Resolução 478 do STF isenta deputados, senadores e ministros de tomar vacina #boato

Boato – Senadores, deputados e ministros não precisam tomar a vacina, por causa da Resolução 478 aprovada pelo STF.

O aumento de casos pela variante Ômicron, no Brasil, tem preocupado diversos especialistas. De acordo com uma projeção realizada pela Universidade de Washington, em breve, o Brasil pode atingir mais de 1 milhão de infectados por dia.

A alta de casos tem se refletido no sistema de saúde do país. Segundo dados divulgados pela Fiocruz, nove estados e 10 capitais estão com alertas intermediários ou críticos na ocupação de leitos destinados ao tratamento contra a Covid-19.

Em meio a isso, diversas fake news sobre as vacinas continuam circulando na internet. E segundo uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, uma resolução aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) teria isentado deputados, senadores e ministros de tomarem a vacina. De acordo com a publicação, a resolução 478 isenta exclusivamente os políticos e os ministros do STF, enquanto o restante da população seria obrigada a tomar o imunizante. Confira:

“Como nós somos idiotas, né? Existe agora uma resolução isentando deputados, senadores e os ministros do STF de tomar a vacina. Por que será, né? A resolução 748, no seu artigo 99. Dá uma olhada lá, gente. Isso é um absurdo. E você tá aí fazendo propaganda pros seus filhos tomarem esse veneno. É uma coisa… eu não sei quem é mais estúpido: são os carrascos que estão nos conduzindo ao matadouro ou vocês que estão com os olhos fechados, com os braços cruzados, com os ouvidos tampados, não querendo aceitar a realidade. Estão se conduzindo aos matadouros e ainda levando seus filhos. Que Deus tenha misericórdia da sua alma, pela sua covardia. Um abraço a todos e que Deus nos abençoe”.

Resolução 478 do STF isenta deputados, senadores e ministros de tomar vacina?

A informação foi amplamente compartilhada nas redes sociais, em especial, no Twitter. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem da informação e de uma interpretação equivocada da resolução.

Para começo de conversa, as pessoas que estão disseminando essa fake news estão se baseando no argumento de que as vacinas fazem tão mal que nem os ministros do STF querem tomar o imunizante.

Mas isso não é verdade. Ao analisar a resolução 478, descobrimos que ela sequer possui 99 artigos. De acordo com o documento disponibilizado no site do próprio STF, a resolução 478 contém 25 artigos.

Se isso não bastasse, a resolução 478 não tem nada a ver com isentar deputados, senadores e ministros do STF de tomar a vacina contra a Covid-19. Na realidade, o documento estabelece as medidas e orientações para o retorno das atividades presenciais no Supremo Tribunal Federal (STF). A resolução 478 exige o comprovante de vacinação ou um exame RT-PCR negativo para entrar no STF. Não tem nada de isenção da vacina (até porque não existe a obrigatoriedade de vacina contra a Covid-19 no Brasil, ou seja, não teria lógica criar uma isenção para algo que não é obrigatório).

Em resumo: a história que diz que a resolução 478, aprovada pelo STF, teria isentado deputados, senadores e ministros de tomarem a vacina contra a Covid-19 é falsa! A resolução 478 não possui 99 artigos. Na realidade, o documento tem 25 artigos e fala sobre as orientações para o retorno das atividades presenciais no STF. Ele não isenta ninguém de tomar o imunizante. Até porque, apesar de ser fortemente recomendada, a vacinação contra a Covid-19 não é obrigatória no Brasil. Ou seja, a história não passa de balela.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso