Leite Godam está envenenado e causa doenças em pessoas e animais #boato

Boato – Atenção! O leite da marca Godam está vindo das fábricas envenenado e está causando doenças em crianças, adultos e animais. Não bebam porque a fábrica fechou.

Sabe aquela história do “pior que tá, não fica” (apud Tiririca)? Com certeza, ela não se aplica para a empresa de alimentícios Godam, do Rio de Janeiro. No dia 6 de junho de 2018, a Polícia Civil fechou a fábrica da empresa na cidade de Sapucaia (RJ). O motivo? Dois lotes de leite vendidos como integral eram, segundo fiscais da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (SEAPPA), adulterados (tinham características de leite desnatado). A matéria gorda era retirada para fazer manteiga e, em seu lugar, era posto água. A quantidade seria de 44%.

Tudo que descrevemos foi real. Mas a partir da notícia do fechamento da fábrica, uma mensagem começou a se espalhar no Facebook e no WhatsApp. Junto a uma foto do leite Godam, havia a informação de que ele estava chegando às prateleiras dos mercados envenenado. Leia:

É verdade!passou no jornal Bom dia Rio,fecharam a fábrica.Este leite está causando doenças em crianças ,adultos e animais ! Em todo mundo ! Não bebam está envenenado ! A fábrica fechou hoje Quarta feira 06/06/2018 ! *NÃO bebam*

Leite Godam está envenenado e causando doenças em crianças, adultos e animais?

O tal alerta se espalhou muito na internet. Mas será mesmo que o leite envenenado está chegando às prateleiras? Apesar de toda a base do alerta ser um fato verdadeiro, a história é falsa. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Nesta história de fact-checking (preferimos chamar de averiguação, mas tudo bem), o mais difícil é separar o joio do trigo. É difícil, mas é necessário. E o fato é que o Leite Godam está, sim, com problemas. Porém, não está indo para as prateleiras envenenado.

Como falamos no início do texto, as acusações que fizeram a fábrica ser fechada (e se a empresa conseguir resolver os problemas, será reaberta) são a adulteração no leite integral (que, como o nome diz, deveria ser entregue com nata, parte gorda e etc) e a inclusão de água (que é proibida por lei, como essa do Paraná). Ou seja: de fato, o produto não se mostrou, para os fiscais, como da melhor qualidade.

Dentre as acusações, não consta a de que o produto estava indo para as prateleiras envenenado. Por mais que colocar água no leite e retirar a gordura seja uma falta grave, envenenar o produto (no dicionário, colocar veneno em algo) é algo muito pior. E não é o caso do leite Godam.

Tentamos procurar por casos de pessoas com doenças graves por causa do leite (algo que foi descrito genericamente na mensagem que, por sinal, tem as principais características de boatos online) e, como era de se esperar, não encontramos nenhum. Tampouco achamos qualquer óbito causado pelo leite.

Resumindo: de fato, a justiça fechou a fábrica do leite Godam, em Sapucaia (RJ). Porém, a informação que aponta que a empresa está envenenando o produto para deixar as pessoas doentes é falsa. Não passa de mais um boato que circula na internet.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)