Mensagens de bom dia são usadas em ataques cibernéticos por hackers da China #boato

Boato – Hackers da China estão se utilizando por mensagens de bom dia em gifs e figurinhas para realizar ataques cibernéticos. Mais de 500 mil foram vítimas da fraude.

Desde quando a palavra coronavírus entrou (de forma arrebatadora) no cotidiano de todos nós, o que não tem faltado na internet são boatos relacionados à China. A história de hoje vem de muito antes do termo “Covid-19” ser popularizado no mundo, mas voltou a circular com força em 2020.

De acordo com mensagens que estão viralizando no WhatsApp, Facebook, Instagram e outras redes sociais, hackers da China estão realizando ataques cibernéticos e tentativas de phishing por meio de mensagens de “bom dia” em gifs. O texto recomenda que não seja enviado esse tipo de mensagem e aponta que 500 mil pessoas foram vítimas da fraude. Leia:

Confira os nossos desmentidos em vídeo (partes 1 e 2):


*ATENÇÃO* Para aqueles que gostam de reenviar posts de *Bom dia! Boa tarde! Boa noite!* Não envie mais esse tipo de “boas” mensagens. Leia este aviso da *China of Shanghai International News* enviou hoje um SOS para todos os assinantes (este é o terceiro lembrete) que os especialistas recomendam: por favor, não envie o bom dia, boa noite, como imagens prontas.

Os relatórios indicam que os *hackers na China* projetaram-nas tão perfeitamente que ocultam os códigos de phishing dentro deles, quando todos enviam essas msgs enviam junto esse dispositivo que os hackers usam pra roubar informações pessoais dos dispositivos que recebem.

Foi relatado que mais de *500 mil vítimas de fraude* já foram enganadas. Se deseja cumprimentar outros, *escreva sua própria mensagem* para se proteger e proteger sua família e amigos. *Importante* elimine todas as mensagens de saudação que você tem no seu celular *para sua própria segurança*. Avise a todos os seus amigos para evitar que hackers sejam feitos com phishing.

Mensagens de bom dia são usadas em ataques cibernéticos por hackers da China?

Muita gente deixou de publicar as mensagens de bom dia para compartilhar a tal mensagem por aí. Mas, se você sentiu falta dos gifs, stickers e figurinhas, pode ficar tranquilo. A mensagem não só é falsa como também já foi desmentida no Boatos.org lá em 2017. Como boa parte da argumentação da época vale para hoje, relembre o que foi escrito:

Para começar, a mensagem tem muitas das características de boatos na internet. Tem caráter alarmista, pedido de compartilhamento e erros de português. Os erros, por sinal, acontecem porque a mensagem é uma tradução automática de um texto em inglês.

Ao buscar sobre a origem do texto, descobrimos algumas coisas interessantes. A primeira delas é que não existe China of Shanghai International News. Tentamos buscar por algum órgão com esse nome e não achamos nada. A outra coisa é que a história é classificada como “spam” em língua inglesa.

Nem precisava deste “giro todo” para descobrir que a história é falsa. Uma informação desmente todo o boato. GIFs nada mais são do que arquivos de imagem e não há como “inserir” um vírus em uma imagem. Como se sabe, o WhatsApp permite apenas o compartilhamento de imagens, vídeos e documentos.

Há uma possibilidade para que alguém pudesse se aproveitar de GIFs para roubar dados: se o site que “gera” as imagens tivesse algum arquivo malicioso que fosse inserido no computador ou celular da pessoa. Viu que falamos no condicional? Sim, porque não há uma notícia séria sobre hackers da China que estejam fazendo isso.

Vale dizer que, em 2020, a história veio atrelada à tese de que o governo da China estaria por trás desses ataques cibernéticos. Assim como em 2017, a tese em questão não tem nem pé nem cabeça (tampouco provas).

Resumindo: a história que aponta que hackers chineses estão realizando ataques cibernéticos com o uso de gifs de bom dia é falsa. Não passa de uma fake news que já foi desmentida em 2017 e voltou a circular em 2020.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Confira também: 11 fake news sobre a China que circularam na web em 2020

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet