Bill Gates deu gorjeta de US$ 5 no restaurante porque é filho de lenhador #boato

Boato – Bill Gates, CEO da Microsoft, deu apenas US$ 5 de gorjeta em um restaurante. Para se justificar ao garçom, ele falou que é filho de um lenhador.

Dentre as mais de 7 bilhões de pessoas que estão no planeta Terra, Bill Gates é uma das mais ricas. De acordo com a revista Forbes, ele é o segundo homem mais rico do mundo (foi ultrapassado neste ano por Jeff Bezos, CEO da Amazon). E é justamente de Bill Gates e de grana que vamos falar hoje.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2QvB43t

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De acordo com uma mensagem que tem ganhado força em redes sociais, Bill Gates (fundador e CEO da Microsoft) protagonizou um episódio curioso ao ir em um restaurante. A filha dele deu uma gorjeta de US$ 500 e ele deu uma gorjeta de US$ 5. Questionado pelo garçom, ele teria dito que ela era “filha de um bilionário” e ele era “filho de um lenhador”. Leia:

“”BILL GATES em um restaurante”” Depois de comer ele deu $5,00 dólares de gorjeta. O garçom ficou olhando para ele de forma estranha depois da gorjeta. Gates percebeu e perguntou: O que foi? Garçom: Eu estou impressionado porque sua filha me deu uma gorjeta de $ 150, dólares, e você pai dela, o homem mais rico do mundo, deu somente $ 5,00. Gates sorriu e respondeu: Ela é filha do homem mais rico do mundo, mas eu sou filho de um lenhador. (nunca esqueça o seu passado, ele é o seu professor)

Bill Gates deu gorjeta de US$ 5 no restaurante porque é filho de lenhador?

A tal história não demorou muito para começar a se espalhar com força por aí. Mas será mesmo que Bill Gates resolveu dar a tal lição de moral no garçom (ou ser engraçadão, sei lá)? É claro que não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Quando a mensagem chegou ao nosso radar, já achamos algumas coisas estranhas. A primeira delas foi a forma que a história foi colocada na mensagem. Não foi dito quando o episódio ocorreu, em que restaurante e com qual garçom aconteceu a história. Ou seja, é uma história vaga. Além disso, ela tem erros de português e não cita fontes confiáveis. Essas características já nos fizeram ficar com um pé atrás.

Ficamos com o pé mais atrás ainda quando resolvemos procurar por versões em inglês da história (afinal, Bill Gates é norte-americano). Descobrimos duas coisas: 1) A história é velha e já teve outras versões. 2) Já foi desmentida na gringa.

De acordo com o site Snopes, trata-se de uma anedota que já teve diversos personagens diferentes (como John D. Rockefeller, também ricaço). Na versão desmentida pelo site, o personagem era um filho de Bill Gates. Ainda de acordo com a página, quando o boato surgiu (em 2001) Rory John tinha apenas dois anos. Já a filha que está na “versão brasileira”, Phoebe Adele, nem havia nascido.

Os furos não param por aí. Vale dizer que Gates não era filho de lenhador. De acordo com esse site que escreveu uma biografia dele (retirada de uma matéria da revista Time), ele é filho de advogados. A matéria ainda diz que Gates é o caso de pessoa que era rica e ficou (bem) mais rica ainda. Um clássico (tanto nos EUA como por aqui).

Resumindo: a história que aponta que Bill Gates deu US$ 5 para um garçom só para falar que é filho de um lenhador é falsa. Não sabemos quanto ele costuma dar de gorjetas, mas com certeza ele não deu esse showzinho. Quanto a história, está mais para filosofia de boteco do que caso de restaurante.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)