Você recebeu dinheiro via Pix e precisa desbloquear crédito no email #boato

Boato – Você recebeu uma transferência via Pix, mas precisa informar seus dados bancários para desbloquear o crédito.

Já dizia o velho ditado: quando o milagre é demais, até o santo desconfia. E foi exatamente assim que muitos brasileiros se sentiram quando o Pix, um meio de pagamento eletrônico, foi anunciado e lançado no dia 5 de outubro de 2020.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Siga-nos no TikTok (e ganhe bônus no APP)

http://bit.ly/38hcBcy

Com a promessa de desburocratizar transferências pela internet, o Pix logo se transformou em uma sensação (e o novo queridinho dos brasileiros). Entretanto, não demorou muito para as operações pelo Pix serem vítimas de golpes e fake news.

Nos últimos dias, um email que aponta que operações feitas via Pix necessitavam de desbloqueio de crédito começou a ser enviado para internautas. De acordo com a mensagem eletrônica, o e-mail teria supostamente sido enviado por um banco (como, por exemplo, Caixa Econômica Federal) e indicaria que o cliente teria recebido uma determinada quantia via Pix. Ainda segundo a história, o e-mail pediria para o cliente clicar em um botão para desbloquear o suposto crédito. “Você recebeu dinheiro via Pix. Os R$ 1.530,00 que enviaram para você via Pix ainda não estão disponíveis”, diz a mensagem.

Você recebeu dinheiro via Pix e precisa desbloquear crédito no email?

Se você foi uma das pessoas que recebeu o tal e-mail falando em desbloqueio de crédito no Pix, fique alerta. Depois de investigarmos a publicação, descobrimos que, na realidade, a história se trata de um golpe. Em algumas cidades, vítimas do golpe registraram boletins de ocorrência.

Ao clicar no botão “desbloquear crédito”, a pessoa é redirecionada para outra página, onde precisa fornecer seu nome de usuário e senha de acesso ao aplicativo do banco. Com isso, os golpistas conseguem roubar as informações fornecidas.

Na realidade, os valores recebidos via Pix não precisam de qualquer ação do recebedor para estarem disponíveis na conta destino. Quando alguém envia uma determinada quantia via Pix, o dinheiro automaticamente fica disponível na conta da pessoa que recebeu o valor. O Pix funciona como uma transferência imediata. Além disso, se você utiliza o aplicativo do seu banco, ele enviará uma notificação, informando que o valor foi depositado na sua conta via Pix.

Além disso, é necessária atenção redobrada ao remetente do e-mail. Em casos como esse, a informação após o @ não condiz com o e-mail institucional dos bancos, uma vez que bancos não costumam se comunicar com o cliente via e-mail (há exceções, como quando você autoriza que o gerente do seu banco se comunique com você por esse meio. Nessa situação, o e-mail utilizado por essa pessoa, provavelmente, terá uma identificação fácil, como o nome do funcionário e o @ institucional). Se você ainda tem dúvidas, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) desenvolveu uma cartilha e uma lista de canais de atendimento utilizados pelos bancos.

Se isso não bastasse, a própria Febraban já alertou os clientes sobre golpes por e-mail envolvendo o nome Pix. De acordo com a Federação, o cadastro da chave Pix e o uso desse meio de pagamento só devem ser feitos pelo aplicativo oficial do banco. Dessa forma, a Febrabran aconselha que pessoas não abram e-mails falando sobre cadastro da chave Pix ou desbloqueio de transferência via Pix.

Em resumo: a história que diz que você precisa clicar no botão “desbloquear crédito” e fornecer seus dados para receber a transferência via Pix é falsa! O e-mail, na verdade, trata-se de um golpe, onde os criminosos buscam roubar informações pessoais para acessar contas e realizar transferências. A transferência via Pix não precisa de confirmação ou desbloqueio. Por fim, a Febraban já alertou que toda e qualquer ação envolvendo o Pix deve ser realizada dentro do aplicativo oficial do banco e que e-mails sobre o assunto devem ser desconsiderados. Ou seja, a história não passa de balela. Cuidado com o golpe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2m2887O
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy