Cartilha do MEC estimula crianças a fazer sexo #boato

By | 14/01/2016

Boato – Governo lançou uma cartilha que estimula crianças de 9 a 10 anos a fazer sexo. Denúncia foi feita por deputado Jair Bolsonaro.

Na última semana, o Boatos.org desvendou uma história que apontava que um livro infantil continha cenas de sexo. Pois bem, esse boato nem esfriou e já apareceu na internet uma história igual, mas contada com outras palavras: a de que uma cartilha do MEC estimulava crianças de 9 a 10 anos a fazer sexo.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Cartilha do MEC estimula crianças a fazerem sexo, diz boato

Cartilha do MEC estimula crianças a fazerem sexo, diz boato

O texto, publicado em diversos blogs, apontava que o livro “Aparelho Sexual & Cia, Um guia inusitado para crianças descoladas” era um escândalo e mesmo assim era recomendado pelo governo para professores utilizarem nas escolas. Leia trechos:

Governo Lança Cartilha que Estimula Crianças de 09 e 10 Anos de Idade a Fazer Sexo: Nossas crianças estão cada vez mais indefesas dentro das próprias escolas. Veja um novo exemplo de livros que estão invadindo as salas de aula com o objetivo de estimular crianças a partir de 9 e 10 anos a fazerem sexo. O livro é sugerido pelo MEC a diretores e professores da rede pública e privada de ensino.

São livros que não ensinam apenas como colocar um preservativo no pênis. Esses livros também interagem com as crianças, como o modelo mostrado abaixo. Ele se chama “Aparelho Sexual & Cia, Um guia inusitado para crianças descoladas”, escrito pela autora francesa Hélène Bruller e editado no Brasil desde 2007 pela Companhia das Letras.

O deputado Jair Bolsonaro também dá a sua contribuição para fomentar a história, assista:

Amigo, nós não vamos entrar no mérito se o livro é válido por dois motivos: 1) não lemos a obra como um todo. 2) Não somos especialistas em educação sexual. Mas, como nós somos especialistas em desvendar balelas, vamos aos fatos.

O primeiro deles é que o livro não é uma “cartilha do MEC”. Na realidade, o livro nem brasileiro é. Ele é o “Aparelho Sexual & Cia, Um guia inusitado para crianças descoladas”, escrito pela autora francesa Hélène Bruller e editado no Brasil desde 2007 pela Companhia das Letras. Se você e o Bolsonaro tivessem lido com atenção isso, não diriam que era do MEC.

Segundo, o livro nem é recomendado pelo MEC. Após a circulação da história, o MEC divulgou a seguinte história no Portal Brasil. Leia:

O Ministério da Educação (MEC) informa, em nota, que não produziu e nem adquiriu ou distribuiu o livro “Aparelho Sexual e Cia”, que, segundo vídeo que circula em redes sociais, seria inadequado para as crianças e jovens brasileiros. O MEC afirma ainda que não há qualquer vinculação entre o ministério e o livro, já que a obra tampouco consta dos programas de distribuição de materiais didáticos levados a cabo pela pasta.

As informações equivocadas presentes no vídeo, inclusive, repetem questão que tinha sido esclarecida anos atrás. Em 2013, o Ministério da Educação já havia respondido oficialmente à imprensa que “a informação sobre a suposta recomendação é equivocada e que o livro não consta no Programa Nacional do Livro Didático/PNLD e no Programa Nacional Biblioteca da Escola/PNBE”.

“O vídeo que apresenta as obras como sendo do MEC, em nenhum momento, comprova a vinculação do Ministério aos materiais citados, justamente porque essa vinculação não existe”, enfatiza a nota, divulgada na noite desta quarta-feira (13) pelo ministério.

Concluindo: se o livro estivesse tendo milhares de exemplares comprados e distribuídos em bibliotecas, haveria alguma prova. E não há. Há apenas acusações (com textos bem pejorativos, diga-se de passagem) e o desmentido. Sendo assim, podemos afirmar que a história não passa de um boato.

PS: Esse artigo foi uma sugestão dos leitores Cristina Silva e Alessandro Cyrino. Se você quer sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

32 thoughts on “Cartilha do MEC estimula crianças a fazer sexo #boato

  1. Luís Vieira

    Claro e direto!!!
    O bem mais precioso na infância é a inocência!
    Quem mais pode desejar que crianças se interessem por sexo precocemente senão pedófilos?!
    Criança é criança e tem que ser respeitada, a sexualidade vai aflorar no tempo certo e diga-se que cada um tem o seu tempo.
    RESPEITEM AS CRIANÇAS!!!!

    Reply
  2. Paula

    Não existe revista semanal que mais incite as crianças e adolescentes a fazerem sexo do que essa tal de malhação. E agora está bem pior, e nada e nem ninguém entra na justiça e fazem tais críticas. Agora fica um Bostanaro desse que até ameaçou em público sua colega deputada em estuprar a mesma,querendo ter moral pra denunciar.

    Reply
    1. José

      O fato de o livro estar em uma bibiloteca não quer dizer que foi distribuído em sala de aula.
      Não pode ter livro sobre sexualidade nas bibliotecas?

      Reply
      1. welingto

        pra crianças de 5 a 9 anos nao> vc acha certo ??

        Reply
    2. Paulo José da Costa

      Cria vergonha na cara e pesquise um pouco antes. Biblioteca pública e MEC são orgãos totalmente distintos.

      Reply
  3. vera burck

    A cegueira ideológica é tão grande que o blog se vale da versão do MEC para afirmar que é boato. É só conferir na página 13 da Lista de Obras Selecionadas para Implantação nas Bibliotecas Públicas, que o livro está lá desde 2010 – snpb.culturadigital.br/wp-content/arquivos/2014/07/Listadeobras-Implantação2010.pdf

    Reply
    1. Cláudio

      Eu fiz essa pesquisa, Vera Burck e postei isso lá na página do Bolsonaro. Tomara que ele veja e desmascare o MEC.
      Obs. Esse site é um lixo.

      Reply
  4. Afonso Martins

    Esta é a página: Dep. Jair Bolsonaro para presidente.
    E Wilson de Sá é quem a assina. Há muito deixei de ler as matérias desse cidadão por haver constatado inveracidades, mesmo sendo contra os PTralhas.
    O boatos.org cumpriu a sua obrigação de constatar se a página é realmente do Bolsonaro, ou está apenas espalhando mais boatos, fazendo jus ao seu nome boatos.org? Havia algum vídeo do Bolsonaro acusando o MEC de tais crimes, pois, isso é crime? Tenho visto o Mitonaro falar sobre o Kit Gay e isto não é boato nenhum.
    Bolsonaro é por enquanto o único cara ficha limpa. Claro que não nasci ontem, para acreditar em pessoas perfeitas.
    Se alguém quer fazer o seu aparelho excretor de vagina que o faça, mas, que não esqueça que a casa tem dono (o cocô) e que o contato da glande com as fezes pode transmitir sérias enfermidades.
    Deixem em paz as nossas crianças.

    Reply
  5. Castro

    O Bolsonaro é um idiota mentiroso, disseminador de boatos e conflitos, como deputado é um fiasco, um peso morto, um vil cidadão que aproveita da imbecilidade coletiva pra domar uma multidão de imbecis que acreditam em suas sandices. O fato aqui é que não houve livro, não houve fato, portanto todos comentarios que ainda tenta defender ou questionar o livro deve ser de mais um Bolsonarista idiota.
    EM breve o Bolsonaro convencerá seus seguidores a fazerem a inquisição, vão c=queimar todos os livros que ele julgarem contrário a sua “fé”, estarão tentando levar o Brasil a épocas medievais em nome de sua estupidez.

    Reply
  6. marcelo

    No You Tube existem denuncias de cartilhas semelhantes em tres municípios, o site vai dizer que é mentira tambem? Reportagens exibidas pela Rede Record e Rede TV.

    Reply
    1. Marcos

      Aí talvez tenha sido o município que adquiriu alguns livros de forma independente. Afinal, qual seria o objetivo de mandar para 3 municípios somente? Se quisessem mesmo uma doutrinação em massa, o serviço de inteligência deles é péssimo.

      Reply
  7. João Batista Massahud

    Quem distribuiu os livros nas escolas?
    Que acham os professores, diretores das escolas e país de alunos?
    Qual a posição do MEC, sobre os assuntos?
    O MEC defende alunos ou governo? Ou se responsabiliza pela educação no Brasil.
    O LIVRO DITO É REALMENTE INDICADO PARA REALIDADE BRASILEIRA? Uma vez escrito por francesa, sei se conhece o Brasil.
    CUIDADO COM BURROS MOTIVADOS…

    Reply
    1. Marcos

      E qual seria a sugestão? Proibir a veiculação de qualquer livro que fale sobre sexo e que não seja produzido no Brasil? Dá um tempo né…

      Reply
  8. [email protected]

    Aonde está a nota oficial do MEC?

    Reply
    1. Juliano

      Aqui:
      www . brasil . gov . br/educacao/2016/01/mec-nao-distribuiu-nas-escolas-livro-de-educacao-sexual-citado-em-video-na-internet

      Reply
  9. J. Carlos

    O senhor Jair Bolsonaro não passa de um inútil. Ele já está na câmara Federal há mais de 20 anos e até hoje não apresentou um projeto de relevância para o povo brasileiro. Além do mais faz parte de uma oposição irresponsável que não ajuda em nada o país e só cria ódio e discórdia entre o nosso povo, além dos boatos ridículo como esse.

    Reply
  10. sergio

    O livro foi sim colocado a disposição de professores e escolas no ano de 2013! Continuem assim e perderam toda a credibilidade! há uma matéria de 2013 no Correio Brasiliense que prova isso! Infelizmente o site não permite que o link seja colocado no meu comentário! MEC=PT e PT=Mentiras! Acorda Brasil!

    A matéria é de 04/02/2013 e foi postada às 16:40h.

    Reply
    1. Arturh

      @Sergio

      Sergio, não seja irresponsável nem ingênuo. Coloca o titulo da matéria do correio.

      Reply
      1. Dari

        Creio que o título dessa matéria é “Livro sobre educação sexual causa polêmica entre pais e professores”.

        Reply
  11. Pedro Mello

    Além da boçalidade inata, o Boçalnato deu (opa!) pra mentir.

    Reply
  12. Maria do carmo

    Depois querem combater prostituição infantil, são uns nojentos pervertidos, hipócritas…. Vão dar para seus filhos,netos lerem cambada de escrotos

    Reply
    1. Arturh

      Caralho, como vc é burra, leu e não entendeu ou nem leu?

      Reply
        1. Fabricio Mendes

          A matéria não demonstra em momento algum os simbolos do governo federal e do MEC obrigatorios quando um material é comprado pelo mesmo, pois é LEI, um material comprado por orgão publico em grande quantidade tem o simbolo do governo e do ministerio da educação na capa quando é a nivel federal, e dos orgaos estaduais quando é a nivel estadual. A matéria não prova absolutamente nada.

          Reply
        2. Ci

          Bom, eu não sou petista e odeio esse tipo de mentira que o bolsonaro espalhou. O livro existe, se é adotado por alguma escola, não significa que é a nível federal. E outra, criança entre 9 e 10 já pode – e deve – saber dos fatos da vida, isso não é problema nenhuma. Na escola em que eu estudei, PARTICULAR – tinha um livro desse estilo, mas não podíamos retirar, só ler em aula de leitura.
          E quanto à lista do programa Livro Aberto, o fato do livro constar na lista não significa que será adotado em sala de aula, mas que estará no acervo da biblioteca. Não confundam as coisas.

          Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *