheiro.

E, bem, novamente repetimos: esse benefício não é para qualquer um. Além de tudo, a pessoa precisa estar em condição de segurado do INSS, ou seja, ele precisa ser um trabalhador ou contribuinte com o Instituto em um período de, no mínimo 12 meses.

Por fim, é possível observar que as publicações têm as principais características de boato: a pessoa só joga dados sem comprovação, emitindo uma opinião e não citando fontes. Além disso, o próprio governo federal já fez questão de desmentir toda a história, explicando tudo sobre o benefício do auxílio-doença para dependentes químicos.

Vale ressaltar que, em São Paulo, o ex-prefeito Fernando Haddad chegou a criar um programa chamado “anticrack”. A iniciativa, que não existe mais, visava pagar dependentes químicos por dias trabalhados em áreas como: varrição de rua, jardinagem e reciclagem. Em troca, além de receber pelo trabalho, eles também ganhavam moradia e alimentação. Também vale ressaltar que, atualmente, nem São Paulo e muito menos o Brasil estão sendo governados pelo PT. Ou seja, até nisso a pessoa do vídeo erra.

Em resumo: a história que diz que o governo federal está pagando uma bolsa usuário no valor de R$1.000 para dependentes químicos é uma mentira. Não existe bolsa usuário (muito menos bolsa crack), o que existe é um auxílio-doença que está submetido às regras da Previdência Social. O próprio governo já desmentiu a história e vale lembrar que nem SP e muito menos o Brasil é governado por petistas. Ou seja, é #boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

17 comentários em “Governo paga Bolsa Usuário de R$ 1.000 pelo resto da vida para drogados #boato

  • 26/09/2018 em 03:44
    Permalink

    Aki são r$800 limpos @octagonhonda acesse.

    Resposta
  • 19/09/2018 em 20:29
    Permalink

    A unica bolsa q vai ter em 2018 é a bolsanaro q vai dar aquele auxiliuzinho aos vagabundos

    Resposta
  • 19/09/2018 em 17:52
    Permalink

    Eufemismo – Definição: é uma figura de linguagem na língua portuguesa, um mecanismo que tem por objetivo suavizar uma palavra ou expressão, que possa ser rude ou desagradável.

    Auxílio Doença para usuário e EUFEMISMO de BOLSA USUÁRIO

    PURO EUFEMISMO.

    Resposta
  • 18/09/2018 em 10:42
    Permalink

    Alguém acredita que o governo criaria algum “auxílio” com nome de “bolsa”?

    Resposta
  • 17/09/2018 em 14:01
    Permalink

    Que todos aqui que falaram a asneira de achar um absurdo os benefícios do INSS jamais precisem deles, amém.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 11:07
    Permalink

    resumo existe sim, apenas mudaram o nome pra ficar mais bonitinho, tipo dizer que não existe favela no Brasil porque o correto é dizer comunidade…rsrsrsrs…malditos comunas.

    Resposta
  • 05/09/2018 em 19:56
    Permalink

    Faço das palavras da Célia Leal, as minhas! Absurdo! É exatamente isto que o Gramscismo prega. Acorda povo!

    Resposta
  • 03/08/2018 em 11:04
    Permalink

    Existe uma bolsa SIM.

    Uma colega de minha cidade recebe e está apta para trabalhar SIM..

    Resposta
  • 20/07/2018 em 12:37
    Permalink

    “Não existe bolsa usuário de drogas. Existe auxílio para dependentes químicos”.
    Sério?
    Que bom pra vocês que existem idiotas pra acreditar que mudando palavras muda o conceito.
    Todas as “bolsas-esmolas” passam por cadastro, perícia, avaliação e estão submetidas a um órgão “paizão”. E hoje não existir governos petistas não quer dizer que não foram Governos do PT que criaram.
    A quem pertence o Boatos.org?
    Qual órgão controla o bolsa-Boatos.org?
    Quem checa o Boatos.org?
    Quando vão criar o bolsa-corrupto, bolsa vagabundo, bolsa-abortista, bolsa-pedófilo, bolsa-estuprador, bolsa-terrorista, bolsa-guerrilheiro, bolsa-comunista…?

    Bando de lixos!

    Resposta
    • 05/09/2018 em 19:50
      Permalink

      Disse tudo! Está de parabéns pelo que escreveu! Eu não poderia ter protestado melhor!

      Resposta
    • 30/09/2018 em 10:54
      Permalink

      No caso, eu acho que já existe, mas com outro nome como esse em questão (bolsa dependente) bolsa usuário.

      Resposta
  • 17/07/2018 em 20:28
    Permalink

    mas então vcs apenas confirmaram que é uma bolsa sim. Se quer se tratar, que vá para uma clinica e que o governo banque, mas não dê dinheiro em mãos a um usuário de drogas!

    Resposta
  • 16/07/2018 em 15:38
    Permalink

    Existe Sim. Se o governo quer acabar com esse problema, tem que tratar na raiz, ou seja, acabar ou reduzir o tráfico e dar tratamento aos usuários. Dar dinheiro a usuários é o mesmo que liberar o comércio do tráfico, é muito cômodo e incompetente esse governo que resolve tudo a base do “BOLSAS” Não existe um plano piloto pra nada, enquanto isso pessoas de bem e trabalhadores, são reféns da criminalidade e do péssimo atendimento do SUS. Esses nossos governantes, são incompetentes, mercenários e corruptos que só pensam em seu próprio benefício, além do mais aumentam seus salários a seu bel prazer.

    Resposta
  • 14/07/2018 em 22:33
    Permalink

    Caros colegas, vcs estão errados !!! O que muda é o nome, apenas.
    A questão é que se passou a considerar como doença ser viciado em drogas e, pra quem não sabe, nem 5% deixam o vício permanentemente.
    Sim, há a bolsa usuário, só que com outro nome. É sim apareceu na era PT !

    Resposta
    • 19/07/2018 em 23:57
      Permalink

      Foi dito que um benefício de auxilio doença do INSS, ou seja, você deve está segurado para receber.
      Não é qualquer um que recebe.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)