Arnaldo Jabor diz que o brasileiro é babaca em “crônica inteligente” #boato

Boato – Arnaldo Jabor publica texto sobre o povo brasileiro. “Crônica inteligente” aponta que o brasileiro é babaca, bobalhão e vagabundo.

Até pouco tempo, o brasileiro ostentava uma fama de solidário, trabalhador e alegre. Mas esses adjetivos revelam um lado nada engraçado do brasileiro. Pelo menos é o que mostra o suposto texto do jornalista Arnaldo Jabor.

Nos últimos dias, tem circulado no Facebook e no WhatsApp um texto sobre o povo brasileiro assinado por Arnaldo Jabor. Intitulado de “Brasileiro” e adjetivado como “crônica inteligente”, o texto afirma que o brasileiro é babaca, bobalhão e vagabundo. A publicação ainda cita exemplos do porquê o brasileiro é otário: “eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari”. Leia trechos da publicação:

Crônica inteligente de Arnaldo Jabor – Brasileiro… Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca. Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida; Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;

Aceitar que ONG’s de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade… Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária. É coisa de gente otária.

Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão. Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada. Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo, ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai. Brasileiro tem um sério problema. Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

Arnaldo Jabor diz que o brasileiro é babaca em crônica inteligente?

Entre as críticas e elogios, não faltaram compartilhamentos. Mas será mesmo que Arnaldo Jabor escreveu o tal texto sobre o povo brasileiro? A resposta é não. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Primeiro, vale lembrar que essa não é a primeira vez, e provavelmente não será a última, que um texto é atribuído a Arnaldo Jabor. Afinal de contas, só nas páginas do Boatos.org já apareceram textos sobre o Rio Grande do Sul, Que Tiro Foi Esse, Carnaval, Lei do Caminhão de Lixo e muitos outros. Ao buscar sobre o texto, descobrimos que ele é velho (assim como outros) e surgiu na internet como “autor desconhecido”. Mas depois, com o passar do tempo, ganhou a autoria do jornalista.

Por fim, a cereja do bolo: o próprio Arnaldo Jabor negou a autoria do texto. Em 2009, em um artigo publicado no Estadão, o jornalista fala sobre os inúmeros textos que circulam na internet com seu nome, inclusive, Jabor cita o texto sobre o povo brasileiro e diz que “são artigos escritos por inimigos covardes para me sujar”. Leia o que diz o trecho:

Esta semana descobri mais. Há um texto rolando (e sendo elogiado) sobre “ninguém ama uma pessoa pelas qualidades que ela tem” ou outro em que louvo a estupidez, chamado “Seja Idiota!”… Mas o pior são artigos escritos por inimigos covardes para me sujar. Há um texto de extrema direita, boçal, xingando os brasileiros, onde há coisas como: “Brasileiro é babaca. Elege para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari. Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira. Brasileiro é vagabundo por excelência. Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada, não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo. 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira. Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como “aviãozinho” do tráfico para ganhar uma grana legal. Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora… O brasileiro merece! É igual a mulher de malandro – gosta de apanhar…”

Resumindo: Arnaldo Jabor não disse que o brasileiro é babaca na tam crônica dita inteligente. Ou seja, o texto nasceu anônimo, foi atribuído ao Jabor e se tornou um #boato que, agora, foi desmentido.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Um comentário em “Arnaldo Jabor diz que o brasileiro é babaca em “crônica inteligente” #boato

  • 19/06/2018 em 00:05
    Permalink

    Me dei conta que simplesmente não existem mais textos legítimos do Jabor e do Veríssimo.
    Repassar boato dá uma sensação irresistível de utilidade. Por isso, eles jamais morrerão.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)