Frango recebe esteroides, antibióticos e hormônios e causa câncer, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra frango recebendo esteroides, antibióticos e hormônios. Ele recebem três doses e por isso vivem só 30 dias e causam câncer em uma a cada quatro pessoas.

Que os cuidados com a alimentação são primordiais para a nossa saúde, todo mundo sabe. O grande problema é que nem todo o alerta que circula sobre os perigos da alimentação são reais. E, na história de hoje, temos uma denúncia de dar arrepios em qualquer pessoa: a de que a carne de frango causa câncer por receber esteroides, antibióticos e hormônios.

A mensagem, que cita o hospital Memorial Tata (localizado em Mumbai, na Índia), dá conta de que os frangos recebem três doses de esteroides sintéticos, antibióticos e hormônios do crescimento no período de 30 dias. Essa quantidade seria tão grande que seria preciso abatê-los rápido antes que morressem. O texto diz ainda que “é por isso que uma a cada quatro pessoas têm câncer”. A “prova de tudo” seria um vídeo. Leia e assista:

Três doses de esteróides sintéticos, antibióticos e hormônios do crescimento são bombeadas para cada galinha por dia durante 30 dias, apenas para engordá-las. Posteriormente, as aves devem ser vendidas entre o período de 30 a 40 dias, o que, por sua vez, morre por terem sido bombardeadas pela mistura venenosa acima. Quando esses frangos são consumidos, as conseqüências para os consumidores são não apenas alarmantes, mas desastrosas. Os proprietários de galinheiros, suas famílias e trabalhadores nunca consomem esses pássaros, pois estão plenamente conscientes disso.

Em palavras simples e simples, esses pássaros são cancerígenos. Todos os oncologistas estão cientes da situação. Você sabia que um em cada quatro seres humanos tem câncer. Para confirmar, verifique com o seu. O Hospital Memorial Tata solicita que todos assistam ao vídeo sem excluir. Este não é um avanço normal. É algo muito importante. Solicite espalhá-lo em seus outros grupos.

Vídeo mostra frango recebendo esteroides, antibióticos e hormônios que causam câncer?

A informação circulou em redes sociais brasileiras e no exterior. Mas será mesmo que é real a história que aponta que a carne de frango causa câncer porque os animais recebem uma grande quantidade de esteroides, antibióticos e hormônios? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, a mensagem já nos causou desconfiança. Isso porque ela tem algumas das principais características de boatos. Ela é vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e não cita fontes confiáveis. Só isso já nos obriga a fazer uma segunda busca. E foi aí que achamos diversos furos na tese.

O primeiro é em relação ao vídeo em si. Ao contrário do que apontava a mensagem, não são esteroides ou antibióticos ou hormônios que estão sendo aplicados nos frangos. De acordo com entrevista feita pelo site Taiwan fact-checking, o vídeo mostra uma vacinação em recém-nascidos.

O especialista entrevistado pelo site também apontou que os frangos não recebem antibióticos quando não estão doentes e que a média de tempo de vida dos animais até o abate não é 30 dias. Apenas uma raça, o frango branco, vive quase esse período: 35 dias (as outras vivem três a seis meses). Por sinal, isso acontece por causa da alimentação e não por causa de hormônios.

Vale dizer que, no Brasil (conforme já explicamos em um boato muito parecido com esse), não é permitido o uso de hormônios na alimentação de frangos. “Essa matéria da Folha explica que o uso de hormônios é um mito. Essa matéria do O Globo endossa a informação. Por fim, o site mineiro UAI aponta que o uso de esteroides na alimentação de animais é crime”, falamos na ocasião.

Sobre a incidência de câncer no mundo, percebemos um pequeno exagero. Em vez do “um a cada quatro pessoas vão ter câncer”, o número certo seria, de acordo com essa matéria, “um a cada cinco homens” e “uma a cada seis mulheres”.

Aliás, como muita gente sabe, não é possível falar sobre apenas um fator como causa da doença. Um câncer é resultado de diversos fatores como, por exemplo, hereditariedade, hábitos e idade. Não dá para falar “fiquei com câncer por causa do frango”.

Vale dizer que procuramos em relação aos alertas contra o frango e seus hormônios nas páginas relacionadas ao Tata Memorial Hospital e nada encontramos. Ou seja: a informação não consta na fonte citada.

Resumindo: a história que aponta que a carne de frango causa câncer por receber esteroides, antibióticos e hormônios é falsa. O vídeo não mostra o que é descrito, as fontes citadas não têm nenhuma informação sobre o assunto e, no Brasil, a legislação sequer permite o uso desse tipo de produto nos animais.

P.S.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/39Tje3u

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet