Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Governo da Alemanha não admitiu que a pandemia da Covid-19 não existiu

Governo da Alemanha não admitiu que a pandemia da Covid-19 não existiu

Governo da Alemanha admitiu que não houve pandemia da Covid-19, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – Dados do governo da Alemanha mostram que teóricos da conspiração estavam certos sobre da Covid-19 e que nunca houve pandemia.

Análise

Certos assuntos fizeram tanto estrago nas redes sociais que, mesmo com o passar do tempo, ainda seguem tendo visibilidade na internet. E óbvio, provocando caos e desinformação entre os usuários.

Exemplo disso é a história de hoje. De acordo com uma história que está sendo compartilhada nas redes sociais, dados do governo da Alemanha mostram que a pandemia da Covid-19 foi uma farsa.

Segundo a história, o governo da Alemanha admitiu que os teóricos da conspiração estavam certos sobre a pandemia da Covid-19. Ainda segundo a publicação, os dados mostram que a Suécia, que teria sido o único país europeu livre de máscaras e de confinamentos, teve um desempenho frente à Covid-19 melhor do que a Alemanha. Confira:

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

“GOVERNO ALEMÃO ADMITE QUE NÃO HOUVE PANDEMIA. Grandes notícias vindas da Alemanha, já que o governo federal foi forçado a admitir que os chamados “teóricos da conspiração” estavam certos sobre tudo durante a pandemia de Covid.

Na verdade, de acordo com os dados do governo alemão, não houve qualquer pandemia, apenas uma operação psicológica de nível militar fortemente coreografada para fazer lavagem cerebral nas massas para que aceitassem uma vacina experimental com consequências desastrosas.

Estes documentos secretos do governo alemão obtidos através de um pedido de liberdade de informação e subsequente processo judicial explodiram as mentiras da elite global sobre a Covid e é de vital importância que o maior número possível de pessoas seja informado da verdade”.

A história foi amplamente compartilhada nas redes sociais, especialmente, no X (antigo Twitter) e circulou bastante em grupos conspiratórios. Apesar disso, a história apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista e a falta de notícias sobre o assunto em veículos de comunicação confiáveis.

A partir daí, procuramos por mais informações sobre o assunto e vamos te explicar, passo-a-passo, os motivos para não acreditar nessa história: 1) O governo da Alemanha admitiu que não houve pandemia? 2) Por que é falso que o governo da Alemanha admitiu que não houve pandemia? 3) Faz sentido dizer que não houve pandemia da Covid-19?

Checagem

O governo da Alemanha admitiu que não houve pandemia?

Não. Apesar da história citar o governo da Alemanha, a informação não consta em nenhuma fonte confiável. Toda essa história surgiu em uma fonte não confiável: um site que costuma publicar teorias da conspiração. Além disso, a história acabou sendo desmentida em diversas páginas de checagem, em inglês e em espanhol.

De acordo com a página AAP, da Austrália, a história se baseia em uma série de documentos que foram divulgados pelo Instituto Robert Koch (RKI), uma agência do governo alemão responsável pela saúde pública e pelo controle de doenças. Segundo a AAP, os documentos descrevem o protocolo da avaliação de risco sobre a Covid-19, em meados de 2020. Os documentos também incluíam as atas de reuniões da equipe de crise do RKI Covid.

a página Maldita, da Espanha, estudou todos os documentos e descobriu que não existe nenhuma evidência de que não a pandemia da Covid-19 foi uma farsa. Além disso, a página de fact-checking também escutou o Ministério da Saúde alemão, que destacou que o aumento da classificação de risco foi feito com base em avaliações e estimativas. Se isso não bastasse, a Maldita também mostrou que não existem provas de que o chanceler da Embaixada da Alemanha publicou um tuíte afirmando que “não houve pandemia”.

Enquanto isso, o site de fact-checking Myth Detector, da Alemanha, explicou que a página e o homem responsáveis por publicar a informação, frequentemente, espalham histórias falsas na internet e na mídia, mantendo relação com mídias do “Movimento Conservador”.

Por que é falso que o governo da Alemanha admitiu que não houve pandemia?

Como citamos anteriormente, o documento usado como prova não apresenta nenhuma evidência de que a pandemia da Covid-19 foi uma farsa. Além disso, muitas das informações contidas no documento foram retiradas de contexto, como a passagem que afirma que “as consequências do confinamento tem, em parte, consequências mais graves do que a própria Covid”.

De acordo com a página de fact-checking Maldita, essa citação se referia ao continente africano e fala sobre os problemas que o confinamento poderia causar no tratamento e nas campanhas de vacinação contra doenças infecciosas, como a tuberculose.

Faz sentido dizer que não houve pandemia da Covid-19?

Definitivamente não! Quem defende esse tipo de história absurda são pessoas que acreditam em teorias da conspiração, como o movimento antivacina, e grupos que possuem interesses políticos. A pandemia da Covid-19 foi uma situação real e que ocasionou milhares de mortes. Profissionais da área da saúde foram levados ao extremo, hospitais sofreram com a falta de insumos (como cilindros de oxigênio) e a população foi afligida com a falta de leitos, medicamentos e de empregos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 7 milhões de mortes por Covid-19 foram registradas no mundo todo. Mas segundo a OMS, o número real pode ser 3 vezes maior. Continuar negando a pandemia da Covid-19, em pleno 2024, além de ser extremamente cruel com quem perdeu pessoas próximas, também é uma enorme falta de respeito com quem precisou trabalhar na linha de frente contra a Covid-19.

Conclusão

Fake news ❌

O governo da Alemanha não admitiu que a pandemia da Covid-19 foi uma farsa e nem deu razão aos teóricos da conspiração. O documento citado na história não possui evidências de que a pandemia da Covid-19 não existiu. Além disso, também não apresenta provas de que o governo da Alemanha tenha admitido que a pandemia da Covid-19 foi uma farsa.

Se isso não bastasse, os dados presentes no documento foram retirados de contexto. Por fim, a página que fez a “denúncia” é uma antiga conhecida dos checadores de informação por compartilhar teorias da conspiração e informações falsas.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).