Dossiê Moro mostra quem é o juiz Sérgio Moro #boato

Boato – Dossiê Moro mostra a verdadeira face do juiz Sérgio Moro em 16 itens. Sete deles são sobre a Lava Jato.

Quem esperava que o depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro fosse acalmar os ânimos na política brasileira está enganado. Depois do depoimento, cada “lado” da história enxergou o depoimento como bem quis. Defensores de Lula falaram que ele foi bem e que o juiz foi injusto. Defensores de Moro disseram exatamente o contrário.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Em meio às discussões que têm tomado (assim como nos últimos tempos) conta da internet, um certo “dossiê Moro” começou a ser compartilhado pelos defensores de Lula. O tal documento, digno da polarização insana que toma conta da internet contém 16 itens que mostrariam quem é juiz. Nove são sobre ele e sete sobre a Lava Jato.

O grande problema do tal “Dossiê” (gigantesco, por sinal) é que ele está repleto de boatos. Fizemos uma análise e achamos um bocado de informações falsas contidas nele e, que na nossa modesta opinião, já desqualificam o compartilhamento da mensagem. Leia:

Dossiê Moro mostra quem é o juiz Sérgio Moro?

1) É filho de professor de Geografia da Universidade de Estadual de Maringá, Dalton Áureo Moro, morto em 2005, um dos fundadores do PSDB do Paraná, conhecidíssimo por suas ideias ultra-direitistas e por espinafrar qualquer um que tivesse ideologia de esquerda;

Nem o pai de Moro foi fundador do PSDB, nem ele era “conhecidíssimo” defensor de ultra-direita. O boato sobre a fundação do partido foi desmentido neste texto. O mesmo texto tem um trecho de uma reportagem do site Diário do Centro do Mundo que o aponta como “apolítico”.

2) Tentou ser professor da UFPR, mas queria ludibriar o regime de TIDE (tempo integral e dedicação exclusiva) da Universidade, mantendo o emprego na Magistratura e na UFPR ao mesmo tempo, e perdeu.

Sérgio Moro é professor da UFPR e trabalha na magistratura ao mesmo tempo.

3) Tem como esposa a dra. Rosângela Wolff de Quadros Moro, uma advogada cujo escritório trabalha para o governo tucano do Paraná de Beto Richa. Recentemente, a esposa de Sergio Moro foi flagrada participando de desvios das verbas da APAE, num ‘deja vü’ de Rosane Collor, ‘ex-posa’ do ex-presidente Fernando Collor, que também participava de desvios de dinheiro dá instituição que cuida dos excepcionais;

A informação que a mulher de Moro é advogada do PSDB é falsa e foi desmentida neste texto aqui. Diferentemente do que o texto fala, ela não foi “flagrada em nada” sobre a APAE. Este texto explica o caso.

4) É Maçom e vive pregando em Igrejas Evangélicas

Não se tem prova que Moro seja maçom. Ele recebeu homenagens da maçonaria, mas em nenhum momento foi dito que ele faz parte da sociedade. Também não é possível afirmar que ele “vive pregando” em igrejas. Na internet, há registro de participação em 2015 de um ato de diversas religiões. Isso é longe “viver pregando”.

5) Em 2010/12, Moro foi assessor da Ministra ROSA WEBER (coincidentemente, prima da esposa do candidato AÉCIO NEVES, e cujo filho, DEMÈTRIO WEBER, trabalha na REDE GLOBO

Rosa Weber não é prima da esposa de Aécio e nem Demétrio (que é filho dela) trabalha na Globo. Ele trabalhou no jornal O Globo, mas não está mais na empresa. O desmentido desta história está aqui.

6) Torna notório o bordão “NÃO VEM AO CASO”, emitido pelo juiz todas as vezes que as delações incriminam ou lançam suspeitas sobre TUCANOS, ou qualquer um que não pertença ao PT;

Há alguns nomes do PSDB na lista da Lava-Jato. Também não encontramos registros que Moro sempre fala “não vem ao caso” em delações.

7) ALBERTO YOSSEFF responde em liberdade por seus crimes

Na realidade, ele cumpriu três anos preso e está em prisão domiciliar. Tecnicamente, não se trata de liberdade.

8) A referida “Operação”  foi criada com o objetivo único de culpabilizar e criminalizar o PT e as políticas sociais que fizeram o BRASIL e o Presidente LULA respeitados em âmbito internacional

A Operação Lava Jato atinge diversos partidos. Ou seja, não é “só para atingir o PT”.

9) Os políticos mais delatados, até agora, na Lava-Jato do ‘juizmoro’ são, notoriamente, membros do PSDB, PMDB e PP, que são inúmeros e permanecem intocados. Só quem foi para a cadeia até o momento foram o costas largas ZÉ DIRCEU e João Vaccari Neto

Nem só o partido foi o único que teve condenados, nem Dirceu e Vaccari foram os únicos. Olhe a lista de condenados.

Resumindo: com uma rápida pesquisa, encontramos diversos erros nas afirmações do tal Dossiê Moro. Pode ter certeza que não são os únicos. Ou seja, não vale a pena tentar defender o seu lado político com base em mentiras. O dossiê não mostra nada sobre o juiz da Lava Jato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores por WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no número (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)