Coca-Cola tem prejuízo bilionário por causa de foto de Pabllo Vittar #boato

Boato – Depois que resolveu estampar a foto de Pabllo Vittar nas latas de refrigerantes, a Coca-Cola teve um prejuízo bilionário e foi ultrapassada pela Pepsi.

Com 2017 quase chegando ao fim já podemos afirmar que uma das figuras mais marcantes do ano foi a cantora Pabllo Vittar. Responsável por, pelo menos, um hit, Pabllo despertou o amor de alguns e o ódio de tantos outros. A prova disso está na quantidade de compartilhamentos de notícias falsas sobre ela.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org Siga o Boatos.org no Twitter: Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/36nlVru

Confira o nosso Instagram:

Instagram

A última polêmica surgiu na internet após o anúncio de que Pabllo (e tantos outros artistas) vão passar a estampar as latas de Coca-Cola. De acordo com um texto que circula online, a escolha por Pabllo Vittar foi responsável por um prejuízo bilionário à empresa. “A Coca-Cola recebeu um imenso boicote dos brasileiros. Esse boicote resultou em uma queda nas ações da Coca-Cola em de 21%, totalizando cerca de US$ 1,2 bilhão de dólares em prejuízo”, diz trecho do texto.

A notícia postada por um blog “daqueles” (por sinal, logo estes blogs maravilhosos terão um “Hall da Fama” no Boatos.org. Fiquem ligados) que publicou, logo em seguida, outra notícia dizendo que a Pepsi teria passado a Coca-Cola no número de vendas. “Pepsi Supera a Coca Cola em vendas, apos boato que vai usar Bolsonaro em latas de refrigerante. Os conservadores estão boicotando a Coca Cola e tomando Pepsi!”, diz texto que, por sinal, repete a informação da “queda da Coca”. Leia:

Coca-Cola teve prejuízo por causa de Pabllo Vittar e foi ultrapassada por Pepsi, diz boato
Coca-Cola teve prejuízo por causa de Pabllo Vittar e foi ultrapassada por Pepsi, diz boato

Coca-Cola tem prejuízo bilionário por causa de foto de Pabllo Vittar nas latas?

Por incrível que pareça, as duas notícias tiveram uma quantidade imensa de compartilhamentos na internet. Mas será mesmo que a Coca-Cola teve um prejuízo bilionário por causa das fotos de Pabllo Vittar nas latas e que a Pepsi passou a rival por causa do marketing? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Para começar, vamos fazer uma análise lógica. A premissa das postagens do tal blog (que, pelo que vimos, é só de fake news) é que a causa do prejuízo de US$ 1,2 é uma foto de um produto que está ainda chegando nas prateleiras. Mais do que isso, a causa seria um entre tantos artistas que estampam a campanha. Mesmo que houvesse tal prejuízo, não há chance de qualquer pesquisa ser feita com essa rapidez e muito menos ser aferida à cantora.

Viu que falamos mesmo que houvesse. Sim, porque não há. Em uma semana, as ações da empresa subiram 1,9%. Em um ano, subiram 10,85%. O tal prejuízo não existe. Ou seja, a premissa não tem lógica.

O segundo ponto também não tem muita lógica. Também por ser campanha recente, não é possível aferir que a Pepsi passou a Coca-Cola em vendas. Obviamente, também não é possível aferir mudanças no mercado ao “boato da lata do Bolsonaro” (que foi tão miado que nem desmentimos aqui).

Resumindo: a história que aponta que a Coca-Cola teve um prejuízo milionário e foi ultrapassada pela Pepsi por causa da lata é falsa. Mais do que isso, é uma bobagem tão sem lógica como uma “campanha” de boicote ao refrigerante por causa de Pabllo Vittar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)