TSE está cancelado títulos de eleitor provisoriamente e pedindo desbloqueio em link #boato

Boato – O TSE está enviando mensagem informando que o título eleitoral foi cancelado provisoriamente e que será necessário desbloquear em um link de um site.

Quem acompanha o Boatos.org sabe que qualquer evento especial é motivo para golpes circularem por aí. E, de acordo com o TSE, parece que estão usando o nome da Justiça Eleitoral para praticarem mais uma falcatrua.

A denúncia da vez aponta que estão mensagens apontam que o TSE estaria enviando um suposto link para regularização do título eleitoral pois teria suspendido provisoriamente o documento das pessoas.

TSE está cancelado títulos de eleitor provisoriamente e pedindo desbloqueio em link?

Vamos ser transparentes (assim como sempre apontamos para vocês). Pelo menos em nossas pesquisas, não encontramos nenhuma das tais mensagens que apontam para o tal comunicado falso em nome do TSE.

Tivemos acesso à história por meio de um alerta (que, por sinal, também tem lá suas características de fake news) que diz o seguinte: “ATENÇÃO: *Estão enviando mensagem, em nome do TSE, informando que seu titulo eleitoral foi cancelado provisoriamente. No final da mensagem, aparece um link solicitando que a pessoa clique para maiores informações. Não clique! Trata-se de um golpe”.

Mesmo com tudo isso, resolvemos esclarecer uma informação. Antes que, de fato, se massifique a informação sobre os tais cancelamentos, precisamos informar que o TSE não está realizando nenhum tipo comunicado por mensagens sobre cancelamento temporário de títulos de eleitor. No site oficial, a Justiça Eleitoral publicou a seguinte nota:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem recebido relatos de pessoas que afirmam ter recebido mensagens por e-mail ou aplicativos, em nome da Justiça Eleitoral (JE), informando que tiveram os títulos de eleitor cancelados provisoriamente. A mesma mensagem também traz um link que leva a uma página na internet em que a eleitora ou o eleitor supostamente poderiam regularizar a situação eleitoral, desde que informassem dados pessoais. Esse conteúdo é falso e se trata de um golpe para lesar as pessoas que acreditarem nele.

Essas ocorrências não são novidade. Frequentemente, o TSE é procurado sobre o envio de mensagens semelhantes a essas, que são enviadas em nome do Tribunal por meio de diversas plataformas digitais, como WhatsApp e Telegram, bem como por e-mail ou SMS (mensagens de texto).

O teor dos comunicados não varia muito: sempre há a informação de uma pretensa irregularidade cadastral junto à Justiça Eleitoral que pode causar, se já não causou, o cancelamento do título de eleitor. Em seguida, a pessoa que recebeu a mensagem é induzida a entrar em algum site para “regularizar“ essa pendência, desde que informe dados como o CPF, por exemplo. Todas essas mensagens são maliciosas e visam capturar informações para aplicar golpes.

Com isso, podemos cravar que, se você receber uma mensagem apontando que seu título de eleitor foi cancelado, saiba que se trata de uma fake news. O próprio TSE diz que não está enviando mensagem alguma e que tudo não passa de um golpe.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet