Compartilhe vídeo de bebê com câncer que dança para ele ganhar doação do Whatsapp #boato

Boato – Cada vez que você compartilhar um vídeo de um bebê que tem câncer e está dançando, o WhatsApp vai pagar R$ 1 para o tratamento.

Em um exercício de autorreflexão sobre o nosso trabalho, muitas vezes me pego pensando se eu não me canso de desmentir o mesmo boato (ou boatos muito parecidos) diversas vezes. A resposta é sim. Mas vem acompanhada de um “apesar disso, temos que desmentir”.

O caso de hoje é mais um da série “sim, apesar disso, temos que desmentir”. Um vídeo de uma bebê dançando está sendo muito compartilhado na internet. Até aí tudo bem porque todos gostam de bebês dançando. O grande problema está no motivo.

De acordo com áudios e mensagens que acompanham a filmagem, o WhatsApp estaria dando R$ 1 por cada vez que o vídeo fosse compartilhado na rede social. Isso ajudaria no tratamento da criança. Leia a transcrição do áudio e leia a mensagem

Áudio: Esse nenenzinho tem câncer no sangue e cada vez que a gente compartilhar a foto, a mãe dessa criança ganha 1 real para o tratamento. E por isso que a gente está compartilhando. Se você puder também tá compartilhando para tá ajudando. O WhatsApp paga para a mãe dele 1 real por cada compartilhamento desse neném.

Mensagem: A cirurgía custa R$ 18.000,00. Deve ser feita o quanto antes. Ela tem pouco tempo de vida. Não pode esperar pelo SUS. O Whatsapp vai pagar R$ 1,00 cada vez que a MSG fôr repassada. Vamos salvar a vida dessa criança!

Você deve compartilhar vídeo de bebê com câncer dançando para ele ganhar doação do WhatsApp?

Apesar de o vídeo ser muito fofo e esconder uma história muito bonita por traz dele (vocês já verão qual), a história que fala de doação por causa de compartilhamento é falsa. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Ao ver a mensagem, já sabíamos do que se tratava. Esse tipo de balela da doação por compartilhamento é uma das mais comuns no WhatsApp (creio que só perca para o falso anúncio de promoções no app). É tão comum que temos até uma dica em vídeo:

Em uma das inúmeras vezes que desmentimos uma história como essa falamos justamente do vídeo em questão. Na ocasião, foi dito que o bebê tinha, na realidade, problema nos rins. Relembre a nossa argumentação (vale para hoje também). Relembre e veja o vídeo real:

Já sabemos que a história é falsa. Mas quem é a menina do vídeo? Trata-se da pequena Sophia Romão Bueno. O vídeo foi gravado em março deste ano após o médico Paulo Martins tocar uma música e ela dançar. Depois que o boato viralizou, a mãe da menina publicou a seguinte mensagem:

Gente isso é MENTIRA…. PRIMEIRO que ninguém me comunicou se poderia ou não usar a imagem da minha filha para tal publicação. SEGUNDO além de não pedir dinheiro assim (pois não preciso, porque sempre tenho quem me ajuda em caso de necessidades), a Sophia não precisa fazer nenhum tipo de cirurgia, Graças a Deus.

TERCEIRO minha filha não é e nunca foi CEGA. Ela trata de uma doença chamada HISTIOCITOSE DE CÉLULAS DE LANGHERANS, ela faz QUIMIOTERAPIA como tratamento. QUARTO esse vídeo foi gravado em uma das muitas internações que ela fez para o tratamento. QUINTO o hospital que ela faz tratamento não arrecada dinheiro assim. Fazendo publicações em redes sócias sem o consentimento dos pais. Ele é muito sério e de respeito jamais faria algo assim….

Resumindo: a história que aponta que o WhatsApp vai dar um real por cada vez que você compartilhar o vídeo da bebê dançando é falsa. Não passa de mais um boato que circula online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)