WhatsApp vai cobrar 0.37 centavos #boato

Boato – A partir de amanhã, o WhatsApp vai começar a cobrar 37 centavos por mensagem enviada. Forma de evitar cobrança seria repassando a mensagem para nove amigos.

A prova de que um serviço está se tornando popular é quando começam a aparecer boatos a respeito. Não é de hoje que diversas mensagens falsas aparecem sobre o Facebook na internet. Mas isso não é exclusividade da rede social criada por Mark Zuckerberg. Alguns boatos da web também são direcionados a outros serviços como, por exemplo, o WhatsApp.

Em um texto que tem circulado, principalmente, pelo próprio serviço, há a informação de que as mensagens enviadas pelo próprio WhatsApp se tornariam pagas. Leia o texto:

Assista ao nosso desmentido sobre o WhatsApp pago em vídeo

Confirmado… Se acabarão as mensagens gratis, amanha, começarão a cobrar por whatsapp a 0.37 centavos. Reenvie esta mensagem a mais de 9 pessoas dos seus contactos, e tera gratuito por toda a vida. Fique atento na bolinha, pois ela ira ficar verde, faça-o e veja.

É mais do que claro que a história é mais falsa do que nota de três reais. Primeiramente, o texto não cita datas. Apenas fala que “amanhã” o serviço vai começar a ser cobrado. Além disso, não fala qual é o tipo de moeda em que o serviço seria cobrado.

Por fim, pede para que a mensagem seja enviada para outras pessoas. É justamente este pedido que faz a corrente circular.

Os desenvolvedores do WhatsApp deixam bem claro que o serviço de mensagens sempre será gratuito. Até porque seria um tiro no pé cobrar por mensagem. Este post no site tira essas dúvidas. 

Esta mensagem nem é tão nova. De acordo com as nossas pesquisas na internet, há registros de que esta mensagem circula pelo WhatsApp desde 2012. Esta matéria do Gizmodo fala sobre o assunto. 

Mas o WhatsApp é gratuito então? Mais ou menos. Apesar de o serviço não cobrar pelas mensagens enviadas, depois de um ano de uso (que é o período de testes) ele passa a ter o valor de US$ 0,99 ao ano. A explicação está neste link, na página do App. 

Ou seja, se você vir alguém enviando este tipo de boato no WhatsApp, vale a pena responder com o link explicativo. Desta forma, a corrente ajuda a ser quebrada. Fica a dica.

PS: esse artigo foi uma sugestão do leitor (e amigo) Marcos Urupá. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.  

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)