Hoax: beber água em garrafa plástica faz mal e dá câncer

By | 19/08/2015

Boato – A garrafa de água que fica ao lado da cama é perigosa, durante a noite bactérias se multiplicam e isso resulta em graves doenças, inclusive câncer.

Se quiséssemos poderíamos criar no Boatos.org uma sessão só para histórias envolvendo câncer. Uma das doenças mais sérias do século XXI está em alta entre os mitos da web e não é de hoje. Já tivemos fanta-uva que dá câncer, coca-cola que dá câncer, skol que dá câncer, desodorante antitranspirante que causa câncer e segue a lista.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Exagero: Não se deve beber água de garrafas plásticas. Depois de um tempo há proliferação de bactérias e liberação de substâncias cancerígenas.

Exagero: Não se deve beber água de garrafas plásticas. Depois de um tempo há proliferação de bactérias e liberação de substâncias cancerígenas.

Como se não bastasse os vários exemplos citados acima, está circulando na internet (de novo) a história de que beber água de garrafa plástica também resulta em câncer. Segundo a informação compartilhada em vários blogs, a inofensiva garrafinha de água que levamos para o lado da cama antes de dormir é perigosa.

Confira o trecho a seguir:

Nós temos o costume de levar uma garrafinha de água para deixá-la ao lado de nossa cama, à noite, na hora de dormir.

Mas uma informação nos deixou preocupados: esta aparentemente inofensiva garrafinha de água representa uma ameaça à nossa saúde.

E quem está dizendo isso é nada mais, nada menos que um dos maiores especialistas sobre a água no mundo: o dr. Kellogg Schwab, do Instituto da Água da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Segundo um estudo realizado pelo especialista, a água que fica numa garrafinha ao lado de nossa cama, por se manter por toda a noite e madrugada em temperatura ambiente, é atacada por um sem número de bactérias. Em algumas, você não terá apenas água, mas um coquetel de microrganismos que podem causar diversos problemas de saúde. […]

Que tipo de garrafinha você costuma usar para deixar ao lado da cama?

Certamente uma de água mineral, não é mesmo?

Pois saiba que o problema se agrava quando a temperatura do ambiente está elevada e a garrafa é de plástico.

Sabe por quê? Porque os recipientes de plástico, em sua maioria, contêm uma substância tóxica chamada bisfenol A (BPA). Essa substância tóxica é liberada em altas temperaturas […]

BPA é visto com muito receio pelos especialistas e há boas razões para isso. Pesquisas o relacionam como a causa de vários problemas, que vão de doenças do coração, passando pela destruição do espermatozoide (infertilidade masculina) até chegar ao câncer […]’.

O aviso seria muito válido se não estivesse cheio de meias verdades e informações incompletas. Acontece que essa história de água em garrafa de plástico que dá câncer corre a web desde pelo menos 2004 quando começou a circular um e-mail já desmentido pela Sociedade Americana de Câncer.

Antes de prosseguir, vale esclarecer que Kellog Schwab de fato existe é pesquisador do Instituto da Água da Universidade Johns Hopkins. Porém, em diversas ocasiões já ele e outros cientistas esclareceram os vários mitos que rodeiam essa questão. Vamos a eles:

1 – De fato deixar a garrafa plástica com água exposta ao calor faz proliferar determinados organismos microbiológicos que podem ser prejudiciais à saúde. Porém, bactérias só se multiplicam em condições ambientais específicas, não é assim: ‘fui dormir, elas se multiplicaram, acordei, tomei a água, vou morrer’.

2 – Já foram feitos inúmeros estudos sobre quão prejudicial o plástico da garrafa pode ser à saúde. O BPA é uma substância que em excesso pode sim fazer mal, mas grande parte das garrafas de água não contém isso. O próprio Schwab adverte que para aqueles que querem reutilizar a mesma garrafa com frequência é melhor comprar recipientes sem essa substância.  No entanto, o mesmo pesquisador também afirma – ‘é mais importante saber a procedência da água do que os componentes da garrafa onde ela está armazenada’.

3 – São tão específicas as condições para que esse tipo de substância contamine a água que uma pesquisa feita pela Universidade da Flórida analisou garrafas mantidas a 70 ºC por quatro semanas para chegar a resultados de relevância. Logo, você precisaria quase hibernar em um ambiente mais quente que os desertos para ter a água contaminada.

Vale ressaltar que garrafas plásticas não foram feitas para reutilização eterna. Claro que em algum momento elas devem ser descartadas. Mas, a lavagem adequada do recipiente e higiene básica garante a reutilização sem maiores riscos à saúde. No fim das contas, bom senso evita qualquer problema.

One thought on “Hoax: beber água em garrafa plástica faz mal e dá câncer

  1. Marta

    Concordo apenas em parte, não acredito muito que a reutilização da garrafinha dá câncer, mas há proliferação de bacterias, isso é óbvio, principalmente q é impossivel uma higienização da garrafa.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *