Fiat da Itália pede explicações à Fiat do Brasil e vai pedir desculpas a Maurício Souza #boato

Boato – Depois que o Minas demitiu o jogador Maurício Souza, a Fiat perder 100 milhões em vendas e sócios italianos decidiram pedir explicações para a empresa no Brasil e vão pedir desculpas ao jogador.

O caso da demissão do jogador de vôlei Maurício Souza do Minas após publicações consideradas homofóbicas em redes sociais ainda está levantando polêmicas. O último alvo da história é a Fiat. Depois de bolsonaristas organizarem um “boicote” à empresa, começou a circular na internet algumas informações sobre “consequências”.

Uma delas aponta que, em uma semana, a Fiat perdeu 100 milhões em vendas (a mensagem não diz se é em reais, dólares ou vendas mesmo). O texto aponta que, por isso, a Fiat da Itália resolveu pressionar a Fiat do Brasil por causa disso. E, para terminar, a mensagem aponta que a Fiat da Itália vai pedir desculpas a Maurício Souza nos próximos dias. Leia a mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

SÓCIOS ITALIANOS PEDEM EXPLICAÇÕES A FIAT DO BRASIL. Depois da lambança feita pela Fiat Brasil em obrigar um clube esportivo a demitir um de seus jogadores (Maurício Souza) por expressar suas opiniões, milhares de clientes decidiram não mais consumir os produtos da montadora Italiana, a m… foi tão grande que a FIAT BRASIL já perdeu mais de 100 milhões em vendas, isso chamou a atenção dos sócios de todo o planeta, a lacração pode custar a cabeça dos representantes em terras tupiniquins, ficou tão feio para a FIAT que até os majoritários se manifestaram em repúdio ao fato ocorrido.

– A FIAT não tem que se meter em assuntos que não lhe diz respeito, somos uma multinacional que produzimos em todo mundo, não temos o direito de punir ou exigir punições em âmbito externo, ainda mais sendo de opiniões – disse um dos sócios em Turim na Itália. A estimativa é que a FIAT peça desculpas formais ao jogador Maurício Souza nos próximos dias. Trocando em miúdos, ‘A m… voltou pra bunda”

Fiat da Itália já perdeu 100 milhões em vendas, pede explicações à Fiat do Brasil e vai pedir desculpas a Maurício Souza?

Seria uma informação bombástica. Falamos “seria” porque só há um detalhe em toda essa história: a informação que está circulando por aí não procede. Não há qualquer prova de que a Fiat da Itália está, agora, ao lado de Maurício Souza.

Antes de falar de detalhes do conteúdo, precisamos destacar que não é de hoje que informações falsas sobre “empresas” que apoiam grupos LGBTQIA+ circulam. Já desmentimos, por exemplo, fake news que apontavam que a Coca-Cola e que a Netflix havia perdido muito dinheiro após boicote de bolsonaristas.

Além disso, a mensagem que circula online tem algumas características de fake news como o caráter vago, alarmista, erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis. E, ao buscar pelo assunto em fontes confiáveis, nada encontramos. Na realidade, a mensagem brotou em perfis bolsonaristas na internet. Um dos mais proeminentes, por exemplo, vive postando outras informações falsas como “mensagens raivosas de Cissa Guimarães para Globo” e tuítes falsamente atribuídos a Lula.

Vamos falar agora das alegações da mensagem. A primeira delas fala sobre a “perda da Fiat” de “100 milhões”. Vendas não poderia ser, isso porque a Fiat vendeu até o final de outubro de 2021, de acordo com esses dados, 364 mil unidades de veículos. Perda de lucro também não parece ser. De acordo com esses dados, a empresa fechou outubro como a montadora que mais vendeu veículos no país.

Derrubada a informação do “prejuízo”, vamos à outra. Não só não há nenhuma informação sobre a declaração dos “italianos” a favor de Maurício Souza como também relatos do presidente do Minas dão a entender que a pressão para a demissão do jogador também veio da Itália.

Resumindo: pela fonte da “informação” e por dados que contradizem o que foi dito, podemos dizer que a informação que aponta que a Fiat da Itália está contra a Fiat do Brasil e vai pedir desculpas a Maurício Souza não procede. A mensagem não passa de um amontado de informações que não procedem e que vieram do nada.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet