Aprovado 5 anos de prisão a mulheres que amamentam #boato

By | 10/01/2016

Boato – Deputados aprovaram nova lei que prevê até cinco anos de prisão para mulheres que amamentam em vias públicas.

Se você tem acompanhado o fluxo de notícias falsas nos últimos dias na internet deve ter percebido a quantidade de informações falsas sobre direitos para mulher. Já falamos do salário-maternidade de até R$ 3.200, da licença-maternidade de 10 meses e da licença-menstrual. Agora uma notícia “quase parecida” aparece online.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Deputados aprovam pena de prisão para mulheres, diz boato

Deputados aprovam pena de prisão para mulheres, diz boato

Disse “quase parecida” porque também trata de mulheres. Mas desta vez não são direitos e sim punições. Um texto que circula online diz que deputados aprovaram a pena até cinco anos de prisão para mulheres que amamentarem em pública. A justificativa seria que elas fomentavam a prática do estupro. Leia:

Aprovado. Cinco anos de prisão para as mulheres que amamenta. Deputados aprovaram por maioria dos votos, uma emenda que proíbe as mães de amamentar seus bebês em vias públicas. Esta iniciativa foi proposta depois de analisar que tais atitudes para ser evitados, como amamentação em vias públicas se tornaram umas das principais causas de crimes de estupro no país.

Os governos estaduais e municipais em todo o país têm seis meses para modificar as suas regras e ajustar este novo arranjo. As mulheres que são apanhadas a cometer tais delitos serão multados em até 30 salários mínimos ou 5 anos de prisão.

Oscar Garcia Barron disse que “todas as regras nasce de uma necessidade social e que é resolvido é necessária para restabelecer as condições ideais de convivência entre os homens e mulheres do nosso país.” Rogério Castro Vazquez disse que a oferta é “regressivo e autoritário” e prejudica a sociedade, é um novo instrumento de opressão para as mulheres.

Bem gente. Esse boato é um tanto quanto absurdo (além de bem sexista). Mas como o nosso negócio não é ficar fazendo juízo de valor e sim desmentir, vamos aos fatos. O segredo da história é desvendado com os nomes dos deputados citados no texto: Oscar Garcia Barron e Rogério Castro Vazquez são deputados, mas no México.

A origem dos deputados nos ajudam a desvendar o país de origem do boato. Sim, boato. Porque a história não é verdade nem no Brasil, nem no México. Como sabemos? Apuramos e descobrimos a mesma história circulou por blogs nada confiáveis em espanhol. E site de notícias, quantos deram a informação? Sim, nenhum.

Sendo assim, podemos afirmar que a história que aponta que mulheres podem pegar cinco anos de prisão por amamentar em público é falsa. Mais uma mentira contra as mamães neste início do ano de 2016.

PS: Esse artigo foi uma sugestão dos leitores Alex Reblim e Sandro Ânderson. Se você quer sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

10 thoughts on “Aprovado 5 anos de prisão a mulheres que amamentam #boato

  1. Ulisses

    Como tem gente burra aqui! Ô preguiça de ler até o fim.

    Reply
  2. Luciana Silva

    Ninguém lê a matéria não? Já vão postando besteira em cima de besteira, parem, pensem, reflitam, vcs acham msm q com tanta coisa pra se preocupar, pra fazer, vão inventar uma lei dessa? Vcs deveriam pesquisar antes de ficarem falando …

    Reply
  3. Anna

    Ninguém leu o texto todo ??? Este é um boato e este blog está desmentindo a notícia …

    Reply
  4. Eugênio Brixius

    PESSOAL ESTA LEI NÃO EXISTE, PESQUIZEM ANTES DE FALAR BOBAGEM.

    Reply
  5. Jacqueline

    Nossa isso é um absurdo, aonde vamos parar com uma idiotice dessas? Falta de serviço desses inúteis deputados… Tem que matar uns vermes desses!! Então quer dizer que se o bebe ta com fome, a mãe não pode amamentar, tem que deixar a criança chorando por não poder amamentar?? Que absurdo, lamentável esse Brasil… Mto revoltada

    Reply
  6. Samyla

    Bando de marginais que só dão direitos a bandidos , que só culpam os inocentes , porra de lei é essa , que sacanagem isso , essas merdas que aprovaram essa lei são tudo viado pq não tem como reproduzir e inventa um absurdo desse ! Gente que absurdo

    Reply
  7. Dry

    Não nada tem nada com povinho religioso Octavio Moreira isso só é um meio de tirar dinheiro do povo eles não bobos com certeza terá fiança pra quem for pego no flagrante.

    Reply
  8. Octavio Moreira

    Seria uma estupidez sem tamanho os deputados se preocuparem com uma coisa tão singela que é a mãe amamentando seu filhinho.Quem não acha uma coisa natural essa atitude, devem ser alguns alienados religiosos que estão ocupando espaço na política nacional e ao invés de lutarem por um Brasil desenvolvido economicamente e culturalmente, tentam associar suas seitas com política. Nossa democracia é laica, façam alguma coisa para que esses indivíduos irresponsáveis não mudem nossos preceitos.

    Reply
  9. CARLOS LIMA SILVA

    VAI TRABALHA BANDO DE RATOS …VCS SIM MERECE PENA DE MORTE ..DEPUTADOS, SENADORES,VEREADORES..E AS CRIANÇAS QUE NAO TOMA NEM UM TIPO DE LEITE A NAO SER O DA MAE .E SE ESSAS MAES ESTIVER EM UM ORGAO PUBLICO VAI SAIR PARA RUA PARA FAZER SEUS DEVERES DE MAE ./?MEU CARO AMIGO VC QUE INVENTOU ESSE PROJETO DEVERIA TER VERGONHA OLHA A CRISE QUE O PAIS ESTA PASSANDO ,QUANTOS JOVENS PERDIDO NAS DROGAS E NINGUEM VE UMA SOLUÇAO DA PARTE DE NEM UMA AUTORIDADE ,,,AS ESCOLAS SENDO UNIFICADAS QUI MERDA E ISSO QUI PORCARIA” SENHORA PRESIDENTA ” …! MUITA FALTA DE VERGONHA DESSES POLITICOS ”QUEM IRIA SE CONSTRANGER AO VER UMA MAE AMAMENTAR UM FILHO ” SE ALGUMA MULHER ME DIZER QUE FICARIA CONSTRANGIDA ENTAO VC NUNCA SERA UMA MAE

    Reply
  10. ana paula

    essa gente não tem o que fazer alem de ficar criando leis bobas vão pensar no que o mundo esta se tornando com essas bobeiras

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *