Fabiano Kipper Mai, autor de ataque em Saudades (SC), tinha foto de Che Guevara e #forabolsonaro no Instagram #boato

Boato – Perfil no Instagram de Fabiano Kipper Mai, autor de ataque em creche em Saudades (SC), pedia #forabolsonaro e tinha foto de Che Guevara. 

O dia 4 de maio de 2021 ficou marcado na história do município de Saudades (SC). O ataque, de um jovem de 18 anos, contra uma creche na cidade deixou cinco pessoas mortas (uma professora, uma agente educacional e três crianças com menos de dois anos).

Após o ataque, o jovem de 18 anos tentou suicídio e segue internado em estado grave. Ainda não se sabe o que teria motivado o crime e a polícia procura encontrar as respostas no computador do acusado.

Em meio à toda essa situação, uma história ganhou a internet. De acordo com uma postagem, o acusado pelo ataque, Fabiano Kipper Mai, teria publicado uma foto de Che Guevara em suas redes sociais. Além disso, a história ainda aponta que o jovem também teria escrito “#forabolsonaro” em uma publicação. Confira:

Versão 1: “No Instagram, perfil do psicopata do massacre na escolinha tem imagem de Che Guevara e tag #ForaBolsonaro. A mídia não deu um pio”. Versão 2: “Por que o Instagram retirou o perfil do autor do atentado da creche? Suposto perfil do autor do atentado contra uma creche no município de Saudades SC. O Instagram retirou o perfil do ar minutos após o print. Jornalistas especulam que o crime pode ser também de cunho político, já que 63% do município votou em Jair Bolsonaro”. 

Versão 3: “Minutos após esse print, o Instagram retira do ar o perfil do assassino da creche em Saudades /SC. Resta a investigação descobrir o real motivo (seria político)???… Já que 63% dos eleitores do município votaram em Bolsonaro. Observem o perfil com a imagem de Che Guevara e a tag FORA BOLSONARO”.

Fabiano Kipper Mai, autor de ataque em Saudades (SC), tinha foto de Che Guevara e #forabolsonaro no Instagram?

A informação bombou nas redes sociais, em especial, no Facebook e no WhatsApp. Apesar disso, a história não tem nada de verdade. A explicação está na análise do suposto perfil do autor do ataque no Instagram.

Infelizmente, nos últimos anos, crimes bárbaros têm sido associados a motivações políticas por fake news na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o atirador de igreja em Campinas (SP) seria filiado ao PT. Também a que indicava que o bombeiro suspeito no caso Marielle teria posado em foto ao lado de Bolsonaro e, por fim, a que apontava que o homem que esfaqueou Bolsonaro durante campanha presidencial teria foto com o ex-presidente Lula.

Ao analisar o print do suposto perfil do autor do ataque, percebemos algumas coisas estranhas. Primeiro, o número de publicações. De acordo com a imagem, o perfil não possui nenhuma publicação. Além disso, o perfil possui pouquíssimos seguidores, o que denota um caráter fake.

Se isso não fosse suficiente, o tal perfil ainda possui a tag “#freefire”. De acordo com a polícia que investiga o caso, Fabiano Kipper Mai passava horas jogando no computador, mas não citou o nome de nenhum jogo. O jogo Free Fire é, originalmente, um jogo mobile, para celular (e até pode ser jogado em computador por meio de emuladores, mas como a jogabilidade e a sensibilidade acabam mudando e os campeonatos oficiais são disputados pelos celulares, a maior parte dos usuários acaba optando por jogar e treinar pelo celular, deixando o computador para transmissões ao vivo). É importante destacar que essa história de que Fabiano Kipper Mai jogava Free Fire também surgiu de suposições na internet.

Se isso não fosse suficiente, o serviço de checagem Estadão Verifica já desmentiu a história. No texto, o serviço de checagem buscou por mais informações junto ao Facebook (dono da plataforma). Segundo o Facebook, o perfil era falso.

Por fim, o serviço de fact-checking Aos Fatos também desmentiu a história. De acordo com eles, além da história ser completamente falsa, o Facebook (dono do Instagram) afirmou que deletou a conta, porque não permite contas (verdadeiras ou falsas) de organizações ou pessoas que estejam envolvidas em ações violentas.

Em resumo: a história que diz que Fabiano Kipper Mai, autor de ataque em creche em Saudades (SC), teria publicado em redes sociais uma foto de Che Guevara e a tag #forabolsonaro é falsa! Além do suposto perfil apresentar características fakes (poucos seguidores e nenhuma publicação) e situações contraditórias, o próprio Facebook (dono do Instagram) confirmou que o perfil era falso. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1