7 boatos sobre Outubro Rosa, câncer de mama e mamografias

By | 08/10/2016

A campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama está de volta. Com ela, voltaram as histórias falsas sobre a doença e os exames de mama. Além de vestirmos o rosa em apoio a esta iniciativa, o time do Boatos.org também fez uma lista com mentiras sobre esse assunto.

Campanhas de prevenção a doenças são sazonais, recorrentes e geralmente tem um grande alcance. Ao longo do ano vamos acompanhando várias delas – tem a de prevenção à AIDS, tem a de prevenção à gripe, prevenção à paralisia infantil e muitas outras.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Câncer é um dos principais alvos de boatos na internet

Câncer é um dos principais alvos de boatos na internet

Todo fim de ano é a vez do Outubro Rosa e é aqui  que estamos. A campanha de prevenção ao câncer de mama já está mobilizando instituições públicas e privadas, assim como boatos. Separamos sete histórias a respeito do câncer de mama e a tudo relacionado a isso para você ficar por dentro do que é mentira e do que não é. Confira aí:

1 – Dr. Dráuzio disse que mamografia dá câncer

Recentemente começou a circular pela internet um recado assustador de que o famoso médico Dráuzio Varella condenou as mamografias. A história repassada por aí dizia que segundo o doutor, fazer esses exames de mama resultavam em câncer de tireoide. Claro que foi aquele Deus nos acuda, afinal como prevenir um câncer para ter outro?

Acontece que Dráuzio Varella não disse nada disso. A história era na verdade uma mutação de outra balela que circulou em 2013, só que na época as pessoas repassaram o “recado” por e-mail e a fonte era um tal Dr. Oz.

Se não bastasse isso, ajuda saber que Dráuzio Varella na verdade é apoiador convicto das mamografias e considera o exame essencial para a prevenção do câncer de mama. O médico inclusive fez um vídeo explicativo sobre o exame promovendo sua importância na prevenção à doença. Logo, Dráuzio nunca disse que mamografia causa câncer, se isso aparecer na sua timeline saiba que é mentira. Leia mais sobre o boato aqui.

2 – Mamografias e o câncer de tireoide

Como mencionamos antes, em 2013 chegou com muita força na internet a história de que os exames de mama eram responsáveis por desenvolver câncer de tireoide nas mulheres. À época, o conteúdo repassado por e-mail assustou muito gente e atrapalhou um processo importante de cuidado com a saúde – a prevenção do câncer de mama.

Segundo as diferentes versões da mesma história na web, um médico em Israel e um Dr. Oz nos Estados Unidos defenderam a utilização de um manto protetor de tireoide no momento da mamografia. No entanto, fontes especialistas no assunto vieram a público notificar que essa ação não era recomendável porque atrapalharia o exame de mama.

Esses mesmos especialistas explicaram que a quantidade de radiação recebida durante a mamografia é irrisória, é tão pouca que não causaria câncer. Até o prestigiado jornal The New York Times endossou que o exame não causa problemas de tireoide. Ou seja, não vale usar essa como desculpa para fugir da mamografia. Leia mais sobre o boato aqui.

3 – Mamografias gratuitas: é só chegar e fazer

Além dos boatos que assustam as pessoas, são muito comuns também os boatos que iludem. Mal tinha começado a campanha Outubro Rosa novamente e começaram a compartilhar na internet a história de que os hospitais Santa Isabel, Mário Penna e Sesc estavam oferecendo mamografias gratuitas em suas unidades. Foi aquela loucura de compartilhamentos, claro.

No entanto, ainda que a motivação de quem começou essa história tenha sido boa (ou não), nenhum dos hospitais citados estava/está disponibilizando o exame de mama gratuitamente. Como é típico de histórias assim, as notícias espalhadas nas redes sociais não informavam devidamente de onde eram os hospitais citados e por causa dos homônimos se criou uma confusão e tanto.

No fim, o instituto Mário Penna, o Hospital Santa Isabel de Sergipe, e o Sesc do Distrito Federal desmentiram diretamente a informação de que estariam oferecendo mamografias gratuitas. Outros hospitais com o mesmo nome sequer mencionaram a balela. Leia mais sobre o boato aqui.

4 – Ajude a salvar o site do Câncer de Mama

Também em outubro, só que de 2014, começou a circular pela internet um apelo comovente que pedia ajuda ao site do Câncer de Mama. A “corrente do bem” pedia que as pessoas repassagem a mensagem de que o site cancerdemama.com estava sem acesso suficiente e que por isso poderia perder a verba dos patrocinadores que apoiavam a causa.

Muita gente caiu nessa história e compartilhou o texto que na verdade era a mais pura mentira. Mesmo que o próprio site do Câncer de Mama tenha reconhecido que a mensagem fora criada no intuito de ajudar, eles mesmos também explicaram que o texto circulado era um hoax – uma mentira do mundo virtual.

Em sua página, a comunicação do site reconheceu que nunca pediu por cliques e que o acesso ao site não tinha relação com o apoio ou não dos patrocinadores. Na mesma nota, a equipe ainda pediu que as pessoas parassem de reforçar essa história falsa. Se os principais envolvidos desmentem a balela, como discutir, certo? Leia mais sobre o boato aqui.

5 – O desodorante antitranspirante do mal

Ás vezes é impressionante, até para nós do Boatos.org, como as histórias falsas na internet são criativas e convincentes. Entre as tantas, a (des)informação de que usar desodorante antitranspirante causa câncer de  mama ganha um certo destaque.

Pois é isso, em 2014 ganhou muita força a história de que mulheres que usam antitranspirante tem mais chance de desenvolver câncer de mama. O texto repassado naquela época questionava porque grande parte dos cânceres nas mulheres ocorrem próximos às axilas e também culpava os sais de alumínio presentes nos antitranspirantes por isso.

Apesar do susto que essa história causou, não existia (nem existe) qualquer prova científica de que o produto acarrete câncer de mama. Órgãos de renome do país, como a Anvisa e o próprio Inca (Instituto do Câncer) esclareceram que não há relação direta entre uma coisa e outra. Leia mais sobre o boato aqui e entenda porque é mais comum que o câncer de mama ocorra no quadrante superior do peito (próximo ás axilas). Mas já adiantamos – não tem nada a ver com desodorantes.

6 – Beber esperma, um santo remédio

Ainda sobre histórias que surgem na web e quebram o medidor de non sense, é a vez de falar sobre a relação direta entre prevenção do câncer de mama e beber o sêmen durante o sexo oral. Pois sim, segundo essa história que começou a circular na web já faz mais de uma década, mulheres que bebem esperma tem até 40% menos de chances de acabarem com câncer.

Impressionados(as)? Nem fiquem, porque essa informação é uma balela muito criativa, só isso. Surgiu quando começaram a circular um texto mencionando que especialistas da Universidade da Carolina do Norte (EUA) descobriram esse santo remédio para o câncer de mama.

No entanto, não teve estudo sobre o tema na universidade norte-americana, não teve depoimento de médica especialista defendendo que as mulheres engulam sêmen para evitar ter câncer, essa história sequer chamou a atenção da imprensa – e com certeza chamaria – desde que começou a circular. E claro, todo mundo é livre para fazer o que quiser, mas é bom ter em mente que a prática não ajuda a prevenir a doença. Leia mais sobre o boato aqui.

7 – Sobre o câncer de próstata e outros mais

Para fechar, vamos falar sobre o câncer de próstata e a quantidade de balelas que circulam na internet sobre o câncer em geral.

Logo depois do Outubro Rosa, entra em cena a campanha Novembro Azul que atua na prevenção do câncer de próstata. A doença é recorrente nos homens e o exame de toque retal ainda é um tabu para o sexo masculino. Neste artigo que escrevemos em 2015, você entende um pouco mais sobre como a comunidade científica está dividida quanto a eficácia do exame. A leitura vai ajudar também a te prevenir das balelas que muito provavelmente virão à tona no próximo mês.

Por fim, infelizmente o câncer de mama e de próstata são só dois em um universo muito vasto de tipos de câncer. Mais infelizmente ainda, é muito comum na internet encontrar boatos variados sobre o tema. Nesse texto, separamos 7 balelas (das mais absurdas) relacionadas ao câncer, vale a leitura para ficar imune das mentiras da web.

E enquanto a cura para o câncer não chega, podemos combater boatos da internet que sempre atrapalham quando abordam sem cuidado esse assunto tão sério. Vem nessa com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *