Não instale o jogo Baleia Azul no WhatsApp e Facebook #boato

Boato – Aviso geral alerta para você não instalar o jogo Baleia Azul no seu celular ou computador. O jogo vai te dar ordens como pular de um prédio.

Desde que a mídia brasileira apresentou uma matéria sobre supostos casos de mortes na Rússia relacionados a uma “brincadeira” chamada Baleia Azul, a internet tem entrado em histeria coletiva.

De um lado, “trolls e curiosos” estão criando e participando de grupos chamados “Baleia Azul”. Do outro, algumas pessoas estão entrando em pânico e atribuindo mortes ao jogo. No meio de tudo isso, um alerta tem circulado com força no Facebook e WhatsApp. Leia:

*Aviso geral* Não instale o jogo chamado “Baleia Azul”. Um grupo de adolescentes criou esse jogo, que exatamente no momento em que se instala, ele tem acesso a todos seus contatos. Ao começar o jogo, os desafios são fáceis, mas quanto mais vai avançando, os desafios chegam até a desenhar uma baleia com uma faca no seu braço, acordar as 4:29, passar a noite vendo filme de terror, e sempre mandando fotos.

A última fase é se jogar de um prédio, e se você quiser sair, ele revela que sabe tudo, e ameaça os seus pais e amigos. Adolescentes na Rússia já estão morrendo, pois há 50 desafios, sendo que o último é o definitivo. *Passe para todos no WhatsApp. Não se brinca com vida*

Não instale o jogo Baleia Azul no WhatsApp e Facebook. Ele rouba dados?

É claro que a mensagem, assim como o que está acontecendo com os relatos de mortes ligadas ao jogo, viralizou na internet. Mas será mesmo que existe algum aplicativo ou jogo a ser instalado chamado Baleia Azul? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Nós, do Boatos.org, temos um monitoramento diário do que acontece na internet para encontrar informações sobre boatos. Por isso, temos visto “de camarote” todo esse pânico criado em torno do jogo. Também por isso, estamos aqui para alertar uma coisa: esse “pânico” é que está sendo o principal combustível para que o assunto continue vivo.

É claro que isso também gera desinformação. Uma das falácias é que existe jogo ou aplicativo ou software Baleia Azul a ser instalado. Não existe nada de instalação relacionada à tal brincadeira. Se você está por fora do assunto, vamos recapitular rapidamente.

A tal da Baleia Azul é um “desafio” (note que desafio tem um significado diferente de jogo. No desafio, uma pessoa é instada a fazer algo. No jogo, duas ou mais pessoas disputam algo e há um vencedor) em que a pessoa teria que cumprir uma série de tarefas e que a última seria se matar. Como é possível ver, não precisa instalar nada para participar do tal desafio.

A única coisa que se precisa é de alguém mau ou sádico (ou idiota) o suficiente para sugerir os desafios e alguém inocente ou com uma predisposição para o suicídio (ou idiota) para cumprir as tarefas. De acordo com relatos, as tarefas seriam enviadas por grupos em redes sociais. No caso da Rússia, foi a Vkontakte. No Brasil, não há comprovação de que algo está sendo feito. Mas a lógica é que os grupos seriam no Facebook ou WhatsApp.

Para além do fato que não precisa se instalar nada, há outras informações no texto que, de acordo com o que temos até agora, não bate com o desafio da Baleia Azul. Primeiro, não tem nada de acesso “aos contatos”. Também não há nada de “desafios fáceis” (pelo menos de acordo com as informações que temos). Pelo o que vimos, o primeiro desafio é fazer um desenho à faca no braço. Vamos convir que não é nada fácil.

Por fim, quem em sã consciência vai acreditar no “papo” de “ele sabe de tudo e vai matar seus amigos e família”. Para quem não sabe, só uma mensagem como essa já renderia uma denúncia na polícia, o que acarretaria em um “susto” na pessoa que fez a ameaça.

Resumindo: não existe jogo da Baleia Azul que rouba os seus dados para ser instalado. O que existe é um desafio que está gerando uma histeria maior do que deveria gerar e, infelizmente, tem a sua fama alimentada por essa histeria.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)