Flurona é uma nova variante da Covid-19 detectada em Israel #boato

Boato – Lá vem uma nova variante da Covid-19. Ela é a Flurona, que é o Sars-CoV-2 misturado com o vírus Influenza.

2022 começou com um desejo nosso de que este seja o último ano de pandemia no mundo. Também desejamos que as fake news sobre a Covid-19 cessassem. Até acreditamos que este é um movimento possível, mas não no momento. Tanto que vamos falar sobre mais uma informação errada que circula sobre o “novo” coronavírus.

O anúncio de um caso de coinfecção de Covid-19 e gripe em Israel está fazendo com que a informação de que uma nova variante chamada Flurona emergiu na internet. De acordo com os textos, essa seria uma nova ameaça assim como a Ômicron, Delta, Beta, Gama etc. Leia a mensagem que circula online:

Versão 1: Luz giratória de carros de polícia BREAKING Pronto, olha esta agora… Foi encontrada em Israel UMA VARIANTE da gripe + coronavírus, apelidada de Flurona… Sim senhoras e senhores, o #Corona , um Malandro FANFARRÃO, “engravidou” a Gripe, uma senhora de muita idade e vem ai a Flurona. Ah esses Israelenses… Versão 2: NOVA VARIANTE: Flurona Em Israel (começa sempre assim), foi detectado o primeiro caso de FLURONA. Trata-se de dupla infecção de Covid e influenza. O caso foi detectado em uma jovem grávida.

Flurona é uma nova variante da Covid-19 detectada em Israel?

É fato que existe algo relacionado ao nome Flurona, Israel e a Covid-19. Porém, Flurona não tem nada a ver com variantes da Covid-19. O que há é uma confusão entre a nomenclatura e lista de variantes.

Como apontam notícias de Israel, a tal Flurona nada mais é do que a nomenclatura dada por autoridades de saúde do país para um caso raro de coinfecção com o Sars-Cov-2 (vírus que causa a Covid-19) e o Influenza (vírus da gripe). O caso ocorreu com uma mulher de 50 anos, grávida, profissional de saúde e que não havia sido vacinada contra a Covid-19. Autoridades de saúde do país apontaram que está em bom estado de saúde.

Apesar de a notícia sobre a coinfecção ocorrida em Israel ter viralizado (principalmente por causa da nomenclatura), até no Brasil já houve casos de infecção pelos vírus da gripe e da Covid-19. Como aponta esta matéria do G1, três casos foram diagnosticados no Ceará. É importante citar que não há qualquer comprovação de “implicação extra” causada pela coinfecção.

Outro fato que derruba a hipótese da Flurona ser considerada uma variante está na própria nomenclatura. Flurona vem da mistura entre “Flu” (gripe) e “Corona” (abreviatura para coronavírus). Se fosse uma variante, a Flurona seria batizada com uma letra grega ou com uma sigla. Neste artigo do Jorn. (parceiro do Boatos.org), listamos todas as variantes da Covid-19.

Resumindo: não é verdade que Flurona seja uma nova variante da Covid-19. Na realidade, trata-se de uma nomenclatura dada por autoridades de saúde de Israel para casos de coinfecção entre gripe e Covid-19 e não tem nada a ver com nova mutação do Sars-CoV-2.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet