Descubra se você tem direito ao auxílio emergencial compartilhando link no WhatsApp #boato

Boato – Saiba se você tem direito ao auxílio emergencial de R$ 600 a R$ 1.200 entrando em um site e compartilhando um link com amigos no WhatsApp. De quebra, você pode ter acesso ao fundo previdenciário.

Infelizmente, golpistas também estão enxergando a crise do coronavírus como uma oportunidade. A prova disso está nas inúmeras ofertas falsas (novas ou velhas) que estão circulando na internet durante essa pandemia. Dentre esses anúncios falsos, temos um “hit”: o auxílio emergencial do governo.

De acordo com mensagens que circulam no WhatsApp, o governo disponibilizou um site (na versão que vimos é uma página chamada ae.formulario.com. Em outra, o site é “convite2020.online”) para você descobrir se tem acesso ao auxílio emergencial de R$ 600 a R$ 1.200. Vimos, ainda, uma outra versão da história que aponta que você pode descobrir se tem acesso ao “fundo previdenciário” por causa do coronavírus (nesta versão, o site era compartilhandopremios.club). Leia as mensagens que circulam online:

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: AUXÍLIO EMERGENCIAL Confira se você tem direito ao benefício(AE), solicite o desbloqueio e liberação dos valores online! Acesse: [site] Versão 2: Descubra se você tem direito a receber o benefício Auxílio Emergencial no valor de R$600 à R$1.200. Caso tenha direito, você poderá receber SEGUNDA-FEIRA dia 30/03/2020. CONSULTE AGORA: [site] Versão 3: Governo acaba de anunciar que para conter a crise financeira no país, está liberado o saque do fundo previdenciário e valores variam de R$ 450 a R$ 1.023, veja se você tem direito. [site]

Ao entrar nas páginas, você tem que responder a algumas perguntas, colocar dados pessoais e, no final, compartilhar o link da página com “amigos no WhatsApp” para “desbloquear do benefício”. Veja o que está escrito em uma das páginas:

AUXÍLIO EMERGENCIAL Para evitar filas nas agências bancárias, o Governo Federal em Parceria com a Caixa Econômica Federal, disponibilizou este sistema eletrônico para CONSULTA, DESBLOQUEIO e LIBERAÇÃO do AUXÍLIO EMERGENCIAL para trabalhadores autônomos e informais, donas de casa e microempreendedores (MEI). DIGITE SEU CEP PARA INICIAR A CONSULTA: Digite o CEP INTEGRADO AO CADÚNICO/PIS/PASEP CEP: BENEFÍCIO BLOQUEADO! 03 PARCELAS DE R$600,00 LIBERAÇÃO PREVISTA PARA: 14/05/2020 SOLICITAR DESBLOQUEIO Para solicitar o desbloqueio da Primeira Parcela de R$ 600,00 do seu Benefício Emergêncial, basta compartilhar esta informação com seus familiares e contatos no Whatsapp! É muito fácil, vamos lá? DESBLOQUEAR

É possível descobrir se você tem direito ao auxílio emergencial compartilhando link no WhatsApp?

A história circulou com muita força na internet uma vez que muitos trabalhadores estão ansiosos para saber as regras de recebimento do auxílio emergencial. Mas será mesmo que é verdade que você deve compartilhar um link com amigos no WhatsApp para ter acesso ao tal benefício do auxílio emergencial ou “saque do fundo previdenciário”? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Quando nos deparamos com todo esse roteiro, já sabíamos do que se tratava. Isso porque a mensagem segue o velho roteiro das fake news de promoções falsas que servem como isca para dados serem roubados. Acontece da seguinte forma: um link chamativo aparece no WhatsApp, você é instado a entrar no site, colocar dados e compartilhar o link com amigos no WhatsApp. Mesmo que você siga todos os passos, no final, nada acontece. O vídeo explica:

Ao procurar por mais detalhes em relação aos sites em questão, descobrimos que eles não têm uma reputação das melhores. De acordo com o serviço Vírus Total, o “ae.formulario” é classificado pelo Kaspersky como “de Phishing”. Já o “compartilhandopremios” é classificado como “de Phishing” pelo Avira, Emsisoft, Fortinet e Kaspersky e como “malicioso” como CRDF, CyRadar, Netcraft e Sophos AV.

Já deu para ver que a informação não procede e não é “compartilhando um link no WhatsApp” que você vai saber se tem direito ao auxílio emergencial. Mas então, como fazer?

Antes de dar a resposta, temos que deixar bem claro que a proposta que garante R$ 600 para trabalhadores informais ainda precisa passar pelo Senado e ser sancionada pelo presidente antes de virar lei. É pouco provável que as regras tenham mudanças, mas não é impossível. Dito isso, saiba que, de acordo com essa matéria da Agência Brasil, os requisitos para receber são esses:

Os trabalhadores deverão cumprir alguns critérios, em conjunto, para ter direito ao auxílio: – ser maior de 18 anos de idade; – não ter emprego formal; – não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família; – renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e – não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

Pelo texto, o beneficiário deverá ainda cumprir uma dessas condições: – exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI); – ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS); – ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou – ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020. Pelas regras, o trabalhador não pode ter vínculo formal, ou seja, não poderão receber o benefício trabalhadores formalizados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e servidores públicos.

Pela proposta, também será permitido a duas pessoas de uma mesma família acumularem benefícios: um do auxílio emergencial e um do Bolsa Família. Se o auxílio for maior que a bolsa, a pessoa poderá fazer a opção pelo auxílio. O pagamento será realizado por meio de bancos públicos federais via conta do tipo poupança social digital. Essa conta pode ser a mesma já usada para pagar recursos de programas sociais governamentais, como PIS/Pasep e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), mas não pode permitir a emissão de cartão físico ou cheques.

Vale dizer que regras mais detalhadas sobre como o governo vai pagar o benefício serão definidas apenas após a aprovação do projeto. Ou seja: ainda não existe um “site” para que você faça o “desbloqueio” do benefício.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que você precisa compartilhar um link com amigos no WhatsApp para saber se você tem direito ao auxílio emergencial. Trata-se de mais um golpe que usa uma promoção na internet para enganar os mais inocentes.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2IoBB2R

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)