Foto mostra que Ponte Rio-Niterói não foi consertada após ser atingida por navio #boato

Boato – Foto mostra remendo em vão da Ponte Rio-Niterói após acidente com navio. É a prova que a ponte não foi consertada da forma correta.

Um acidente causou diversos transtornos entre moradores do Rio de Janeiro. Um navio que estava atracado na Baía de Guanabara bateu na Ponte Rio-Niterói. Apesar de, felizmente, o acidente não ter feridos, houve transtornos no fluxo de trânsito. Mas, agora, tudo está bem. Ou, de acordo com um texto que circula online, não.

Uma foto mostra um vão com um suposto remendo na Ponte Rio-Niterói e sugere que ela não foi consertada da forma correta. “Ponte Rio Niterói já está em perfeito estado. Aguenta mais outra batida!” e “Pessoal, podem ficar tranquilos, já consertaram a ponte Rio X Niterói”, apontam algumas mensagens.

Foto mostra que Ponte Rio-Niterói não foi consertada após ser atingida por navio?

A imagem viralizou muito, principalmente no WhatsApp. Só que há dois detalhes que derrubam a tese. 1) A foto é antiga. 2) Não tem nenhuma relação com “problema estrutural na Ponte Rio-Niterói.

Já desmentimos em três oportunidades o mesmo boato (em 2014, 2017 e 2018). Como o texto do desmentido da época vale para hoje, relembre o que escrevemos e já já voltamos:

Todavia, porém, entretanto (e se atentem às conjunções para que fique claro o que vem a seguir), a irregularidade registrada na imagem não é uma irregularidade, ou uma rachadura muito menos uma falha na estrutura. Trata-se de uma junta de dilatação, criada propositalmente quando a ponte foi construída e necessária para que a as duas partes da construção possam se movimentar sem transmitir esforços entre si.

A técnica específica da engenharia foi esclarecida pela própria CCR, concessionária da ponte, que se manifestou após a repercussão da imagem nas redes sociais. Segundo a concessionária, uma ponte de tamanha proporção precisa deste tipo de abertura para evitar o surgimento de fissuras (rachaduras) nas lajes e vigas da construção.

E para que não fique suspeito, afinal podemos pensar ‘claro que a concessionária dirá que isso é normal, foram eles que fizeram!’, o site Engenharia é, referência para estudantes e profissionais da área, explica da mesma forma a necessidade de juntas de dilatação em grandes estruturas. Basta conferir.

Quando a história voltou a circular em 2022, a própria Prefeitura de Niterói desmentiu a informação falsa: “ALERTA DE FAKE NEWS! Após a colisão de um navio contra a Ponte Rio-Niterói, na última segunda, uma foto de uma espécie de vão na ponte voltou a aparecer nas redes sociais nesta semana. É FAKE NEWS! A foto é antiga e já circula nas redes sociais pelo menos desde 2014!!!”.

Resumindo: a foto que está circulando na internet não é recente e não indica qualquer defeito na Ponte Rio-Niterói. Trata-se de uma junta de dilatação e é necessária para evitar rompimentos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet