Homem nunca pisou na lua porque tem tecnologia avançada e nunca voltou lá #boato

Boato – Ida do homem à lua é uma farsa, porque hoje a tecnologia é muito mais avançada e ele ainda não voltou ao satélite. 

Julho é um mês de comemorações. E se você acha que nós estamos falando de festas julinas, está bastante enganado. No dia 21 de julho, o mundo comemora a ida do homem à lua.

Em 21 de julho de 1969, Neil Armstrong e Buzz Aldrin entraram para a história. A bordo da Apollo 11, um voo espacial estadunidense, os dois astronautas foram os primeiros homens a pousar na lua. Porém, toda essa história ainda é cercada por muitas teorias da conspiração.

Desde 1969, diversos céticos passaram a disseminar a dúvida: será que o homem realmente pisou na lua ou tudo é uma farsa? 50 anos depois, a ideia continua a circular por aí. Exemplo disso são as inúmeras publicações que questionam o fato. E o motivo da dúvida seria simples: temos uma tecnologia muito mais avançada do que em 1969, mas o homem nunca retornou. Confira:

Versão 1: “Se a 50 anos atras dizem que o homem pisou na lua pq hj em dia com a tecnologia “avançada” ele ainda nao foi. ?? Nunca acreditei nisso”. Versão 2: “Em 1969 o homem pisou na lua, porém dessa época adiante, não teve mais tecnologia para ir nos anos seguintes…vamos acordar!”.

Versão 3: “Podem me chamar de ignorante. Mas essa história de que o homem já foi na lua, para mim não passa de uma grande farsa. Se o homem foi na lua há (CINQUENTA ANOS A TRÁS), com uma tecnologia pífia, nos dias atuais, era prá ter passeio pra lua, toda semana. Sem chance !!!Podem me chamar de ignorante. Mas essa história de que o homem já foi na lua, para mim não passa de uma grande farsa. Se o homem foi na lua há (CINQUENTA ANOS A TRÁS), com uma tecnologia pífia, nos dias atuais, era prá ter passeio pra lua, toda semana. Sem chance !!!”.

Homem nunca pisou na lua porque tem tecnologia avançada e nunca voltou lá?

É claro que a afirmação gerou polêmica na internet. Assim como outras teorias da conspiração (como a afirmação de que a Terra é plana ou o movimento anti-vacina), o assunto reuniu pessoas prós e contra à ideia do homem ter pisado na lua. Mas será que essa história de que o homem não teria ido à lua, porque hoje temos tecnologia avançada e ele nunca retornou faz algum sentido? A resposta é não!

Vamos aos fatos! De fato, a internet está recheada de teorias conspiratórias sobre o assunto. Ok. Você até pode acreditar que o homem nunca pisou na lua, mas alguns detalhes de toda essa história não fazem o menor sentido! Então, a equipe do Boatos.org separou alguns (dos muitos) detalhes que mostram essa contradição.

O primeiro deles é que toda a nossa história é recheada de escândalos (envolvendo o Estado) na grande imprensa. Nixon e o Watergate, mais recentemente o caso de espionagem dos Estados Unidos etc. Então, se a história do homem pisar na lua fosse realmente uma farsa, por que nenhum jornalista sequer tentou desmentir a balela?

Bem, por outro lado, se o fato tivesse sido uma grande encenação, com certeza, alguém apareceria na mídia para contar toda a verdade. O motivo é simples: a produção exigiria um grande número de pessoas envolvidas e, é claro, que alguém iria buscar seus 5 minutos de fama.

Vale ressaltar que, em 1969, os Estados Unidos vivia o auge da Guerra Fria contra a União Soviética. Caso a história realmente fosse uma mentira, a União Soviética tinha a chance de desmascarar a farsa e vencer a guerra. Porém, a URSS sequer duvidou do feito.

Em relação à história de que teríamos tecnologia muito mais avançada para lançar o homem à lua novamente, existe uma explicação bastante simples para o mundo não ter realizado a tentativa novamente.

Em 1969, o mundo vivia uma verdadeira corrida espacial, tendo como os principais competidores Estados Unidos e União Soviética. Por conta da Guerra Fria, era importante reafirmar seu potencial e mostrar quais das ideologias políticas e econômicas (comunismo ou capitalismo) era mais vantajosa. E como conseguir isso? Mostrando sua potência por meio da tecnologia, é claro. Dessa forma, enviar o homem à lua envolvia muito mais do que apenas uma vontade antiga, mas sim uma estratégia política.

Uma vez que o objetivo foi alcançado e os Estados Unidos provou ser possível enviar uma pessoa à lua com segurança, o assunto deixou de ser prioridade. Colocando o tema em segunda instância, a verba diminui. Com isso, as pesquisas para aprimorar o feito são desestimuladas. O resultado final é bem simples: sem grana, não existe projeto (que estaria estimado em cerca de 100 bilhões de dólares para repetir a façanha). Entretanto, em 2017, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que pretendia retornar às pesquisas para lançar, novamente, ao espaço (o objetivo seria conquistar Marte).

Por fim, muitas das teorias da conspiração sobre o homem na lua já foram refutadas por serviços especializados em checagem de dados. Segundo os sites, um dos principais detalhes (apontados pelos céticos) que ‘provaria’ a farsa seria a bandeira dos Estados Unidos tremulando no espaço. De acordo com a explicação, ela não estaria tremulando, mas sim amassada. Já as supostas fotos de Neil Armstrong pisando na lua, na realidade, mostram Buzz Aldrin (o segundo homem a pisar na superfície).

Em resumo: a história que diz que o homem nunca pisou na lua, porque temos tecnologia avançada, mas não enviamos novamente um ser humano à superfície é falsa! A explicação para não termos enviado, novamente, uma vida à lua é até bem simples: orçamento e interesses. Além da empreitada exigir um grande orçamento (centenas de bilhões de dólares), o contexto da atualidade é outro (não estamos no meio da Guerra Fria, nem em uma corrida espacial e, muito menos, precisamos disso, uma vez que podemos enviar robôs, muito menos custosos, para a coleta de dados no espaço). Ou seja, a única farsa de toda essa história é a própria teoria de que o homem não pisou na lua. Então, não compartilhe! Até a próxima.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)