Paracetamol P/500 contém vírus machupo, que é mortal #boato

Boato – A Rádio Nacional de Angola informou que o novo Paracetamol está vindo com vírus machupo, um dos mais perigosos do mundo. Não tomem. Em agosto de 2017, a história voltou a circular e continua sendo falsa. 

Alô irmãos lusófonos de Angola. Aqui do Brasil, nós do Boatos.org saudamos vocês. É isso mesmo. O boato que vamos desmentir hoje vem da África, agora começa a circular pelo Brasil e fala sobre um remédio muito conhecido por aqui: o paracetamol.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/39Tje3u

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De acordo um texto que circula por blogs, redes sociais e WhatsApp, a Rádio Nacional de Angola alertou a população para não tomar o novo paracetamol (mais branco e brilhante). O motivo é que ele tem um vírus mortal junto a ele: o machupo. Leia texto que circula online:

Confira o nosso desmentido em vídeo

Confira o desmentido em vídeo do boato da dipirona da Venezuela

AVISO URGENTE.Cuidado não tome o paracetamol que vem escrito P/500. É um novo paracetamol , muito branco e brilhante, os médicos provam que contêm vírus “Machupo”, considerado um dos vírus mais perigosos do mundo. E com alta taxa de mortalidade. Por favor partilha esta mensagem, para todas as pessoas e familiares. E salve vida das mesmas…..Eu fiz a minha parte, agora é a sua Vez… lembre-se que Deus ajuda quem se ajuda fiquem atentos irmãos..

Paracetamol P/500 contém vírus machupo, que é mortal?

Olha que interessante. Tanto no Brasil como em Angola, o jeito que os boatos são escritos são muito parecidos. E como você deve imaginar, a história não passa de um boato. Vamos aos fatos.

Para começar, a forma que o texto é escrito já entrega o boato. O caráter alarmista, os erros de português e o incisivo pedido de compartilhamento denunciam a farsa. E um detalhe raro em boatos também nos ajuda a esclarecer: a citação à fonte.

Como o texto é atribuído à Rádio Nacional de Angola, tentamos ver se tinha alguma informação a respeito do assunto na página deles. Como era de se imaginar, nada foi encontrado.

Outro detalhe: Mesmo que a tal rádio tivesse alertado, seria cientificamente impossível que o vírus sobrevivesse tanto tempo em um comprimido. De acordo com este texto, o Machupo é transmitido de humanos para humanos e por meio de roedores. Outro detalhe: ele só existe na América do Sul e Central.

Por fim, a mesma história já circula na internet há alguns anos. A única diferença era o local e o vírus. A história, em 2011, circulava por Moçambique (um abraço para os moçambicanos que acessam o Boatos.org) e o vírus citado era o ebola. A história foi, também, desmentida na época.

Resumindo: não tem vírus nenhum no paracetamol P/500. Se você estiver com dor de cabeça pode tomar (ou não, se não quiser) o remédio. A história do machupo é só um boato que circula online.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)