Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > OMS alerta que pais devem manter crianças longe da “vacina perigosa contra Covid-19” #boato

OMS alerta que pais devem manter crianças longe da “vacina perigosa contra Covid-19” #boato

OMS alerta que pais devem manter crianças longe da “vacina perigosa contra Covid-19” , diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Agora, a OMS resolveu alertar os pais para manter as crianças longe da “perigosa vacina contra a Covid-19”.

Felizmente, a pandemia da Covid-19 parece, de fato, estar chegando ao fim. Muito sobre isso pode ser atribuído à vacinação em massa e medidas de proteção tomadas por parte da população. Mesmo assim, ainda tem gente que continua jogando contra.

Um site famoso por lançar informações falsas e/ou distorcidas publicou que a OMS deixou de recomendar a vacina contra a Covid-19 para crianças. A Organização Mundial da Saúde também teria dito que a vacina seria perigosa. Leia a mensagem que circula online:

OMS agora alerta os pais para manter seus filhos longe da ‘vacina perigosa do COVID’ A Organização Mundial da Saúde (OMS) agora está pedindo aos pais que mantenham seus filhos longe da ‘vacinação COVID-19 potencialmente perigosa’.

OMS alerta que pais devem manter crianças longe da “vacina perigosa contra Covid-19”?

Vídeo: é falso que decreto permite confisco de doações para colocar "selo do PT"

Entre grupos antivacinas, a história circulou com muita força na internet. Porém, trata-se de mais uma fake news sobre a vacinação (que felizmente estão se encerrando). Para chegar à veracidade da informação, precisamos apenas seguir alguns passos.

O primeiro deles foi ver qual era a fonte da informação. Não nos surpreendemos quando chegamos a um site negacionista que vive espalhando informações falsas na internet. De lá saíram informações falsas de que, por exemplo, as vacinas causavam aids, e outros absurdos.

Ao buscar sobre qualquer informação a respeito da tal recomendação, nada encontramos. Descobrimos, aliás, que a mensagem é uma distorção de uma recomendação recente da Organização Mundial da Saúde.

Na realidade, a OMS, em março de 2023, atualizou as recomendações sobre a vacina. Neste sentido, a autoridade em saúde apontou que crianças entre 6 e 17 anos não precisam mais do que as duas doses iniciais + a de reforço.

O motivo passa longe dos riscos da vacina. Na realidade, a OMS aponta que é importante concentrar, neste momento de pandemia, os imunizantes para grupos de maior risco (como idosos). Em nenhum momento foi dito o motivo seriam o “perigo das vacinas”. Isso é papo de negacionista.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que a OMS alertou que as vacinas são perigosas e que por isso não recomendou os imunizantes para crianças. Trata-se de uma fake news criada por um site negacionista.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 9275-5610

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/41sX0QS
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso