WhatsApp falso de Flávio Bolsonaro está sendo compartilhado na web #boato

Boato – Cuidado! Hackers e petistas estão compartilhando o número de WhatsApp (21) 99399-1215 como se fosse de Flávio Bolsonaro. Plano é espionar grupos e roubar dados.

É fato. A situação da boataria nestas eleições está chegando a níveis tão estratosféricos que até iniciativas para combater fake news acabam virando “pauta” para novas fake news. É o caso da história de hoje.

Tem circulado no WhatsApp um alerta que pede que as pessoas não adicionem o telefone (21) 99399-1215 na sua agenda. O número, identificado com o nome de Flávio Bolsonaro (senador eleito pelo PSL no Rio de Janeiro), seria, de acordo com a mensagem, de um hacker que rouba dados pessoais.

Encontramos também duas versões da história que apontavam que o número seria de “petistas” que buscavam se infiltrar em grupos no WhatsApp. Em todas as versões, o pedido era o mesmo: não adicionar, bloquear e denunciar. Leia as três versões que vimos online:

Versão 1: ATENÇÃO: Whatsapp falso do Flávio do Bolsonaro está sendo compartilhado para espionar e divulgar grupos. Isso é estratégia petista para se infiltrar! Quem adicionou o número, bloqueie IMEDIATAMENTE

Versão 2: *URGENTE*_TEM UM SUPOSTO NÚMERO RODANDO AÍ QUE MUITOS FALAM QUE É DO FLÁVIO BOLSONARO, MAS NÃO É VERDADE, SE TRATA DE UM GOLPE DO PESSOAL DO PT PARA SE INFILTRAR NOS GRUPOS DA DIREITA, NÃO ADICIONEM, E SE ADICIONARAM, REMOVA_!!! REPASSEM ESSE ALERTA

Versão 3: Atenção ….está circulando aí um pedido para que adicione Flávio Bolsonaro nos seus  contatos . Não faça isso pois é fake;  é um hacker que está tentando pegar dados de celular.  Passe para quem você puder. Isso foi checado. Eu havia entrado , já bloqueei como fake, denunciei …

Versão 4: CUIDADO PESSOAL QUEM RECEBER ESTE CONTATO PELO WHATSAPP. ……….. NÃO ,NÃO SALVEM!!!!!!!!!! POR QUE É DE UMA QUADRILHA BANDIDOS ….POIS ELES ESTÃO USANDO O NOME DO FLÁVIO BOLSONARO SE PASSANDO POR FLÁVIO BOLSONARO..

WhatsApp falso de Flávio Bolsonaro está sendo compartilhado por um hacker?

Não sabemos quem criou a tal história (se foi alguém querendo boicotar o número do senador eleito ou alguém querendo demonizar o PT novamente), mas sabemos quem é o maior prejudicado dela: Flávio Bolsonaro. O motivo é simples: a tese do número falso de WhatsApp não procede.

Vamos contextualizar o caso. Tudo começou com uma mensagem pedindo que as pessoas adicionassem o (21) 99399-1215 na agenda de contatos viralizar no WhatsApp. Leia a mensagem:

Flávio Bolsonaro Ele está pedindo para add no WhatsApp É para eles controlarem quem está com ele e o pai dele. Pode divulgar. É da campanha deles. Não é para ligar, só para passar msg. O objetivo é ele ter cadastrado quem está com ele e o pai dele. Pode adicionar no seu WhatsApp sem receio nenhum.

A partir dessa mensagem inicial (vamos convir que tem muita cara de fake news), surgiram mensagens contrárias (com mais cara de fake news ainda). Em um “duelo” como esse, nos coube verificar. E a verdade é que o número é de Flávio Bolsonaro.

A prova está em um vídeo publicado no Facebook do próprio Flávio Bolsonaro. Na filmagem de 3 outubro, ele informa os eleitores que a campanha dele estava disponibilizando um telefone para desmentir fake news (contra ele, claro) e dar informações sobre a campanha. “Pessoal do Rio de Janeiro, me manda um Zap para (21) 99399-1215 e nos ajude nessa reta final!”, diz a mensagem. Assista ao vídeo:

Não sabemos se, ao fim da campanha, o número vai continuar ativo ou mesmo se a fake news atrapalhou os planos de Flávio Bolsonaro (até imagino o número de pessoas que ligaram e mandaram mensagens ofendendo o Senador). Mas o fato é que não se trata de um hacker ou de um petista querendo enganar os eleitores “dos Bolsonaros”.

Resumindo: a mensagem que diz que o número (21) 99399-1215 é de um hacker ou de um petista é falsa. O número foi divulgado pelo próprio Flávio Bolsonaro e, até segunda ordem, pertence a ele.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)