Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > É falso que enchentes tenham causado mais de 2 mil mortes em Canoas e 200 em Eldorado do Sul

É falso que enchentes tenham causado mais de 2 mil mortes em Canoas e 200 em Eldorado do Sul

Enchentes causaram 2.000 mortes em Canoas e mais de 200 em Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Mais de 2.000 pessoas morreram em Canoas, 200 em Eldorado do Sul e há 300 crianças órfãs por causa de enchentes no Rio Grande do Sul.

Análise

Passado um momento inicial, agora o Rio Grande do Sul começa a contabilizar os danos e prejuízos causados pelas enchentes que assolaram quase todas as cidades do estado. Em meio a isso, um vídeo voltou a circular na internet.

De acordo com mensagens e com um relato de um popular, a cidade de Eldorado do Sul teria contabilizado 200 mortos. Canoas, outra cidade atingida pelas enchentes, teria 2.000 mortos. Além disso, 300 crianças estavam órfãs. Leia uma das mensagens que circula na internet:

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Só em Eldorado, 200 mortos, e em Canoas mais de 2000 mortos. Tem abrigos com mais de 300 crianças que ficaram órfãs, só em uma dessas 300 cidades atingidas. Oremos pelo Rio Grande do Sul e que a solidariedade do povo brasileiro alcance todos os atingidos. Visto que o governo federal é um inútil!

Checagem

Os números, de fato, são alarmantes. Por isso, estamos aqui para realizar a checagem do conteúdo respondendo a algumas perguntas. São elas: 1) É verdade que houve 200 mortos em Eldorado e 2.000 mortos em Canoas por causa das enchentes? 2) É verdade que 300 crianças estão órfãs por causa de mortes no Rio Grande do Sul? 3) É possível que se chegue a este número nas enchentes no Rio Grande do Sul?

É verdade que houve 200 mortos em Eldorado e 2.000 mortos em Canoas por causa das enchentes?

Não é verdade. Na realidade, a história não passa de uma reprodução de outra fake news que já foi desmentida no Boatos.org (de que havia milhares de corpos de vítimas das enchentes boiando).

O número oficial de mortos em Canoas é 22. Em Eldorado do Sul, o número é de 6. Em Canoas, há 16 desaparecidos. Em Eldorado do Sul, o número é de 12. O total de mortos nas enchentes no estado é 157. Já o número de pessoas desaparecidas é de 88.

É verdade que 300 crianças estão órfãs por causa de mortes no Rio Grande do Sul?

Isso é matematicamente improvável. Contando o número de mortos + de desaparecidos, temos o total de 245. Dentro deste universo, teríamos que ter pessoas que deixaram órfãos (por exemplo: pai e mãe que morreram e deixaram filhos menores ou pai e mãe solo que morreram e deixaram filhos menores). Considerando que há crianças, idosos e pessoas não identificadas entre as vítimas, o número é insustentável.

É possível que se chegue a este número nas enchentes no Rio Grande do Sul?

Felizmente, é improvável. Estamos em um momento no qual está mais se contabilizando as vítimas e prejuízos do que tendo novas mortes. Mesmo que haja novos alagamentos, desta vez há mais preparo para evitar as enchentes. Para que chegamos a estes números, precisaríamos de um cataclisma.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que morreram 2.000 pessoas nas enchentes em Canoas mais 200 em Eldorado do Sul. A mensagem que está circulando online só reproduz uma mensagem falsa que já foi desmentida aqui no Boatos.org

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).