Fórum Econômico Mundial (WEF) contratou pilotos não vacinados para a viagem a Davos #boato

Boato – Klaus Schwab e membros do Fórum Econômico Mundial (WEF) de Davos decidiram contratar apenas pilotos não vacinados por causa do “grande risco” da vacina contra a Covid-19.

Já faz algum tempo que a pandemia da Covid-19 deixou de ser o principal assunto nos noticiários. Muito disto se deve à vacinação em massa. Mesmo assim, ainda estamos vendo algumas fake news sobre o tema circulando em “sites especializados” na internet.

A última das histórias encontra um link no Fórum Econômico Mundial (em inglês, a sigla é WEF) que começa nestes dias em Davos (Suíça). De acordo com um texto publicado em um site antivacinas, Klaus Schwab teria escolhido apenas pilotos não vacinados. O motivo? A segurança dos passageiros. Leia:

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

WEF contrata pilotos não vacinados para levá-los a Davos: “A segurança de nossos membros é a prioridade número 1”. Klaus Schwab proibiu pilotos vacinados de transportar membros do Fórum Econômico Mundial para dentro e fora de Davos devido ao risco de segurança que representam.

Fórum Econômico Mundial (WEF) contratou pilotos não vacinados para a viagem a Davos?

É incrível como pautas antivacinas ainda têm tração entre alguns grupos. A prova disso está no fato da história em questão, mesmo publicada em um site conhecido por espalhar fake news do tipo, estar viralizando com todas as forças na internet. E, sim, se trata de mais uma mentira.

Para chegar à solução, resolvemos buscar por informações sobre a fonte do causo. O que foi publicado no site brasileiro (que já publicou diversas outras fake news sobre vacinas) foi a tradução de um artigo em um site em inglês que também vive publicando desinformação.

Ao procurar a “notícia” no site em inglês, achamos uma justificativa de que “reportagens” apontam para a escolha de Klaus Schwab. Ao buscar pela tais reportagens, sabe quantas encontramos? Zero.

A coisa não para por aí: o site em inglês que sempre publica fake news sobre vacinas cita como fonte uma entrevista de outro site que sempre publica fake news (e que teve seu proprietário condenado a pagar US$ 1 bilhão em indenizações) com um piloto de avião negacionista que aponta sem provas para “um amigo” que disse que os “ricos só procuram pilotos não vacinados”. Deu para ter noção da rede de desinformação?

Em meio a tanta acusação, só faltou uma coisa: a prova de que o Fórum Econômico Mundial (WEF) contratou pilotos não vacinados para a viagem a Davos. Essa faltou, assim como faltou também a explicação de como “o Fórum contrata voos fretados” (isso normalmente fica a cargo dos países e há muitos voos comerciais).

Resumindo: por contas das fontes e da falta de provas, podemos cravar que é falsa a informação que aponta que o Fórum Econômico Mundial resolveu contratar pilotos não vacinados para viagem para Davos. Trata-se de mais uma fake news antivacinas que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet