Quebre o comprimido antes de tomar pois ele pode se expandir e matar #boato

Boato – Um vídeo alerta para que se quebre o comprimido antes de tomar, pois podem se expandir e causar a morte. Tome cuidado! Nas imagens, que chocaram a população em pouco mais de dois minutos, um homem abre e mostra os medicamentos sabotados. Tome cuidado!

Cuidar da saúde é um objetivo comum entre todos nós. Para isso, muitas vezes, precisamos tomar vacinas e remédios para eliminarmos alguma enfermidade e nos manter saudáveis. Mas e se, de repente, surgisse uma notícia assustadora de que esses meios aos quais recorremos poderiam estar sabotados e colocando em risco as nossas vidas? Foi o que aconteceu no nosso caso de hoje!

Começou a circular nas redes sociais, principalmente Facebook e WhatsApp, um vídeo que alerta para que se quebre o comprimido antes de tomar, já que ele supostamente pode se expandir e causar a morte. Nas imagens, que chocaram os internautas em pouco mais de dois minutos, um homem abre (literalmente) e mostra os medicamentos que estariam sabotados, deixando um alerta para que todos tomem cuidado! Veja o vídeo e o texto original da publicação que estão sendo compartilhados online:

Será Aviso Quebre o comprimido antes de comer, caso contrário você perderá sua vida. Este vídeo sacudiu o mundo inteiro em 2,17 minutos. Não esqueça de encaminhar após a visualização.

Quebre o comprimido antes de tomar pois ele pode se expandir e causar a morte?

Obviamente, esse vídeo viralizou na internet e deixou muitas pessoas em alerta para a toma de comprimidos que possam estar sabotados e colocando em risco a sua vida, inclusive de crianças. Mas a pergunta que fica é: será mesmo que essa história de quebrar o comprimido antes de tomar, já que ele pode se expandir e causar a morte, é mesmo verdade? A resposta é NÃO! E nós te provamos o porquê a partir dos seguintes fatos.

O primeiro deles é que a mensagem da publicação que está rodando os quatro cantos da web carrega todas as características de boatos: é vaga (não fornece informações sobre o assunto), alarmista (principalmente, porque trata a questão do vídeo como grande problema, sem explicar os motivos), pede compartilhamentos e, ainda, não cita fontes confiáveis que possam dar credibilidade ao que está sendo noticiado.

Em segundo lugar, ao buscarmos pelo vídeo e pelo tal comprimido sabotado, descobrimos que não tem nada a ver com isso. O vídeo original, que você pode ver nesse link aqui, na realidade, já circula a internet desde meados de 2017, com esse tipo de alerta falso e, inclusive, já foi desmentido por outro site de fact-checking, como você pode ver aqui.

A verdade é que não existe nenhum medicamento sabotado. O que o homem mostra nas imagens é um papel toalha projetado na forma de comprimidos, que é vendido de forma compactada para facilitar o transporte. Ao molhá-lo um pouco em água, é possível expandir o papel toalha comprimido e abri-lo para um uso mais fácil.

A empresa fabricante desse produto no país de onde saiu o vídeo é a Zota Healthcare e o chama de Magic Tissue Paper (em tradução para o português, “Lenço de Papel Mágico”). Na embalagem, a empresa até deixa uma mensagem de aviso alertando que não são comprimidos para consumo humano.

Hoje em dia, esse tipo de comprimido que vira papel toalha é bastante comum e fácil de ser encontrado à venda, em sites como Mercado Livre e AliExpress, por exemplo. No entanto, sobre o alerta dessa história toda para se quebrar o comprimido (de verdade) antes de tomar, vale destacar que, ao contrário do que foi dito, essa não é uma prática recomendada pelos médicos.

Ao partir o comprimido, além de não garantir a toma da dose correta orientada pelo médico, o que pode prejudicar o tratamento, ainda pode deixar o paciente vulnerável a uma superconcentração do medicamento e, consequentemente, ao risco de intoxicação (saiba mais aqui e aqui). Então, tome cuidado!

Resumindo: Essa história de comprimido falso, que foi sabotado e que causa a morte, não é verdade. Trata-se de um papel toalha compactado, vendido em forma de comprimido para facilitar o transporte, que é bem comum. Portanto, se surgir a dúvida, a recomendação é sempre ler a embalagem antes para saber se comprou um remédio ou um papel toalha.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)