Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Tecnologia > É falso que Mark Zuckerberg tenha dito que oração do Pai Nosso viola termos do Facebook

É falso que Mark Zuckerberg tenha dito que oração do Pai Nosso viola termos do Facebook

Mark Zuckerberg disse que oração do Pai Nosso viola termos do Facebook, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O fundador do Facebook Mark Zuckerberg disse que a oração do Pai Nosso viola os termos da plataforma.

Análise

Não é de hoje que está circulando uma mensagem que aponta para uma suposta declaração do fundador do Facebook Mark Zuckerberg.

A mensagem, escrita em tom de desafio, aponta que Mark Zuckerberg teria declarado que a oração do Pai Nosso viola os termos do Facebook. Em seguida à “informação”, é escrita a oração. Leia a mensagem:

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Depois de ouvir Mark Zuckerberg dizer que publicar a oração do “Pai Nosso” viola suas políticas, peço a todos os cristãos que sigam meu exemplo e publiquem o “Pai Nosso”.

Oração Declaro minha fé em público. Jesus disse: A quem me negar aqui na terra, eu negarei diante do meu Pai que está no céu. Mateus 10:33 Este é o melhor desafio que já vi no Facebook. Então, se você o ama e não tem vergonha, por favor, junte-se a mim neste desafio de fé! AMÉM

Pai nosso, Que estais no céu Santificado seja o Vosso nome; Venha a nós o Vosso reino; Seja feita a sua vontade Na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai E perdoai as nossas ofensas, Como também pagamos aos devedores, E não nos deixeis cair em tentação; mas livrai-nos do mal. Porque teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!

Checagem

A mensagem não demorou a viralizar na internet agora em 2024. Por isso mesmo que vamos fazer a checagem do conteúdo respondendo às seguintes questões: 1) É verdade que Mark Zuckerberg disse que a oração do Pai Nosso viola os termos do Facebook? 2) A oração do Pai Nosso viola os termos de alguma rede social? 3) Mark Zuckerberg já deu alguma declaração ao menos similar a essa?

É verdade que Mark Zuckerberg disse que a oração do Pai Nosso viola os termos do Facebook?

Não. Primeiro, porque seria um tanto quanto estranho ele falar isso (tentamos enxergar qualquer motivo e nada encontramos). Segundo, porque não consta a tal declaração em qualquer fonte confiável. Terceiro, porque a história já circulou em outros idiomas e foi desmentida.

A oração do Pai Nosso viola os termos de alguma rede social?

Esta matéria aponta que não consta nos termos do Facebook qualquer proibição ao Pai Nosso. O que não é permitido apenas são mensagens de ódio religioso. A própria Meta negou que tenha realizado qualquer proibição.

O fato da mensagem, que tem o Pai Nosso na descrição, estar circulando na rede social é mais uma prova de que não houve qualquer proibição.

Mark Zuckerberg já deu alguma declaração ao menos similar a essa?

Não. Sobre religião, encontramos esta publicação. Nela, é apontado que o fundador do Facebook havia removido a descrição de ateu e que havia aderido a uma religião. 

Conclusão

Fake news ❌

É falso que Mark Zuckerberg tenha dito que a oração do Pai Nosso viola os termos do Facebook. Trata-se de uma fake news que foi criada para fazer com que uma mensagem religiosa viralizasse só pela revolta.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).