Arroz de plástico da China é vendido no Brasil #boato

Boato – Fique de olho! Arroz de plástico, produzido na China, está sendo vendido no Brasil. Vídeo é a prova do “crime”. 

Histórias que envolvem supostas contaminações de alimentos são comuns na internet. E, quase sempre, faz alguns desavisados mudarem seus hábitos alimentares. Aqui, no Boatos.org, volta e meia aparecem histórias semelhantes.

Arroz de plástico está sendo vendido no Brasil, diz boato
Arroz de plástico está sendo vendido no Brasil, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Agora, uma mensagem que circula pela internet e em aplicativos de mensagens está fazendo uma alerta para os amantes do arroz. De acordo com a mensagem, o arroz de plástico da China está sendo vendido no Brasil. Leia o texto na íntegra:

ESTÃO FAZENDO UM ARROZ FALSO, FIQUE DE OLHO… – Pegue um punhado de arroz e coloque fogo. O que acontece depois pode te deixar impressionado. A China permanece sendo o maior produtor de arroz do mundo. Eles colhem mais de 200 milhões de toneladas por ano e uma grande parte disso é exportada para o mundo todo. Mas, tanto cozinheiros quanto restaurantes devem tomar cuidado: não só há incontáveis quantidades de pesticidas usados na agricultura chinesa, como, de acordo com uma reportagem do The Korea Times, o arroz está, também, sendo manufaturado artificialmente. Fécula de batata é misturada com plástico (resina sintética, por exemplo) e moldada em formato de grãos. Finalmente, os grãos são vaporizados com um aroma típico de arroz. Os médicos alertaram enfaticamente contra o consumo do produto artificial: três porções inteiras, aparentemente, contêm tanto plástico quanto uma sacola do mesmo material. Isso é alarmante! Com esses truques simples você pode testar se o seu arroz é integral e sem plástico: O teste da água Coloque uma colher de grãos de arroz (não cozidos) em um copo com água fria e mexa vigorosamente. Se todo o arroz afundar, pode consumir. Se os grãos ficarem na superfície, tenha cuidado. O teste do fogo Coloque fogo em um pouco de arroz com um fósforo ou isqueiro. Se ele começar a pegar fogo imediatamente e cheirar a plástico queimado, então você já sabe o que fazer… Não coma! O teste do pilão Quando você esmaga alguns grãos de arroz em um pilão, eles devem ficar reduzidos a um pó fino, branco e feculento. Mas com o arroz artificial você verá uma coloração amarela. O teste do mofo Se você quiser ter certeza se o seu arroz cozido é seguro, coloque uma pequena quantidade em um recipiente bem vedado e deixe em um local quente. Em aproximadamente dois dias ele terá ficado mofado. Só o arroz falso fica livre do mofo. Copie e compartilhe esses truques para que os seus amigos que amam arroz e para que ninguém tenha que comer plástico no jantar!

O arroz seria produzido com uma mistura de batata com uma resina sintética industrial. De acordo com as informações, o consumo de três porções do produto equivale a um saco plástico do supermercado. Confira o vídeo:

Arroz de plástico da China é vendido no Brasil?

Claro que é sempre importante ficar alerta com o que acontece e com que estamos consumindo. Mas, se você faz parte dos desavisados que deixaram de comer por causa desse aviso, pode preparar seus talheres e voltar pra mesa porque essa história não faz o menor sentido.

Se você acompanha o Boatos.org, já sabe que mensagens com caráter alarmista alertas, sem fontes confiáveis e com erros de ortografia são, na maioria dos casos, falsas. Além disso, já desmentimos histórias parecidas como a do bicho do feijão, óleo de canola com ácido ou a Fanta Uva com substâncias cancerígenas.

Em uma pesquisa rápida, descobrimos que apesar dessa notícia parecer recente, existe relatos semelhantes em publicações de 2011. Logo, se o arroz de plástico existisse já deveriam ter aparecido algum caso de contaminação aqui no país.

Para além disso, não há nenhuma evidência de que o Brasil esteja recebendo esse tipo de arroz. O Brasil costuma consumir o arroz que produz e/ou importar para países vizinhos como Argentina e Uruguai.

O site de notícias “Asia News”, em 2011, publicou uma matéria citando o suposto caso de arroz de plástico. Mas, a notícia não citou nenhuma fonte. Como já era de se imaginar, vários sites disseminaram a mesma informação, sem nenhuma fonte ou prova do caso.

Em novembro de 2015, a polícia de Jacarta, na Indonésia, informou que a história não passava de uma brincadeira (de péssimo gosto). Segundo os testes realizados, as amostras colhidas não continham as substancias citadas. O Snopes, site norte-americano que desmente boatos da internet, também publicou uma matéria sobre o caso.

Pois bem. Sendo assim, podemos afirmar que a história do arroz de plástico vendido no Brasil é falsa. Pegaram um caso suspeito, começaram a criar um alarde sobre o episódio e colocaram mais lenha na fogueira. É a velha história do aumenta e inventa.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão dos leitores Márcia Dias, Rose Galenti e mais dois que não se identificaram. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Um comentário em “Arroz de plástico da China é vendido no Brasil #boato

  • 23/11/2016 em 18:14
    Permalink

    Mais uma questão a ser levantada: será que fécula de batata+resina+processo de industrialização vai sair mais barato que produzir o arroz natural??

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)