WhatsApp paga R$ 1 por foto de menina com câncer no sangue #boato

Boato – Atenção! O WhatsApp está dando R$ 1 por compartilhamento de foto de menina com câncer no sangue para cirurgia na medula óssea.

E lá vamos nós. Quase toda semana, o Boatos.org recebe inúmeros pedidos de verificação de um tipo de história: a de que o WhatsApp ou Facebook está dando dinheiro para cirurgias por compartilhamento de fotos de crianças doentes. Hoje, temos mais um caso do tipo.

Nos últimos tempos esse tipo de história tem circulado de uma forma que facilita a “metamorfose do boato”. Uma foto é enviada em uma mensagem no aplicativo. Em seguida, um áudio ou um texto é enviado. O conteúdo é sempre o mesmo: o WhatsApp vai doar dinheiro para cirurgia de crianças doentes.

No caso do áudio de hoje, a mulher fala que a menina tem “medula… medu… câncer no sangue”. Escute o áudio que circula online e leia a transcrição do arquivo que tem deixado muita gente preocupada no WhatsApp:

É linda né, é uma menina que o colega de Adão mandou pra gente compartilhar. Ela tem medula… medu… câncer no sangue, medula óssea. Aí precisa que cada compartilhação que você compartilha no WhatsApp pro amigo, o WhatsApp paga um real, até ela conseguir o tratamento dela, entendeu? Aí se Deus quiser, ela vai conseguir. Compartilha aí mano, ajuda aí.

WhatsApp paga R$ 1 para menina com câncer no sangue e medula?

Antes de falar história de hoje, temos que informar que fizemos um vídeo para explicar que NUNCA (É, ASSIM EM CAIXA ALTA MESMO) o WhatsApp vai dar dinheiro para crianças doentes por causa do compartilhamento de fotos.

Resumindamente, o vídeo aponta que nunca devemos compartilhar fotos de crianças doentes No WhatsApp ou Facebook sob o argumento da doação de dinheiro por parte dos donos dessas redes sociais. Assista e compartilhe (ficaria feliz se visse esse vídeo viralizar).

No caso das fotos das bebês que circulam online, não é diferente. Desta vez, não conseguimos encontrar a identidade das crianças, mas isso é o de menos. Mesmo que de fato sejam imagens de bebês que estejam enfrentando uma doença, o fato é que as redes sociais não pagam dinheiro por compartilhamento.

Os motivos para isso são simples. O primeiro é que seria uma campanha de marketing desastrosa exigir a exposição de fotos de crianças para fazer a doação. O segundo, no caso do WhatsApp, é que as mensagens são criptografadas e nem mesmo os administradores do app conseguiriam contar quantas vezes uma imagem foi compartilhada.

O terceiro está no próprio conteúdo. Além de ter todas características de boatos que circulam online, o áudio é narrado por uma pessoa que diz que a menina tem o problema de ter “medula”. Não precisa nem comentar o nível de desinformação dela.

Resumindo: assim como em outros casos, a história que aponta que WhatsApp vai doar dinheiro para crianças doente é falsa. Não compartilhe as imagens. Muito ajuda quem não atrapalha.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)