Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Hospital Santa Maria não divulgou texto com recomendação que se tome duas aspirinas no caso de infarto

Hospital Santa Maria não divulgou texto com recomendação que se tome duas aspirinas no caso de infarto

Hospital Santa Maria recomendou que se tome duas aspirinas no caso de infarto, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O Hospital Santa Maria orientou que as pessoas tomem duas aspirinas assim que sentirem sintomas de infarto (ataque cardíaco). 

  Introdução

Alguns momentos críticos exigem ações rápidas. Casos de infartos ou de Acidentes Vasculares Cerebrais são exemplos. E, neste contexto em que informação é importante, uma história começou a circular na internet.

Um texto atribuído ao “hospital Santa Maria” (um nome um tanto quanto genérico, aliás) está circulando com a informação de que uma das formas de se prevenir durante um infarto é tomar duas aspirinas ao sentir uma dor no peito. Também é dito que não se pode deitar após ter os sintomas. Leia:

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

DO HOSPITAL SANTA MARIA – Em caso de ataque cardíaco – Como usar a aspirina no ataque cardíaco, em caso de emergência Uma Nota importante sobre OS ataques cardiacos: Pode não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardiaco enquanto dormiam, já não se levantaram. Porém, a dor no peito pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um pouco de água. Em seguida, ligue para o 112 e diga ‘ataque cardiaco’ e que tomou 2 Aspirinas. Sente-se numa cadeira ou sofá e espere pela chegada do pessoal da Emergência do 112 e NÃO SE DEITE!!!! Um cardiologista afirmou que, se cada pessoa receber este mail e o enviar para mais 10 pessoas, pelo menos uma vida poderá ser salva! Eu fiz o meu trabalho! Espero que faças o teu.

  Análise

A mensagem tem algumas características de fake news como o caráter alarmista e os erros de português. Também percebemos que a citação ao número de telefone 112 denota que a mensagem se origina em Portugal (aqui no Brasil os números de emergência são outros).

Não é de hoje que dicas mirabolantes são compartilhadas em nome de instituições. Temos, por exemplo, mensagens durante a pandemia atribuídas a hospitais, médicos e até a operadoras de plano de saúde.

Na parte da checagem, vamos verificar as seguintes informações: 1) O hospital Santa Maria (ou algum hospital com este nome) deu a tal recomendação? 2) É recomendado tomar duas aspirinas após sentir sintomas de ataque cardíaco? 3) O que devemos fazer ao sentir sintomas como estes?

Checagem

O hospital Santa Maria (ou algum hospital com este nome) deu a tal recomendação?

Não, definitivamente. Conforme nossas desconfianças, o hospital citado fica em Portugal. Nas nossas buscas, encontramos duas checagens (uma do Observador e outra do Polígrafo) em que pessoas da instituição negam ter feito a recomendação. No Brasil, ocorreu o momento: nada temos de um “hospital chamado Santa Maria” recomendando a automedicação.

É recomendado tomar duas aspirinas após sentir sintomas de ataque cardíaco?

A ação é controversa (assim como muitas coisas na medicina). É fato que o medicamento é utilizado no tratamento em casos de infartos. Por conta da ação direta no sangue, ele diminui os trombos.

Por outro lado, há riscos na automedicação. O primeiro deles é que nem todo infarto é idêntico. Conforme apontam os sites, se a aspirina for tomada no caso de, por exemplo, um AVC hemorrágico, a situação pioraria muito. Ou seja: a aspirina faz parte do tratamento, mas há de se tomar cuidado com “a dica”.

O que devemos fazer ao sentir sintomas de infarto?

A primeira ação (conforme aponta a mensagem), é procurar ajuda médica. Deve-se ligar para telefones de emergência. Também se deve tentar acalmar a vítima. Em caso de ela desfalecer, é preciso realizar procedimentos de recuperação cardíaca. Quanto à questão da aspirina, há quem recomende e a quem não recomende.

Conclusão

Fake news ❌

A recomendação de se tomar aspirina após um infarto existe, mas não é consenso (principalmente se não existir a certeza de que se trata de um infarto). O que podemos cravar é que é falso que o Hospital Santa Maria teria feito tal recomendação.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm