Vacina do novo coronavírus (Covid-19) virá com microchip para colher identidade da população #boato

Boato – A vacina para o novo coronavírus (Covid-19) será obrigatória e virá com um microchip que será implantado na pele para colher a identidade da população mundial.

Em meio à pandemia mundial do novo coronavírus, todos os dias aparecem notícias dignas de assustar os mais corajosos. Por sorte, nem todas essas notícias alarmistas que surgem por aí são reais. E hoje vamos falar sobre uma que envolve uma profecia da Bíblia e as vacinas.

De acordo com um texto que está viralizando no WhatsApp e tem um link para um site “daqueles”, autoridades dos EUA anunciaram que a vacina para o novo coronavírus (Covid-19) será aplicada junto com um microchip que servirá para identificar a população mundial. Ou seja: esse seria o cumprimento da profecia do Apocalipse que falaria no “chip da besta”.

Ainda de acordo com o texto, a chipagem faz parte de uma parceria entre Estados Unidos, Rússia e China chamada ID2020 Alliance e a previsão é de que 1 bilhão de pessoas devem ser “vacinadas e monitoradas”. Leia a mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

ALERTA AO POVO CRISTÃO, DIVULGUEM ANTES QUE SEJA EXCLUÍDO. VACINAS DO COVID-19 SERÁ COM MICROCHIPS É a mais recente novidade do mundo, vem como reforma sanitária e será obrigatório no mundo todo. Sem ele não poderá ter acesso aos centros de saúde. as pessoas devem usar pela vantagem ou pela imposição.

A indústria farmacêutica está oficialmente se unindo à indústria de tecnologia para iniciar a “imunização” com biometria digital, o que significa que os seres humanos serão microchipados, rastreados e, finalmente, controlados por meio de uma matriz de identificação global.

Foi neste domingo, o anúncio em parceria com EUA, CHINA e RÚSSIA o ( ID2020 Alliance) que é o novo programa de identidade digital único que visa (alavancar a imunização) como um meio de inserir pequenos microchips no corpo das pessoas a partir da vacina da COVID-19.

De acordo com o Departamento de Saúde dos Estados Unidos ( HHS), existe a previsão que pelo menos 1 bilhão de pessoas devem ser contaminado com anova Covid-19, e por isso devem ser vacinadas e monitoradas. [texto do link: Vacinas do Coronavírus será mundial e virão com microchips para colher identidades biométrica da população]

Vacina do novo coronavírus (Covid-19) virá com microchip para colher identidade biométrica da população?

A mensagem se espalhou com muita força por aí e está rendendo muitos cliques ao tal site citado. Mas será mesmo que essa informação que aponta a vacina do novo coronavírus virá com um chip para colher a identidade da população é real? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Ao nos deparar com a mensagem, percebemos duas coisas. A primeira é que a mensagem tem as principais características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e falta de citação de fontes confiáveis.

A segunda é que a mensagem segue um roteiro já conhecido em se tratando de fake news na internet: uma notícia falsa é publicada em um site que só hospeda fake news e é divulgada por meio de uma mensagem alarmista no WhatsApp. Recentemente, o mesmo site fez isso com uma fake news que falava sobre caixões da FEMA.

Já desconfiados da veracidade da informação, fomos buscar mais detalhes a respeito da vacina do novo coronavírus e a inclusão do microchip. Foi aí que chegamos à informação de que a “denúncia” não consta em nenhuma fonte confiável. Ao contrário, descobrimos que a tese de que a vacina contra o Covid-19 será aplicada em conjunto com um microchip surgiu de outra fake news.

No ano passado, sites (comprovadamente de fake news, diga-se de passagem) que publicam informações compartilhadas por pessoas simpáticas ao movimento antivacinas (sim, tem idiota para tudo) começaram a espalhar que “todas as vacinas” estavam vindo com um microchip e que o objetivo dos governos mundiais seria espionar as pessoas. Obviamente, a informação nunca foi comprovada. Aliás, foi desmentida.

Vale lembrar que não ainda não existe vacina contra o novo coronavírus. Apesar de inúmeros testes estarem sendo realizados, não há vacina com eficiência comprovada contra doença. Vale lembrar, ainda, que nenhum dos laboratórios que estão testando vacinas chegaram a falar em “implantação de microchips” (o que, diga-se de passagem, encareceria e muito os custos da vacinação e burocratizaria o processo).

Resumindo: a história que aponta que as vacinas contra o novo coronavírus virão com um microchip não só é falsa como também é um absurdo sem lógica publicado em um site de fake news e copiada de páginas do mesmo naipe.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2MF7olM

Confira também: 6 fake news sobre vacinas que circularam durante a pandemia

Confira também: 11 fake news sobre a China que circularam na web em 2020

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet