Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Tecnologia > É falso que menina com escoliose vai ganhar de R$ 1 por compartilhamento de vídeo para fazer uma cirurgia de R$ 18 mil; fake news é antiga

É falso que menina com escoliose vai ganhar de R$ 1 por compartilhamento de vídeo para fazer uma cirurgia de R$ 18 mil; fake news é antiga

Menina com escoliose vai ganhar R$ 1 por compartilhamento de vídeo para fazer cirurgia de R$ 18 mil, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Uma menina com escoliose vai ganhar R$ 1 por compartilhamento de vídeo no WhatsApp e Facebook para fazer cirurgia de R$ 18 mil. 

  Análise

Em pleno 2023, um vídeo de alguns anos atrás está circulando de novo na internet. Ele mostra o que seria uma menina que estaria precisando de R$ 18 mil para fazer uma cirurgia de escoliose.

Junto ao vídeo, há um trecho que aponta que o WhatsApp (ou o Facebook) iria pagar R$ 1 por compartilhamento. “coloca nos grupos de vcs vamos ajudar essa princesinha🙏🥰 . Num custa nada divulgar!!    CADA DIVULGAÇÃO ELA GANHA R$1,00”, diz a mensagem que circula online. Leia a transcrição:

Confira o desmentido no vídeo

Vídeo: é falso que Lula foi flagrado beijando Suzanne von Richtofhen

Basta espalhar pelas redes sociais. Obrigado! Galera essa menina ai vai precisar fazer uma cirurgia custa 18 mil reais e o que que a gente só precisa? Espalhe este vídeo. O Face o Zap, sei lá quem, eles vão assumir. O que a gente precisa é que cada mensagem que a gente manda é 1 real eles pagam. Então, ajuda, ajuda, quem puder. É só espalhar isso. Vamo ajudar essa menina. É de cortar o coração, gente. Brigado cara, um beijão no coração de todos. 

Checagem

Para elucidar o caso, vamos responder a algumas questões. Uma delas é se o WhatsApp paga R$ 1 por compartilhamento de mensagem para conseguir uma cirurgia de R$ 18 mil. A segunda é quem é a menina com escoliose que está no vídeo e quando foi gravado. A terceira é se a menina precisa de uma cirurgia para escoliose agora em 2023.

Antes de responder às questões, temos que deixar uma coisa clara: a mesmíssima história já foi desmentida pelo Boatos.org em 2018. Tem muita coisa do que já falamos que pode ser reaproveitado. Outras coisas precisam ser atualizadas.

O WhatsApp paga R$ 1 por compartilhamento de mensagem para conseguir uma cirurgia de R$ 18 mil?

Essa é uma informação que já foi desmentida em 2018. Como o desmentido de outrora vale para hoje, relembre o que escrevemos:

O primeiro e mais óbvio está no fato de a mensagem seguir o enredo clássico de boatos online: cheio de informações vagas, alarmista, sem datas e fontes confiáveis e pedidos de compartilhamento. Além disso, a história é mais do que manjada e já foi desmentida diversas vezes pelo Boatos.org, inclusive, em vídeo. Confira:

Como você pode ver, as redes sociais não doam por compartilhamento (seria uma sandice pensar que alguém iria calcular a doação pela quantidade de exposição que a criança teve). E mais, no caso do WhatsApp, as mensagens são criptografadas e nem mesmo os administradores do aplicativo conseguiriam contabilizar quantas vezes a imagem foi compartilhada.

Mas não é só isso: a tese dos R$ 18 mil é de outra fake news com outra imagem. Na época, a história apontava que um bebê com cirrose de Fátima do Sul ganharia R$ 1 por foto compartilhada. Por sinal, os pais da criança comentaram o episódio e, como você deve imaginar, chegamos à conclusão que não passava de #boato.

Quem é a menina com escoliose que está no vídeo e quando foi gravado?

Essa informação já foi elucidada em grande parte no nosso desmentido de 2018. Leia o que escrevemos e já voltamos com informações complementares:

Vamos explicar qual a real história por trás do vídeo. Ela é de uma garota chamada Cauani, que mora na cidade de Tijucas (região metropolitana de Florianópolis). De acordo com essa reportagem do jornal A Razão, ela foi se tratar e ouviu dos médicos que ela teria que esperar “se entortar toda para depois fazer cirurgia”.

Na mesma matéria, o jornal disponibilizou uma conta bancária para ajudar a menina e a família a se manter em Curitiba (cidade em que encontraram um tratamento). Foi o jornal que gravou o apelo da menina.

Pois bem. Em vez das pessoas divulgarem a conta para realmente a Cauani ser ajudada, elas começaram a publicar o vídeo em conjunto com o áudio do “irmão Antonio” que dizia que era só compartilhar para doar dinheiro. Obviamente, não é só compartilhando que você vai ajudar.

A menina Cauani precisa de uma cirurgia para escoliose agora em 2023?

Passados cinco anos, fomos procurar mais detalhes sobre a Cauani. Ela cresceu, chegou a ficar em uma cadeira de rodas, mas hoje caminha (de acordo com ela mesmo) por conta de um milagre.

Ela chegou a fazer a cirurgia desejada, mas chegou a parar de andar por conta de uma paraparesia. Só que, de acordo com a própria família e a menina, ela voltou a andar após um culto no domingo de Páscoa de 2022. Cauani, inclusive, lançou uma música em homenagem ao que ocorreu. O nome é “Eu Sou Um Milagre”.

Dois detalhes importantes a se frisar: 1) Aparentemente, ela não precisa de mais nenhuma cirurgia. 2) Nem o Facebook ou o WhatsApp ajudaram nos custos da cirurgia em questão.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o WhatsApp, o Facebook ou seja lá quem for vai doar R$ 1 por compartilhamento de mensagem para uma menina que precisa de uma cirurgia para escoliose. O vídeo é antigo, a teoria é falsa e a menina, felizmente, se recuperou do problema de saúde.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm