Povo de Araraquara está passando fome por causa do lockdown total #boato

Boato – O povo de Araraquara está passando fome por causa do lockdown total. Em vídeo, é possível ver as pessoas fazendo fila para receber as doações. Brasil virando uma Venezuela!

Há mais de um ano, nossa equipe vem combatendo uma epidemia que ganhou ainda mais força com a pandemia da Covid-19: dos boatos online com teorias negacionistas sobre as medidas de proteção contra o coronavírus.

Nosso desmentido de hoje é mais um dessa categoria. Uma publicação que começou a circular principalmente no Facebook dá conta de que o povo de Araraquara (SP) estaria passando fome por causa do lockdown total. A informação está sendo compartilhada através de um vídeo, com duração de quase quatro minutos, em que um homem aparece mostrando uma extensa fila e pessoas aglomeradas supostamente para receber as doações.

Enquanto grava as imagens, ele alega que a situação seria resultado da “administração petista” no município paulista. “Aqui, nós estamos em Araraquara. Isso aqui, sabe o que é? Administração petista. Isso é resultado, tá? Outra coisa: vocês acharam o que? Que era o lockdown, né? Olha o lockdown. Tá bonitinho, né? Olha o lockdown, que bonito. Coisa linda, né?”, diz ele em um trecho do vídeo. Confira, a seguir, o texto original da publicação que está rodando online:

População de Araraquara/São Paulo, PASSANDO FOME, graças à Administração Petista, enfrentando fila para receber ajuda de alimentos doados pelo Governo Bolsonaro – BRASIL VIRANDO UMA VENEZUELA. 01.05.2021 VÁ ÀS RUAS LUTAR PELO SEU PAÍS, pela SUA LIBERDADE e pelo SEU SUSTENTO, EXIGINDO o RESTABELECIMENTO do 5°. Artigo da Constituição do Brasil. #EuAutorizoPresidente

Povo de Araraquara está passando fome por causa do lockdown total?

A postagem com o conteúdo viralizou rapidamente, alcançando uma média de 3,3 mil reações e vários comentários em, aproximadamente, dois dias. No entanto, a história não procede.

Embora, de fato, ter ocorrido uma ação, não teve nada a ver com lockdown total e muito menos com qualquer iniciativa do governo local para ajudar pessoas que estão supostamente passando fome. Na verdade, a distribuição de alimentos para a população de Araraquara, cidade localizada no interior de São Paulo, foi realizada pela Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), na última quinta-feira (29).

Na ocasião, cerca de 100 toneladas de verduras, legumes e frutas foram arrecadados para ajudar famílias de Araraquara em situação de vulnerabilidade social no município. Porém, a ação, de acordo com reportagens (e como mostra o vídeo que está circulando nas redes sociais), está sendo explorada para criticar o lockdown, inclusive, pelo próprio presidente Jair Bolsonaro.

Apesar disso, sequer há provas de que o lockdown estaria fazendo as pessoas passarem fome em Araraquara. Primeiro porque, como bem apontou a matéria do portal G1, a distribuição não se restringiu à cidade. No texto, foi citado que é a quarta ação do tipo e que, antes de Araraquara, as cidades de Aparecida (SP) e Potim (SP) receberam doações, além das aldeias indígenas Tenonde Porã e Krukutu, situadas na Região Metropolitana de São Paulo (SP).

Ou seja, a fome é um problema que se estende também às cidades que não fizeram lockdown total. Aliás, antes da pandemia, já existiam pessoas passando fome e fazendo fila para receber alimentos em ações do tipo em São Paulo, como esta que aconteceu em 2017, além desta e desta aqui, ambas ocorridas em 2018.

Obviamente, a pandemia de Covid-19 ajudou a piorar a situação, mas o problema da miséria do Brasil é muito mais complexo do que apontar como motivo o de “fecharam tudo”. Além disso, ao jornal Folha de S. Paulo, o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), disse que as pessoas da cidade já foram ajudadas algumas vezes e que não seria preciso “gerar a fila e a aglomeração”.

Além do mais, o site UOL também checou e desmentiu a informação sobre a suposta situação de “fome por causa lockdown total em Araraquara”, como fala o homem no tal vídeo. Lá, eles apontaram que o próprio prefeito explicou que as doações organizadas pela Ceagesp são recorrentes (o que já derruba a tese de que a fome seria um problema pós-decreto de lockdown no município) e confirmaram tudo ao encontrarem no site da prefeitura, de fato, ações semelhantes organizadas desde 2017.

Por fim, vale lembrar que, além da vacina, uso de máscara, distanciamento social e higienização frequente das mãos (com água e sabão ou álcool gel), o distanciamento social é uma medida de combate eficiente e de extrema importância para evitar o aumento de infecções pela Covid-19, sendo recomendada por autoridades de saúde do mundo todo para controlar a pandemia, principalmente em momentos críticos de superlotação de hospitais e escalada de novos casos, como aconteceu em Araraquara. Prova disso é que a ação vem gerando resultados positivos por lá. O mesmo aconteceria se todos os estados adotassem ao lockdown total no Brasil, o que poderia fazer a pandemia arrefecer e a economia se recuperar mais rapidamente.

Resumindo: A publicação que dá conta de que o povo de Araraquara está passando fome por causa do lockdown total não é verdadeira. A situação de miséria no município sempre existiu (até mesmo antes da pandemia) e, por esta razão, as ações de distribuição de alimentos no local são recorrentes e sempre geraram filas. O que muda é que agora estão sendo exploradas por grupos negacionistas para criticar o lockdown.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1