Melancia rachada tem veneno chinês que causa câncer #boato

Boato – Em vídeo, homem alerta para que pessoas não comprem melancia rachada, pois elas estão contaminadas com um veneno chinês que causa câncer.

Quando crianças, sempre tentávamos entender a fixação da Magali, da Turma da Mônica, por melancias. Mas, no verão, com todo esse calor, fica fácil compreender os motivos dessa paixão.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

Constituída por cerca de 90% de água, a melancia pode ser bastante refrescante e é uma ótima opção para os dias de calor. Porém, de acordo com uma publicação nas redes sociais, as pessoas precisam ficar atentas na hora de comprar a fruta.

Segundo a postagem, que mostra um homem falando para a câmera, as pessoas devem ficar longe de melancias rachadas. Isso porque elas estariam contaminadas por veneno chinês que poderia causar câncer e erosão no estômago. Confira:

Comprei uma melancia do tamanho de uma roda de um caminhão por R$10. Na verdade, nem foi R$10, foi R$9,90. Cheguei em casa, abri a melancia, assustei com a melancia. Ó, por dentro da melancia, olha só. A melancia é enorme, ó. Do tamanho do meu braço a melancia, a melancia é enorme. Mas por dentro da melancia, tinha essas rachaduras, olha.

Rachaduras que cabe uma mão, olha. Uma mão. Fui ver: será que isso é normal, a melancia ter uma rachaduras dessas? Fui pesquisar e isso é veneno demais que colocaram na plantação de melancia! Um veneno chinês que chegou esse ano no Brasil. Ele dobra o tamanho da melancia… é envenenando. Se a melancia estiver com essas rachaduras e sementes brancas, é veneno puro. Causa câncer e erosão na parede do estômago. Que que você acha disso, hein? Compartilhe o vídeo.

Melancia rachada tem veneno chinês que causa câncer e erosão no estômago?

Por ser uma fruta muito comum no verão brasileiro, o vídeo deixou muita gente chocada e preocupada com a informação. Mas será que os brasileiros realmente precisam se preocupar com as melancias contaminadas com veneno chinês? A resposta é não e a explicação você confere a seguir.

Vamos lá! Para começo de história, a mensagem segue aquele velho roteiro de boatos online: é vaga (não fala onde, como e muito menos quando a melancia foi comprada), alarmista, possui erros de português, pede por compartilhamentos e não cita fontes confiáveis. Ou seja, um “pacotão” de desconfianças.

Além disso, o próprio vídeo também apresenta alguns “escorregões”. Para começar, ele parte do pressuposto de que as melancias começaram a aparecer rachadas no Brasil apenas em 2018. Mas a triste realidade é que (oh, que pena) sempre existiram melancias com rachaduras.

Após uma pesquisa rápida, descobrimos possíveis causas para a situação. Dentre elas, o excesso de umidade no solo, bem como a deficiência de cálcio no solo. Ou seja, explicações muito mais plausíveis que uma contaminação “por veneno”.

Resolvemos, então, procurar por histórias envolvendo melancias e “veneno chinês”. Descobrimos dois conteúdos que podem ter sido a fonte para o boato. O primeiro deles mostra que, de fato, houve um incidente envolvendo melancias e um produto na China. Porém, nada de veneno. Nesse caso, os produtores usaram um acelerador de crescimento e, após atrasarem a colheita, as melancias “explodiram”.

Já o segundo foi um texto publicado em um site de fake news, utilizando o ocorrido na China e alertando que o acelerador utilizado na fruta pode causar problemas de saúde. O fato é que não existe nenhum estudo que comprove que o tal acelerador causa câncer ou qualquer tipo de erosão no estômago. Ou seja, o conteúdo é completamente alarmista.

Em resumo: a história que diz que melancias estão rachadas por conta de um veneno chinês que pode causar câncer e erosão no estômago é falsa! A explicação técnica para as rachaduras envolvem excesso de água no solo ou deficiência de cálcio no terreno. Além disso, a história surgiu de uma situação real, mas que não envolveu veneno que causa problemas de saúde. Sendo assim, #boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.