S.A.D.A.I. é uma doença que atinge pessoas com mais de 50 anos #boato

Boato – Doença conhecida como Síndrome de Atenção Desviada Ativada pela Idade (S.A.D.A.I.) atinge maiores de 50 anos e causa problemas na memória. 

O tema saúde nunca foi tão discutido como atualmente. A pandemia da Covid-19 não trouxe apenas cuidados relacionados à doença, mas também lembrou da importância de cuidarmos da saúde como um todo.

E sabemos que, conforme a idade avança, mais atenção precisamos ter com alguns aspectos. Segundo uma história que está circulando nas redes sociais, pessoas acima dos 50 anos estariam sofrendo uma doença que afeta a memória.

De acordo com a história, a doença conhecida como Síndrome de Atenção Desviada Ativada pela Idade (S.A.D.A.I.) faria com que pessoas acima dos 50 anos iniciassem uma atividade, mas desviassem a atenção conforme algo novo aparecesse. Com isso, segundo a história, as pessoas teriam a sensação de que não fizeram nada ao longo do dia, mas que, ao mesmo tempo, não pararam um minuto. Confira:

“Eu já estou assim…S.A.D.A.I. O que é isso? Somos nós. Pessoas com mais de 50 anos de idade. S.A.D.A.I. é a Síndrome de Atenção Desviada Ativada pela Idade. Ela se manifesta assim: Digamos que você decida lavar o carro. Ao caminhar para a garagem, você vê que há correspondência na caixa de correio. Por isso, você decide verificar primeiro a correspondência. Você deixa as chaves do carro em cima de um armário para jogar os envelopes vazios e anúncios no lixo e percebe que a lixeira está cheia. Na correspondência, você encontra uma fatura e decide aproveitar o fato de sair para levar o lixo, de ir ao banco, que está logo alí na esquina, para pagar a fatura. Você procura sua carteira no bolso, mas ela não está lá. Você sobe para o seu quarto para pegá-la e na mesinha de cabeceira, encontra uma lata de coca que estava bebendo um pouco antes e que havia esquecido lá. Você tira a latinha de lá, para procurar a carteira e sente que ela está quente. 

Aí você decide levar para a geladeira. Ao sair do quarto, você vê as flores que sua filha te deu na cômoda e lembra que tem que colocá-las na água. Você coloca a coca na cômoda e lá encontra os óculos que procurou a manhã inteira. Você decide levá-los para o escritório, após colocar as flores na água. Você vai até a cozinha procurar um vaso e pelo canto do olho vê um controle remoto. Lembra que ontem à noite você quase enlouqueceu procurando por ele e decide levá-lo para o quarto e coloca-lo no lugar dele !! Você põe seus óculos em cima da geladeira, não encontra nada para as flores, pega um copo alto e enche de água …por enquanto você decide de colocar as flores assim. Você volta para o quarto com o copo na mão, coloca o controle remoto na cômoda e coloca as flores no copo, que não é adequada e claro … você deixa cair muita água …Que chato!!! Pegua o controle remoto novamente e vai até a cozinha para pegar um pano. Deixe o controle remoto na mesa da cozinha e sai…………. 

Tenta se lembrar o que você deve que fazer com o pano que está em sua mão … Conclusão: *duas horas se passaram; *você não lavou o carro; *você não pagou a fatura; *a lata de lixo ainda está cheia; * A lata de coca cola está quente em cima da cômoda; *você não colocou as flores em um vaso decente; *você não sabe onde colocou sua carteira; *você não consegue mais encontrar o controle remoto da televisão; *você não consegue mais encontrar seus óculos; *Tem uma mancha no tapete do quarto e ……. *Você não tem idéia de onde estão as chaves do carro !! Você para para pensar: como pode ser? Eu não fiz nada durante o tempo todo essa manhã, mas eu não tive um momento de folga …… bah !! Faça-me um favor, mande esta mensagem de volta para quem você conhece porque eu não Eu me lembro mais para quem eu já enviei. Se houver alguém com menos de 50 anos, não ria, porque a síndrome vai atingi-lo TAMBÉM, inexoravelmente”.

S.A.D.A.I. é uma doença que atinge pessoas com mais de 50 anos?

A informação está fazendo sucesso nas redes sociais, em especial, no Facebook e já foi compartilhada dezenas de vezes. Apesar disso, a história não passa de balela.

Ao ler o texto, é possível perceber que ele apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, os erros de português, o pedido de compartilhamento e a falta de fontes confiáveis.

Além disso, sabemos que a memória de qualquer pode sofrer declínio, seja pela idade avançada ou por outras doenças. No caso da idade avançada, não só a memória pode ser afetada, como o restante do organismo. Isso ocorre, porque a velocidade de transmissão de um impulso nervoso entre os neurônios acaba diminuindo, levando à diminuição das habilidades cognitivas. Entretanto, essa situação pode ser minimizada. De acordo com médicos, pessoas que são ativas intelectualmente (leem e estudam bastante) tendem a atrasar as falhas de memória.

Apesar disso, essas falhas não são consideradas uma doença (ou síndrome). Pelo contrário, é algo completamente natural e faz parte do processo de envelhecimento. Por outro lado, existem casos onde a perda de memória pode ser preocupante (e nem sempre acontecem apenas entre os idosos). Dentre eles, estão distúrbios (como ansiedade, stress, depressão e transtorno bipolar), falta de sono adequado, sobrecarga mental, problemas hormonais e nutricionais e até doenças (como o mal de Alzheimer). Em situações assim, é importante consultar um médico e adotar hábitos de vida mais saudáveis.

Resolvemos procurar pela tal S.A.D.A.I. e descobrimos que ela não está catalogada na Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID). Ou seja, ela não existe. Ao buscar pelo nome da suposta síndrome em inglês, chegamos a um vídeo de 2004. O material é uma peça de humor do diretor Steve Pemberton e mostra os “perigos de envelhecer”. O vídeo leva o nome “Síndrome de Atenção Desviada Ativada pela Idade” e mostra, exatamente, os passos narrados no texto (isto é, uma pessoa que começa a fazer um monte de coisas, mas não termina nenhuma).

Em resumo: a história que diz a Síndrome de Atenção Desviada Ativada pela Idade (S.A.D.A.I.) é uma doença que atinge maiores de 50 anos é falsa! Ao procurar sobre a suposta doença na internet, descobrimos que ela não está catalogada na Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID). Isto é, ela não existe. Quando buscamos pelo nome da suposta doença em inglês, constatamos que a história, na realidade, surgiu a partir de uma peça de humor que foi lançada em 2004. Ou seja, a história não passa de balela. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK