Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > É falso que “caixões da Fema” chegaram ao Brasil para enterro de mortos no RS

É falso que “caixões da Fema” chegaram ao Brasil para enterro de mortos no RS

Caixões da Fema chegaram ao Brasil para mortos das enchentes no Rio Grande do Sul, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Caixões da Fema chegaram ao Brasil para o enterro dos mortos nas enchentes do Rio Grande do Sul. Essa é a prova de que foi tudo um crime planejado.

Análise

Passados os piores momentos das enchentes no Rio Grande do Sul, parece que o espaço se abriu para diversas teorias da conspiração. Um vídeo e diversas postagens que circulam na internet fazem uma compilação de algumas delas.

No vídeo, um sujeito que passou pela enchente (pelo menos ele diz isso) aponta que elas foram causadas pela abertura de cinco barragens no Rio Grande do Sul. Além disso, ele fala que a prova de que tudo foi planejado é que o governo comprou “caixões da Fema” para guardar os mortos das enchentes. Outras mensagens também falam sobre os tais caixões. Leia as mensagens que circulam na internet e leia trechos da transcrição do vídeo:

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Versão 1: CAIXÕES QUE CABEM ATÉ 4 CORPOS PARA EM CASO DE TRAGEDIAS AMBIENTAIS , A A ” LIMPESA “;SEJA FEITA RAPIDA, E ESTES NAO PRECISAM ENTERRAR, TEM UM SISTEMA HERMETICO DE VEDAÇÃO JA ESTÃO SENDO FABRICADOS HÃ ANOS, E DISTRIBUIDOS NO MUNDO . ESTE VIDEO TEM 8 ANOS NO YOU TUBE. SÓ AGORA DÁ PRA COMEÇAR A ENTENDER..TUDO PLANEJAD

Versão 2: Cita Caixões da FEMA Assista tire suas conclusões. Desse irmão gaúcho. Mora RS. Nada natural. Tem muito a ser revendo! Conspiração e mundial. Se protejam. Temos está todos os dias sóbrios saber como agir e agir antecipadamente a situação. Preservar a vida. Muitos não terão opção de salvar se. Sentimentos sinceros.

Transcrição (trecho): Abriu as conporta cinco comportas assim como portas ao mesmo tempo gente Claro o Bingo matei a Vocês não vão ver isso aí ninguém. Fala isso em nenhuma plataforma, quem autorizou abria cinco comporta de uma vez só não era chuva suficiente, por isso que eu estranhei uma garotinha que eu tinha gravado um vídeo que lembra que eu fiz uma uma uma uma uma uma uma uma uma uma uma uma um verso, eu fiz uma um verso e tal tinha acabado aqui era só uma Garoa de repente tá? Pondo tudo isso aqui da água acabando com as plantação de arroz acabando com as colheitadeira acabando com a vida das pessoas centenas de morte.

Quem faria esse ritual satânico gente se vocês pesquisar e não tô sendo polêmico, mas é muito fácil tem internet hoje em dia para isso vamos pesquisar sobre os caixões da Fema, os caixões da Fema chegou no Brasil já há pouco tempo antes da enchente estava aqui no Brasil, já os caixões da Fema é um caixão Preto feito de carbono que serve quatro corpos de de quatro homens adultos dentro de quatro homens adultos dentro é um caixão feito de de fibra de carbono estranho, né? Chegou no Brasil antes dessa enchente. E agora temos aqui centenas de morte.

Checagem

As acusações são gravíssimas e, claro, se espalharam com todas as forças na internet. Por isso, estamos aqui para fazer a checagem do conteúdo respondendo a algumas perguntas. São elas: 1) O que são os tais caixões da Fema? 2) O governo comprou caixões da Fema para enterrar os mortos pelas enchentes no Rio Grande do Sul? 3) As enchentes no Rio Grande do Sul foram causadas pela abertura de cinco barragens?

O que são os tais caixões da Fema?

No início da pandemia da Covid-19, a mesma teoria começou a circular na internet. Na época, explicamos o que são os caixões da Fema e qual a relação deles com as teorias da conspiração. Relembre:

É importante explicarmos do que se trata a FEMA. A Agência Federal de Gestão de Emergências dos Estados Unidos é um órgão vinculado ao Departamento de Segurança Interna e foi criado em 1979. A função principal da FEMA é coordenar respostas a emergências dentro dos Estados Unidos, onde os recursos da cidade ou estado afetado não sejam suficientes.

Como dissemos no início do texto, boatos envolvendo a FEMA existem há bastante tempo. Desde os anos 1990, circula uma história sobre supostos caixões da FEMA e uma teoria sobre diminuição populacional por meio de extermínio em massa. Acontece que a história de hoje é uma espécie de continuação dessa teoria da conspiração.

Desde o início dos anos 2010, diversos sites de fact-checking já desmentiram essa informação. Na verdade, os supostos caixões não são o que parecem. Eles são cofres de sepultamento e são comumente usados em diversos estados estadunidenses para evitar a contaminação da água potável, onde cemitérios se encontram muito próximos de lençóis freáticos.

Vale destacar que a história já ganhou outra versão anos atrás. Segundo as postagens, o ex-presidente Obama teria gastado US$ 1 bilhão na compra de caixões descartáveis para os campos da FEMA. É importante pontuar também que os caixões, na realidade, não são da FEMA, mas de uma empresa privada.

O governo comprou caixões da Fema para enterrar os mortos pelas enchentes no Rio Grande do Sul?

Não. Essa história falsa surgiu da junção de duas fake news que o Boatos.org já desmentiu. Uma delas é de que há “uma imensidão de mortos no Rio Grande do Sul”. O número de mais de 100 mortos é trágico, mas as fake news falam em milhares. A outra é que o Exército havia feito uma licitação para comprar caixões para as enchentes. 

Assim como em 2020, não há qualquer registro de compra de “caixões da Fema” no Brasil (até porque não existem os tais “caixões”). Ou seja: a história foi tirada do nada para fortalecer uma tese.

As enchentes no Rio Grande do Sul foram causadas pela abertura de cinco barragens?

Não, absolutamente. A teoria do cidadão, que é, no mínimo, um desinformado, não se sustenta. Não há qualquer registro de abertura das cinco barragens citadas. Mais do que isso: a fala dele (assim como a parte dos caixões da Fema) se baseia em uma outra fake news. Trata-se de um vídeo que acusa o governo de abrir as barragens, mas sequer foi gravado em 2024. Na realidade, o vídeo é uma fake news de 2023.

Conclusão

Fake news ❌

Não é verdade que o governo esteja comprando “caixões da Fema” para enterrar os mortos das enchentes no Rio Grande do Sul. A história não passa de uma teoria da conspiração sem pé nem cabeça que insiste em circular na internet.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).